• Neste mês de maio, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia está completando 204 anos! Confira a história dessa Instituição bicentenária!
  • Todas as segundas e quartas-feiras, a Biblioteca promove gratuitamente duas sessões de cinema, com o projeto "Filme na Biblioteca". Confira a programação!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Confira as oficinas de fevereiro no Setor Infantil da Biblioteca

Clique para ampliar
Que tal trazer a garotada para uma tarde inesquecível na Biblioteca? Em fevereiro, o Setor Infantil convida a turma para uma viagem pelo universo mágico da leitura, através de oficinas que misturam literatura, arte, conhecimento e muita diversão. Até o final do mês, serão realizadas três oficinas, com temas sobre o Carnaval e a volta à aulas. As atividades acontecem às quartas-feiras, sempre às 15h, com participação gratuita.

Confira:

04/02 – Tarde dos Mascarados
Confecção de máscaras de carnaval utilizando materiais diversos

20/02 – Volta às Aulas
Confecção de porta-lápis utilizando materiais diversos.

27/02 – A Turma das Crianças
Confecção de bonecos com materiais recicláveis.

Quando: Dias 04, 20 e 27/02, às 15h
Onde: Setor Infantil (térreo)
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: 1ª Chamada do "Calendário das Artes 2013"

Clique para ampliar
De 25 de janeiro a 11 de março, estarão abertas as inscrições da 1ª Chamada do "Calendário das Artes 2013", mecanismo de incentivo a projetos artísticos e culturais de pequeno porte na Bahia, que objetiva estimular o desenvolvimento das artes no estado. Promovido pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), o edital concede prêmios de até R$ 13 mil e abrange as áreas de Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Dança, Literatura, Música, Teatro e Artes Integradas. Nesta 1ª Chamada do ano, o Calendário das Artes vai apoiar propostas que sejam iniciadas de 1º de junho a 31 de agosto. As instruções para participação e os documentos do edital estão disponíveis no site www.fundacaocultural.ba.gov.br/calendariodasartes.

Feito de forma calendarizada, com a finalidade de organizar as solicitações e a distribuição de recursos ao longo do ano, o "Calendário das Artes" se fundamenta na acessibilidade e ampliação do investimento na produção artística de toda a Bahia, considerando sua grande diversidade e dimensões territoriais. São priorizadas propostas oriundas e/ou realizadas em benefício de populações com menor acesso a produtos culturais e que privilegiem a diversidade cultural, envolvendo as mais variadas ideias de artistas, grupos e produtores, amadores ou profissionais.

O edital é aberto a Pessoas Físicas que residam na Bahia e tenham idade igual ou superior a 18 anos, brasileiros natos ou naturalizados, ou estrangeiros com permanência legalizada, e a Pessoas Jurídicas de Direito Privado, estabelecidas na Bahia e com atuação artístico-cultural definida em seu estatuto e/ou contrato social. Para se inscrever, o proponente deve preencher o Formulário de Inscrição, apresentando sua proposta, e enviá-lo via Correios, apenas por correspondência registrada ou serviço Sedex e com Aviso de Recebimento, para a sede da Fundação Cultural, em Salvador, conforme orientações descritas no edital.

Quando: De 25 de janeiro a 11 de março
Onde: Inscrições via Correios, apenas por correspondência registrada ou serviço Sedex e com Aviso de Recebimento (endereço de postagem descrito no edital)
Quanto: Gratuito
Site: www.fundacaocultural.ba.gov.br/calendariodasartes
Informações: (71) 3324-8505 (14 às 18 horas) | calendario.artes@funceb.ba.gov.br
Fonte: Secult/Ba

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Biblioteca recebe exposição em homenagem a Pierre Verger


Dica Cultural: Lançamento do curta "A Cartomante" na Sala Walter da Silveira

Clique para ampliar
Será lançado nesta quarta-feira (30), às 19h, na Sala Walter da Silveira, o curta-metragem “A Cartomante”, dirigido por Adriano Big. Após o lançamento, às 22h, acontecerá a festa de lançamento, no The Dubliners Irish Pub, no Rio Vermelho, com os shows de Dj Fino (compositor de “Darkomante”, música da trilha sonora do curta, gravada pela Banda Rasputin), Pedrinho Rego Trio e da Banda Água Suja. Os eventos são abertos ao público e tem entrada gratuita.

Adaptado do conto homônimo de Machado de Assis, “A Cartomante” (25min, 2013) inova ao conduzir uma trama em narrativa não linear, em um único plano sequência. O clássico triângulo amoroso machadiano conta a história de Camilo, que se apaixona por Rita, esposa de seu amigo-irmão Vilela, encontrando nela reciprocidade. A cartomante aparece como fio condutor, um oráculo que impulsiona os amantes a um desfecho trágico.

O projeto foi realizado com recursos oriundos da premiação no edital da Bahiagás de 2012, por alunos dos Bacharelados interdisciplinares da UFBA, da área de concentração de Cinema, oferecida pela Facom, e finalizado por alunos da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. A direção e o roteiro do curta ficam por conta de Adriano Big, diretor de “A Melhor Idade”, curta vencedor do Festival 5 minutos de 2012. Big também atua no filme, ao lado de Márcia Andrade, Andréa Nunes e Duda Woyda.

Quando: Dia 30/01 (quarta-feira), a partir das 19h
Onde: Lançamento do curta – Sala Walter da Silveira (Subsolo da Biblioteca, Barris)
Festa de lançamento - The Dubliners Irish Pub (Rio Vermelho)
Quanto: Gratuito

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Setor Infantil exibe filme "Rio" nesta terça e quinta-feira


Filme "Rio"/Divulgação
Todas as terças e quintas-feiras, o Setor Infantil da Biblioteca exibe filmes para a garotada. As sessões acontecem sempre em dois momentos do dia, às 10h e 15h, com longas que fazem o maior sucesso no mundo infantil. Nesta terça e quinta-feira, dias 29 e 31, será exibido o longa de animação “Rio”, do diretor Carlos Saldanha. O filme conta ainda com música de Carlinhos Brown e Sérgio Mendes, que rendeu uma indicação para o Oscar.

Sinopse
Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar na fria Minnesota, nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda, com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles ficam presos por uma corrente na pata. É quando precisam unir forças para escapar do cativeiro.

Trailler

Quando: dias 29 e 31/01 (terça e quinta-feira), às 10h e 15h.
Onde: Setor Infantil (térreo)
Quanto: Gratuito
Apoio: Locadora Vídeo & Cia – Site: www.locadoravideoecia.com.br

Dica Cultural: Carnaval é tema do "Terças na Tela" em fevereiro

Clique para ampliar
O “Circuito Popular de Cinema e Vídeo”, através do projeto “Terças na Tela”, apresenta em Fevereiro a mostra “Carnaval no Cinema”. Homenageando a festa, a qual acontece tradicionalmente no mês de fevereiro, serão exibidos nos Espaços Culturais SECULT quatro filmes que abordam a temática. Vale ressaltar que todas as produções são de cineastas brasileiros. As exibições acontecerão nos próximos dias 05, 19 e 23 às 10h, 15h e 19h, com exceção do Centro de Cultura de Guanambi e do Centro de Cultura Amélio Amorim (Feira de Santana). Os horários de exibição nestes locais podem ser conferidos no blog da Diretoria de Espaços Culturais (espacosculturais.wordpress.com).

Abrindo a programação, dia 05, será exibido o documentário “Daquele Instante em Diante”, integrante da “Mostra Iconoclássicos”. Dirigido por Rogério Velloso, a montagem acompanha a trajetória musical de Nego Dito Itamar Assumpção, da década de 80 até seu falecimento. Através de depoimentos de pessoas próximas ao artista e de imagens raras, retiradas de arquivos particulares, é retratada a presença ontológica de Nego Dito nos palcos e em seus momentos mais íntimos com amigos e familiares.

Sob a direção de José Umberto Dias, o filme “O Povo do Carnaval” está programado para o dia 19. Neste documentário, o Carnaval é considerado a partir da sua raiz, sua essência, e ao mesmo tempo também são abordados os fatores exteriores que alteram a sua dinâmica. O olhar crítico da comunidade que observa e convive com isso é guia da cronologia, levando naturalmente o telespectador a abandonar a sua condição passiva e assumir a posição de cúmplice da narração.

Para encerrar, serão exibidos dois curtas-metragens no dia 26: “A Deusa de Ébano”, dirigido por Carolina Moraes e “Cordeiros”, dirigido por Amaranta Cesar e Ana Rosa Marques. O primeiro narra a história de três jovens mulheres participantes do concurso anual de rainha do bloco afro Ilê Aiyê, apresenta cenas do cotidiano e destaca a importância que o concurso representa na reconstrução do ideário de beleza. O segundo retrata a realidade de homens e mulheres, em sua maioria negros, responsáveis por sustentar as cordas que delimitam o espaços nas ruas dos blocos do Carnaval de Salvador.

Quando: Dias 05, 19 e 23/02, às 10h, 15h e 19h
Onde: Espaços Culturais Secult (espacosculturais.wordpress.com)
Quanto: Gratuito
Fonte: Secult/BA

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Biblioteca recebe "Leiturinhas Musicadas" no próximo domingo

Foto: Divulgação
No penúltimo dia do “Férias na Biblioteca”, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia recebe a apresentação do projeto “Leiturinhas Musicadas”, que vai animar a criançada com a adaptação do livro infantil “Chapeuzinho Amarelo”, de Chico Buarque. O espetáculo acontece no dia 03 de fevereiro (domingo), às 11h, e tem entrada gratuita.

Com coordenação e dramaturgia de Thais Alves, o “Leiturinhas” leva ao palco artistas com seus filhos e sobrinhos, lendo, cantando e interpretando teatro, música e literatura. A apresentação conta com a participação dos atores Caica Alves e Thais Alves, do músico Carlos Barros e da pequena Victória Paquelet.

Durante o evento, a Biblioteca contará com a parceria do bazar de roupas “Brechó Bem Legal” e dos lanches e doces da “Gostosuras da Tia Sandra”, com produtos a preços populares. O projeto “Férias na Biblioteca” se encerra no dia 24/02, com a apresentação da camerata "Quadro Solar" e a oficina infantil “Máscaras de Carnaval”.

Quando: Dia 03/02 (domingo), às 11h
Onde: Setor Infantil (térreo)
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Inscrições abertas para o projeto "Muros: Territórios Compartilhados"

Foto: Bruno Vilela
O projeto Muros: Territórios Compartilhados, de Minas, expande sua terceira edição para Salvador (BA), apresentando como novidade a realização de uma residência artística, que reunirá na capital baiana criadores de todo o país. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 16 de março. O edital pode ser consultado no site muros.art.br.

A proposta principal do projeto é a criação de intervenções urbanas que ressignifiquem o muro como mediação simbólica nas cidades.

Para participar, é preciso apresentar um projeto de pesquisa em intervenção urbana tendo muros como estrutura, a ser desenvolvida e executada durante a residência em Salvador, em abril, além de currículo e portfólio. Serão selecionados sete criadores, avaliados por um júri composto pelos três curadores desta edição.

Residência – Os criadores selecionados dividirão uma casa em Salvador durante a residência, que terá duração de 30 dias, entre 1º e 30 de abril. Serão três semanas dedicadas ao desenvolvimento das pesquisas, com orientação dos três curadores, e uma semana para a execução e apresentação das intervenções ao público. No encerramento desta edição, será realizado um seminário e as intervenções também serão registradas em vídeo e reunidas em um catálogo – disponibilizado no site do projeto (muros.art.br).

Fonte: Secult/BA

Nota - Missa de um mês de falecimento do Professor Ubiratan Castro

Clique para ampliar
No dia 2 de fevereiro, sábado, às 08h30 na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Largo do Pelourinho, s/n, Centro Histórico, ocorrerá a missa de 30º dia de falecimento do Professor Ubiratan Castro de Araújo, diretor-geral da Fundação Pedro Calmon (2007-2013).

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Dica Cultural: Show gratuito no Pelourinho homenageia Gilberto Gil


Clique para ampliar
Três belas vozes baianas vão se reunir para celebrar o legado de Gilberto Gil. As cantoras Angela Lopo, Silvinha Torres e Tita Alves estarão juntas no show “Palco. Uma homenagem ao mestre Gilberto Gil” e vão apresentar um repertório que passeia pela obra do cantor e compositor. O show, que conta com a direção musical e arranjos do maestro Gerson Silva, acontece dia 25/01 (sexta-feira), às 21 horas, na Praça Tereza Batista, com entrada gratuita.

Angela Lopo, Silvinha Torres e Tita Alves dividiram o palco com Gilberto Gil como vocalistas, participando de diversas turnês e da gravação de CDs e DVDs. A ideia de realizar o show “Palco” surgiu da admiração e da experiência de trabalhar com o cantor. O foco da homenagem está nas canções feitas pelo artista, com ou sem parcerias. Composições como “Ladeira da Preguiça”, “Realce”, “Palco”, “Vamos Fugir”, entre outras, estão garantidas no repertório do show que ainda terá a participação de Nara Gil.

Quando: 25/01 (sexta-feira), às 21h
Onde: Praça Tereza Batista (Pelourinho)
Quanto: Gratuito

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Mágico Espiga se apresenta este domingo na Biblioteca


Dica Cultural: FUNCEB lança edital para apoiar propostas de Circo, Dança e Teatro

Clique para ampliar
A Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), lança o edital inédito Prêmio Meses Temáticos do Circo, Dança e Teatro – Diálogos e Reflexões. O concurso vai selecionar propostas que estimulem o diálogo, a reflexão e a organização em redes em torno do fazer artístico destes setores durante as comemorações do Dia Mundial do Teatro e Dia Nacional do Circo (27 de março), e o Dia Internacional da Dança (29 de abril), efemérides que repercutem em iniciativas de reconhecimento e valorização destas linguagens mundo afora. As inscrições são gratuitas e abertas de 17 de janeiro a 15 de fevereiro, exclusivamente pela internet. O edital e seus anexos estão disponíveis no site da FUNCEB: www.fundacaocultural.ba.gov.br.

O edital é voltado para ações a serem realizadas no período de 15 de março a 30 de abril de 2013, apresentadas por artistas, coletivos, produtores, grupos, trupes e outras instituições do campo artístico. O propósito é de potencializar a organização de profissionais destas áreas e o surgimento de projetos inovadores para o circo, a dança e o teatro na Bahia.

Os proponentes podem ser pessoas físicas que residam na Bahia e tenham mais de 18 anos, brasileiros natos ou naturalizados, ou estrangeiros com permanência legalizada; ou pessoas jurídicas de Direito Privado, estabelecidas na Bahia e que desenvolvam ações artístico-culturais, conforme seu estatuto e/ou contrato social. Não há restrição da participação de pessoas ou entidades que estejam concorrendo em outros editais promovidos pela FUNCEB ou SecultBA. Para se inscrever, basta preencher o Formulário de Inscrição e enviá-lo como anexo para o e-mail dirart.contato@funceb.ba.gov.br, até as 23h59 do dia 15 de fevereiro, impreterivelmente.

Quando: Até 15/02/13
Fonte: Secult/BA

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Dica Cultural: Exposição no Palacete das Artes comemora os 90 anos de Mario Cravo Jr.

Foto: Divulgação
O Palacete das Artes inaugura nesta sexta-feira (25), às 19h, a exposição de Mario Cravo Jr. comemorativa aos 90 anos do artista, o maior expoente do movimento de arte moderna da Bahia nos anos 40 e 50, um dos mais importantes artistas da nossa terra. A mostra, promovida pela Secult/Bahia, através da Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio–IPAC, é composta por 62 esculturas e tem a curadoria de Murilo Ribeiro, artista plástico e diretor do Palacete, o apoio de Ivan Cravo, presidente da Fundação Mário Cravo e de Isabela Oliveira, assessora do artista. A exposição fica aberta ao público até o final do mês de abril, de terça a domingo, incluindo feriados, com entrada gratuita.

Escultor reconhecido internacionalmente, Mario Cravo, do mesmo modo que seus contemporâneos Carybé e Jorge Amado, imprimiu em sua obra, neste período, a essência do povo, suas tradições e crenças, seus costumes e mitos. Artista nato, jovem talentoso, homem falante, criativo e agitador, no melhor dos sentidos, Mario Cravo foi do barro para o gesso e daí para a pedra sabão, aço, sucata, alumínio, resina, plástico, enfim, todo material que pudesse trabalhar. Sem manter uma unidade temática, os temas baianos dão lugar às formas orgânicas e vegetais que beiram a abstração a partir do final dos anos 60. Com esculturas de grande porte, como a Fonte da Rampa do Mercado, ao lado do Elevador Lacerda, seu trabalho marca Salvador, na Bahia, a sua cidade natal, e com ela se confunde. As diversas exposições ao ar livre que realizou, muitas de caráter lúdico, demonstram sua preocupação em integrar a obra ao meio e ao público – e isto move o espírito vanguardista e pesquisador de um dos maiores, senão o maior, escultor brasileiro do século XX.

Quando: De 25/01 a 30/04, de terça a domingo, incluindo feriados
Onde: Palacete das Artes (Graça)
Quanto: Gratuito
Fonte: Secult/BA

Últimos dias para conferir a exposição "Destom" no Foyer da Biblioteca


Espelhos/Tom Alves
Ainda dá tempo de conferir a exposição do artista plástico e poeta Tom Alves na Biblioteca. Instalada no Foyer da Instituição, “Destom” reúne pinturas que transpõe da poesia as verdades, sonhos e fantasias do artista, fazendo uma junção entre o surreal e o simbólico. Com visitação gratuita, a mostra pode ser vista até 31 de janeiro, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h, aos sábados, das 08h30 às 12h, e aos domingos, das 10h às 16h.

Ligado à poesia desde jovem, Tom Alves vem buscando em outras artes diferentes formas de expressar a sua relação com o mundo, com as pessoas e consigo mesmo. Na literatura, já produziu dez livros de poemas (dois deles publicados, em 2008 e 2010), um de histórias infantis e alguns experimentos em crônicas. Tem textos incluídos em publicações da Câmara Brasileira de Jovens Escritores, Edições AG, Taba Cultural Editora, Casa do Novo Autor Editora e Scortecci Editora.

Quando: Até dia 31/01, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h, aos sábados, das 08h30 às 12h, e aos domingos, das 10h às 16h
Onde: Foyer (térreo)
Quanto: Gratuito

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

"Férias na Biblioteca" recebe apresentação do mágico Espiga

Foto: Divulgação
Na Biblioteca, a alegria das férias é garantida! Dando continuidade ao projeto “Férias na Biblioteca”, a Instituição receberá no próximo domingo (27) a apresentação do mágico Espiga. Misturando mágica e palhaçada, o show acontecerá no Setor Infantil, a partir das 11h, com entrada gratuita.

Formado em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia – UFBA, Carlos Fernando Oliveira, o Espiga, é mágico há 12 anos e há cinco juntou a poesia do clown em suas apresentações. Em novembro, o mágico integrou o cortejo da “5ª Lavagem da Biblioteca”, junto de outros artistas. A união dos elementos da mágica e da linguagem circense do palhaço ganha, no show de Espiga, um lirismo encantador, que convida o público a fazer parte de um universo mágico e divertido.

Férias na Biblioteca - Nos meses de janeiro e fevereiro, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia apresenta a primeira edição do projeto “Férias na Biblioteca”, que vai agregar uma programação cultural gratuita de verão aos serviços usuais já prestados durante a semana por seus setores. Durante quatro domingos, a Instituição vai receber a apresentação de cameratas, contação de histórias musicadas, espetáculo de mágica e oficina de máscaras de carnaval que é pura diversão.

Quando: Dia 27/01 (domingo), às 11h
Onde: Setor Infantil (térreo)
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: "Pinte e Rabisque" na Biblioteca Infantil Monteiro Lobato


Clique para ampliar
Rabiscar e desenhar é uma atividade na quais crianças passam horas entretidas, além de ser uma forma de expressão que pode demonstrar o que os pequenos sentem ou querem falar. Neste sentido, a Biblioteca Infantil Monteiro Lobato (Nazaré) realizará nas sextas-feiras do mês de janeiro, dias 18 e 25, sempre às 10h, o projeto "Pinte e Rabisque", direcionado para o público infantil.

A oficina de arte é orientada pelo educador Wilson Costa. Desta forma, elas mergulham no universo da pintura aprendendo a pintar brincando, em papel metro, de forma livre, explorando a imaginação, a criatividade e a liberdade de expressão. O tema da próxima sexta-feira (18) é "Pinte o seu super- herói predileto".

Onde: Biblioteca Infantil Monteiro Lobato (Nazaré)
Quando: Sempre às sextas-feiras, dias 18 e 25 de janeiro, às 10h
Quanto: Gratuito

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Biblioteca sedia 3ª edição do festival “Vulva la Vida”


Clique para ampliar
A Biblioteca irá sediar, nos dias 24, 25, 26 e 27 de janeiro, a 3ª edição do “Vulva la Vida”, um festival feminista de verão. Com uma programação voltada para experimentações e discussões com temáticas sobre gênero e feminismo, o “Vulva la Vida” tem entrada gratuita e é aberto ao público.

Organizado pelo “Coletivo Vulva la Vida”, o festival acontece anualmente e recebe participantes de todo o Brasil. No seu dia de abertura, quinta-feira, a 3ª edição do “Vulva la Vida” terá início às 10h, com um bate-papo sobre experimentos audiovisuais feministas. A partir das 15h, acontecerá uma oficina sobre fotografia e memória fotográfica feminista. A abertura oficial do festival acontecerá à noite, às 19h, com o “Coletivo Vulva la Vida”.

Até o domingo, muitas atividades irão acontecer, como o lançamento do livro “Etica Amatoria del Desejo Libertario y las Afectaciones Livres y Alegres”, a apresentação acústica da banda “Sad Girls por Vida” (SP/RJ) e a oficina “Sabores e Saberes – um olhar sobre a mulher do campo”.

Confira a programação completa do “Festival Vulva la Vida” 2013:

24/01 (quinta-feira)
10h - Bate papo: “Experimentos Audiovisuais Feministas”
15h - Memória Fotográfica Feminista: oficina e troca de idéias sobre fotografia, faça você mesm@ e memória fotográfica feminista
19h - Abertura oficial com o “Coletivo Vulva la Vida”

25/01 (sexta-feira)
10h - Oficina: “Sabores e Saberes – um olhar sobre a mulher do campo”
14h - Oficina: “Práticas de confiança crítica y outras linguagens”
17h - Lançamento do livro “Etica Amatoria del Desejo Libertario y las Afectaciones Livres y Alegres”
19h - Show acústico da banda “Sad Girls por Vida” (SP/RJ)

26/01 (sábado)
10h - Oficina “Queens of Yomango”
14h - Oficina: “Com que roupa?”

27/01 (domingo)
10h - Projeção do resultado das oficinas “Experimentos audiovisuais feministas” e “Memória fotográfica feminista”

Quando: De 24 a 27/01
Onde: Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Exposição "Inverta" na Caixa Cultural Salvador

Imagem: Divulgação
A CAIXA Cultural Salvador apresenta a exposição “Caetano Dias – Inverta”. Com curadoria de Cláudia Pôssa, a mostra do artista baiano Caetano Dias aborda questões do corpo e de sua dissolução. Com visitação gratuita, a mostra pode ser conferida pelo público até 17 de fevereiro, de terça-feira a domingo, das 10h às 18h.

A série de fotografias de objetos feitos de açúcar e as videoinstalações “Passeio Neoconcreto” e “Lago Indigente” revelam um corpo em constante processo de constituição e dissolução que, assim como a memória, outra das grandes questões recorrentes nos trabalhos do artista, é feito de marcas e esquecimentos. No nome escolhido para a mostra, há o convite explícito ao envolvimento do espectador, assim como está presente uma estratégia de desestabilização e questionamento do estabelecido.

A curadora, Cláudia Pôssa, afirma que “Caetano Dias – Inverta” busca evidenciar relações entre trabalhos aparentemente díspares e potencializar significados. “A questão do corpo em dissolução é recorrente na obra do artista. É importante ser colocado que se trata do corpo entendido de forma ampla, não apenas o corpo humano, mas também o corpo da cidade, o corpo em transformação, o corpo imerso em um espaço e uma cultura”, observa.

Quando: Até 17/02, de terça-feira a domingo, das 10h às 18h
Onde: Caixa Cultural Salvador (Rua Carlos Gomes, Centro)
Quanto: Gratuito

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Setor Infantil da Biblioteca tem contação de histórias para a garotada

Clique para ampliar
Todas as segundas e sextas-feiras, acontece na Biblioteca o projeto "Hora de Ouvir História", com contação de histórias para a garotada. Durante o mês de janeiro, além dos clássicos infantis, será abordado o tema "férias". A atividade acontece no Setor Infantil (térreo) em dois momentos do dia: pela manhã, às 10h, e pela tarde, às 15h, com entrada gratuita.

"A Hora de Ouvir História" tem agradado a criançada, que tem as suas história favoritas. Além dos contos de fadas, "Nicolau Tinha uma Ideia", de Ruth Rocha, e "Menina Bonita do Laço de Fita", de Ana Maria Machado, estão entre os livros mais queridos. Para Raquel Ávila, subgerente responsável pelo Setor Infantil, o projeto é uma forma de incentivar as crianças a entrar no mundo dos livros. “É importante investir na formação dos futuros leitores, tudo começa no Setor Infantil”, diz Raquel.

Quando: Todas as segundas e sextas-feiras, às 10h e 15h
Onde: Setor Infantil (térreo)
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Peça "OvO e Vice-Versa" na Biblioteca Monteiro Lobato

Clique para ampliar
Neste domingo, dia 20, às 15h, ocorrerá na Biblioteca Monteiro Lobato (Nazaré), a versão pocket show do espetáculo “OvO e Vice-Versa”. A peça conta a história da divertida “Companhia de Teatro OvO e Vice-Versa”, que um dia recebe um convite irrecusável: montar um espetáculo especial para a turminha em geral. Quando chega a hora da apresentação, a confusão toma conta da cena e rende muita diversão para a plateia. No elenco estão os atores Daniel Moreno, Fabiana Maia e Lis Novais. O roteiro e direção são de Jones Mota.

Quando: Dia 20/01 (domingo), às 15h 
Onde: Biblioteca Infantil Monteiro Lobato (Nazaré)
Quanto: Grátis

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Setor de Empréstimo tem mostra em homenagem a Rubem Braga

Rubem Braga/Divulgação
Até o dia 31 deste mês, a Subgerência de Informação e Atendimento ao Público (SIAP) realiza, no Setor de Empréstimo da Biblioteca, uma mostra em homenagem ao escritor Rubem Braga. A mostra pode ser conferida gratuitamente, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h, aos sábados, das 08h30 às 12h, e aos domingos, das 10h às 16h.

Rubem Braga foi escritor e jornalista, considerado um dos maiores cronistas brasileiros. Nascido em Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito Santo, estreou profissionalmente nas letras aos 15 anos, escrevendo para o jornal Correio do Sul. Lançou o seu primeiro livro de crônicas em 1936, intitulado “O Conde e O Passarinho”. Rubem é autor de obras como “Histórias do Homem Rouco”, “O Menino Tuim” e “Ai de ti, Copacabana”. Alguns de seus livros estão disponíveis para o público no Setor de Empréstimo na Biblioteca.

Quando: Até 31/01, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h, aos sábados, das 08h30 às 12h, e aos domingos, das 10h às 16h
Onde: Setor de Empréstimo (térreo)
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Último dia para inscrições nos editais do Fundo de Cultura

Clique para ampliar
O prazo de inscrições para os editais do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA) termina nesta quinta-feira (17). O objetivo dos editais, destinados ao público que trabalha, pesquisa e atua na área da cultura,  é apoiar a produção, proteção, circulação, formação e pesquisa da cultura no estado.  As inscrições poderão ser feitas via correios ou pelo Sistema de Informações e Indicadores em Cultura (SIIC), disponível no site da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult/BA).

Além do site, a instituição também disponibiliza ferramentas de comunicação sobre a seleção pública, como o Disque Editais 2013, onde o proponente poderá tirar dúvidas em relação às inscrições de projetos, através do número (71) 3103-3283, das 10h às 17h, e os vídeos informativos, que contém o passo a passo de como inscrever os projetos, e estão disponíveis no canal da Secult/BA no Youtube.
Serão selecionados projetos culturais de diferentes áreas e segmentos, totalizando 19 Editais Setoriais (dois deles, novos) e para Demanda Espontânea. Dentre os 19 editais citados, está presente o Edital Setorial de Museus, promovido pela Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (DIMUS/IPAC), unidade da Secretaria de Cultura do Estado, com recursos do Fundo de Cultura da Bahia. O certame contemplará propostas culturais na área de museus, que tenham como objetivo a preservação, valorização, pesquisa, inventário, difusão, dinamização, qualificação da gestão e formação.
Fonte: Ascom/SecultBA

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Dica Cultural: Curso de teatro gratuito na Biblioteca Infantil Monteiro Lobato

Clique para ampliar
Estão abertas as inscrições para as turmas o curso gratuito de teatro da Biblioteca Infantil Monteiro Lobato. Os interessados em ingressar na turma infantil (8 a 11 anos) e juvenil (12 a 17 anos, devem comparecer na biblioteca (de terça a sexta-feira) até o dia 28/01, das 8h30 às 17h. As aulas serão ministradas pelo arte-educador Sérgio Mício, também responsável pela direção dos espetáculos estrelados por alunos da Cia. de Teatro da Biblioteca Infantil Monteiro Lobato.

O espetáculo “Cinderela, quem é ela?” foi recentemente estrelado pela companhia. A comédia musical infanto-juvenil foi baseada no clássico conto de Charles Perrault e narrou à história da jovem Cinderela, que após perder o pai, sofreu com as maldades de suas irmãs invejosas, acobertadas por sua madrasta.

Onde: Biblioteca Monteiro Lobato (Nazaré)
Quanto: Grátis
Inscrições: Até 28/01, das 08h30 às 17h, de terça a sexta-feira
Informações: (71) 3117-1570

Exposição ilustra a história do cinema brasileiro com periódicos raros e contemporâneos

Clique para ampliar
Até o dia 28 de fevereiro é possível conferir a exposição “História do Cinema Brasileiro”, promovida pela Subgerência de Periódicos da Biblioteca Pública do Estado da Bahia. A mostra, instalada na Sala de Exposições do 1º andar, pode ser visitada gratuitamente de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h; aos sábados, das 08h30 às 12h; e aos domingos, das 10h às 16h.

A exposição apresenta revistas raras e contemporâneas do cinema brasileiro, que compõem o acervo da Biblioteca. Entre os periódicos, estão as revistas “A Cena Muda”, com exemplares das décadas de 1940 e 1950, “Cinarte”, das décadas de 1930 e 1920, e “Cinemin”, da década de 1990.  

Em parceria com o Instituto Roque Araújo, a mostra ainda apresenta ao público uma coleção de objetos que fazem parte da história do cinema. Entre eles, estão câmeras, com destaque para o modelo Eyemo 70, de 1938, usado na 2ª Guerra Mundial, projetores e cartazes originais de filmes antigos, como “Xica da Silva” e “Deus e o Diabo na Terra do Sol”, que fazem parte do acervo pessoal do cineasta Roque Araújo. É possível conferir de perto também uma cadeira de rodas utilizada pelo ator baiano Zé Coió durante as filmes do longa-metragem “A Grande Feira”, do cineasta Roberto Pires, gravado na antiga Feira Água de Meninos.

Quando: até 28/02/13, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h; aos sábados, das 08h30 às 12h; e aos domingos, das 10h às 16h
Onde: Sala de Exposições do 1º andar
Quanto: Gratuito

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Dica Cultural: Exposição "O LIVRO de Água" no MAM-BA

Clique para ampliar
"O LIVRO de Água", de Karina Rabinovitz e Silvana Rezende, vai ser a próxima exposição realizada pelo Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), exibida a partir do  21 de janeiro. A mostra segue até 17 de março, de terça a sexta, das 13h às 19h, e sábados, domingos e feriados, das 14h às 19h.

Ainda no dia 21 de janeiro, será lançado o  livro-objeto das autoras, composto de 88 poemas em páginas soltas, escritos à mão e fotografados em papéis e lugares diversos. O projeto foi selecionado pelos editais de Apoio à Criação Literária, da Fundação Pedro Calmon (FPC), em 2010, e Setorial de Literatura, da Fundação Cultural do Estado da Bahia, em 2012.

Quando: De 21/01 a 17/03, de terça a sexta, das 13h às 19h, e sábados, domingos e feriados, das 14h às 19h
Onde: Museu de Arte Moderna da Bahia (Av. Contorno)
Quanto: Gratuito
Informações: (71) 3117-6139
Fonte: A Tarde

Confira as dicas de leitura do Setor de Pesquisa e Referência


Clique para ampliar
A "Dica de Leitura" de hoje da Biblioteca indica obras que estão disponíveis para consulta na Instituição, no Setor de Pesquisa e Referência (térreo). Em destaque, “Iconografia do Cangaço” (foto), com organização de Ricardo Albuquerque, que conta a história do cangaço da época de Lampião. Para consultar o acervo  não é necessário realizar cadastro e o Setor funciona de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h; aos sábados, das 08h30 às 12h; e aos domingos, das 10h às 16h.

Confira:

Iconografia do Cangaço, de Ricardo Albuquerque (org)
O mito de Lampião é um desses casos em que a lenda adquire vida própria. E, se a mãe dessa lenda é a imaginação popular, com os medos e as esperanças depositados na figura de Virgulino, o pai é o próprio Virgulino, com sua força combativa e sua imensa capacidade para a publicidade. Contemporâneo do avanço da tecnologia fotográfica, Lampião foi visionário e assegurou sua posteridade apostando nos jornais e nas lentes certeiras de Benjamin Abrahão. Reunir a iconografia do cangaço é recontar essa história de bravura e crueldade, coragem e covardia. As personagens são riquíssimas, o cenário é vasto. Não falta romance, humor, emoção ou temor. Está tudo aí, numa região que abarca sete estados brasileiros e o imaginário de sucessivas gerações.

Protestantismo Ecumênico e Realidade Brasileira, de Elizete da Silva
Fundamentado suas análises, Elizete da Silva trabalha tanto com fontes escritas - periódicos denominacionais, fontes eclesiásticas, livros, e dissertações - quanto com fontes orais. Com isso, em termos metodológicos, essa obra é um exemplo de como cruzar informações para melhor entender a historia de um grupo. Não se trata exatamente de uma micro-historia, mas de experimentos na compreensão analítica de uma religião minoritária em uma cidade do sertão nordestino.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Dica Cultural: Domingo no TCA com Alexandre Leão

Foto: Divulgação
O cantor e compositor baiano Alexandre Leão é a atração de estreia da temporada 2013 do projeto “Domingo no TCA”, na Sala Principal do Teatro Castro Alves, dia 20 de janeiro, às 11h, trazendo para o público uma prévia do DVD “O Teatro e O Baile”, que será lançado em breve. O artista apresentará canções autorais, como Mulheres Gostam, Paiol do Ouro, Canção para Cristina, Pop Zen e Uma Lua de Presente, além de músicas já gravadas por ele, como Dois Alguéns e Eu Vim da Bahia.  Leão também vai agitar com samba-reggae, samba de roda, lambadas e sucessos como Chão da Praça e Ginga de Ballet, acompanhado dos músicos Rudson Daniel e Daniela Pena (percussão), Israel Ramos (baixo), Jurandir Santana (guitarra), Ivan Sacerdote (clarineta), Ed Carlos (bateria) e Marco de Carvalho (teclados). Os ingressos custam R$ 1,00 (inteira), vendidos no mesmo dia, a partir das 9h, com acesso imediato do público. 

DOMINGO NO TCA - Criado pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura, Funceb e Teatro Castro Alves, o Domingo no TCA estreou em 25 de março de 2007, com a apresentação do Balé Tetro Castro Alves (BTCA). Desde então, o projeto - que tem ingresso a preço simbólico -  vem atraindo nas manhãs de domingo um público numeroso e eclético, formado por adultos, crianças e idosos, oriundos dos mais diversos bairros de Salvador. No palco, espetáculos de música, dança, teatro e circo, além da exibição de filmes, reconhecidos pela sua qualidade técnica e artística. 

Quando: Dia 20/01 (domingo), às 11h
Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves (Campo Grande)
Quanto: R$ 1,00 (inteira) - Vendas no mesmo dia, a partir das 9 horas, com acesso imediato do público
Fonte: TCA

Setor Infantil exibe filme “O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida”

Imagem: Reprodução
Todas as terças e quintas-feiras, o Setor Infantil da Biblioteca exibe filmes para a garotada. As sessões acontecem sempre em dois momentos do dia, às 10h e 15h, com longas que fazem o maior sucesso no mundo infantil. Nas próximas terça e quinta-feira, dias 15 e 17, será exibido o longa de animação “O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida”, dos diretores Chris Renaud e Kyle Balda. Confira a programação:

15 e 17/01: “O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida”
22 e 24/01: “Lanterna Verde”
29 e 31/01: “Rio”

O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida
O menino Ted descobriu que o sonho de sua paixão, a bela Audrey , é ver uma árvore de verdade, algo em extinção. Disposto a realizar este desejo, ele embarca numa aventura por uma terra desconhecida, cheia de cor, natureza e árvores. É lá que conhece também o simpático e ao mesmo tempo rabugento Lorax, uma criatura curiosa preocupada com o futuro de seu próprio mundo.

Trailler


Quando: dias 15 e 17/01 (terça e quinta-feira), às 10h e 15h.
Onde: Setor Infantil (térreo)
Quanto: Gratuito
Apoio: Locadora Vídeo & Cia – Site: www.locadoravideoecia.com.br

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Dica Cultural: Exposição “Raymundo Colares – Poética Pop” na Caixa Cultural

Imagem: Divulgação
Está em cartaz na CAIXA Cultural Salvador a exposição “Raymundo Colares – Poética Pop”. Com curadoria de Denise Mattar, a mostra apresenta um conjunto de óleos, pinturas, serigrafias e livros-objetos pertencentes a coleções públicas e particulares, mapeando a produção do artista ao longo dos anos 1960, 1970 e 1980. Com entrada gratuita e patrocínio da Caixa Econômica Federal, a mostra tem visitação até o dia 17 de fevereiro, de terça-feira a domingo, das 10h às 18h.

O ritmo alucinante da cidade impressionava Raymundo Colares, que levou para suas telas imagens fragmentadas de ônibus em alta velocidade, que, aos poucos, foram ganhando tridimensionalidade e cada vez mais ritmo visual. O cinema e as histórias em quadrinhos foram grandes influências, que o levaram a ser qualificado como um artista da pop-art. “Colares é geralmente considerado um artista pop, o que é uma forma redutora de análise de sua obra, que utiliza sistemas combinatórios de enorme riqueza formal. O artista tinha grande admiração por Mondrian e Volpi, aos quais fez homenagens. Colares fez várias ‘decomposições’ de Mondrian nos seus livros-objetos, que serão apresentados na mostra”, revela Denise Mattar.

Onde: CAIXA Cultural Salvador – Galeria Mirante (Rua Carlos Gomes, Centro)
Quando: até 17 de fevereiro, de terça-feira a domingo, das 10h às 18h
Quanto: Gratuito
Informações: (71) 3421-4200

Exposição na Biblioteca mostra a evolução da propaganda no Brasil


Clique para ampliar
A Subgerência de Obras Raras e Valiosas (SORV) realiza, a partir do dia 21 (segunda-feira), a exposição “A Propaganda Conta História: O Poder de Comunicação da Imagem”. A mostra acontece na Sala de Exposições do 2º andar da Biblioteca e pode ser visitada até o dia 31 de março, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 18h, com entrada gratuita.

Através da mostra do acervo raro e valioso da Biblioteca, “A Propaganda Conta História” ilustra a evolução da propaganda no Brasil, destacando o contexto histórico da época, bem como sua influência no comportamento, na vida social e no cotidiano das pessoas.

Quando: de 21/01 a 31/03, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 18h
Onde: Sala de Exposições do 2º andar
Quanto: Gratuito

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Projeto "Filme na Biblioteca" exibe documentários no mês de janeiro

Clique para ampliar
A Subgerência de Recursos Audiovisuais volta a apresentar o projeto “Filme na Biblioteca” a partir deste mês. Com o objetivo de exibir filmes que abordam várias temáticas e gêneros cinematográficos, o projeto tem sessões que acontecem gratuitamente às quartas-feiras, sempre às 10h e 15h.

Na programação do mês de janeiro, ainda serão exibidos os documentários “Povo de Santo” de Wilson Militão, “Macete – Memórias da Terra e do Povo”, de Bruno Macete e Danilo Umbelino, e “Vaqueiros Canudos”, de Miguel Teles e Manoel Neto.

Veja a sinopse de “Povo de Santo”, que será exibido na próxima quarta-feira (16):

"Povo de Santo, uma expressão corrente que se usa na Bahia para identificar os participantes do Candomblé. Candomblé e a religiosidade ancestral africana inventada pelo povo africano que aqui chegaram escravizados pelos europeus colonizadores do Brasil.

O documentário Povo de Santo é uma singela abordagem dessa religiosidade de matriz africana na Bahia, com enfoque de quem proclama dessa fé. São vozes de Sacerdotisas Sacerdotes de importantes terreiros que foram e estão sendo reconhecidos pela Fundação Cultural Palmares para o posterior tombamento como Patrimônios Culturais do Brasil pelo Iphan. São terreiros das nações e ou etnias Angola (Banto), Jeje (Fon) e Keto (Ioruba), com influencia dos Caboclos (Encantados) dos índios nativos configurando a diversidade de panteões que cultuam os Inquiçes, Voduns e Orixas.

Essas perolas religiosas dialogam entre si sobre o legado religioso ancestral africano, o segredo e o sagrado, o sacrifício e a fortuna, a intolerância religiosa, os conflitos dos evangélicos, a demonização do Candomblé, o preconceito racial, tradição e modernidade, as praticas afirmativas e em suma a magia e a beleza de professar a religiosidade de matriz africana."

Quando: “Povo de Santo” – dia 16/01
“Macete – Memórias da Terra e do Povo” – dia 23/01
“Vaqueiros Canudos” – dia 30/01
Onde: Sala de Projeção Luiz Orlando (3º andar)
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Cinema no Palacete das Artes

"O Beijo", de Klimt
O Palacete das Artes segue com a programação do projeto “Cinema no Palacete” e apresenta até o dia 25 de janeiro, em seu auditório, mais quatro documentários da série “A Vida Secreta de uma Obra-Prima”, produzida pela BBC, que apresenta e disseca obras de arte mundialmente conhecidas, analisando o artista, o modelo, a época em que foi criada e outros detalhes das peças. 

Serão exibidos os filmes sobre as obras Les Demoiselles D’Avignon (1907) e “O Beijo” (1907/1908), de Gustav Klimt, nos dias 9 e 11 de janeiro, a partir das 16h; “Cristo de São João da Cruz” (1951), de Salvador Dali, e David (1501/1504), de Michelangelo, nos dias 16 e 18 de janeiro, também a partir das 16h; “La Petite Danseuse de Quatorze Ans” (1981), de Edgar Degas, e “O Beijo” (1888/1889), de Auguste Rodin, nos dias 23 e 25 de janeiro, também às 16h. Já foram apresentados “O Baile no Moinho de La Galette de Auguste Renoir – 1876”, “Os Girassóis de Vicent Van Gogh – 1889” e “Um Dimanche Après – Midi à L’île de La Grande Jatte de Geoges Seurat”. As sessões são gratuitas.

Quando: Até 25 de janeiro, a partir das 16h
Onde: Palecete das Artes (Graça)
Quanto: Gratuito

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Confira a programação do projeto "Férias na Biblioteca"

Clique para ampliar



Equipe de Produção do VIVA - Núcleo de Produção Cultural 
Edwin Neves - Coordenador de Produção Cultural
Fidelis Tavares  - Produtor Cultural 
Silvia Dias - Produtora Cultural
Thaís Caribé - Produtora Cultural
Amanda Julieta - Web Writer
Cleber Fraga - Designer gráfico

Exposição "Destom" fica em cartaz no Foyer até o final de janeiro

Exposição "Destom" no Foyer da Biblioteca
Fica em cartaz até o dia 31, no Foyer da Biblioteca, a exposição “Destom”, do artista plástico e poeta Tom Alves. A mostra expressa a força poética de Tom, que transpõe suas verdades, sonhos e fantasias para a pintura, uma simbiose entre o surreal e o simbólico, criando, às vezes, uma arte conceitual muito própria. “Destom” tem entrada gratuita e a visitação pode ser feita de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h, aos sábados, das 08h30 às 12h, e aos domingos, das 10h às 16h.

Tom Alves, que é ligado à poesia desde muito jovem, vem buscando em outras artes diferentes formas de expressar a sua relação com o mundo, com as pessoas e consigo mesmo. Na literatura, já produziu dez livros de poemas (dois deles publicados, em 2008 e 2010), um de histórias infantis e alguns experimentos em crônicas. Tem textos incluídos em publicações da Câmara Brasileira de Jovens Escritores, Edições AG, Taba Cultural Editora, Casa do Novo Autor Editora e Scortecci Editora.

Quando: Até dia 31/01
Onde: Foyer (térreo)
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Exposição "Carnaval Negro Baiano" no Solar Ferrão

Foto: Divulgação
Até o dia 24 de fevereiro, o Solar Ferrão abriga a exposição "Carnaval Negro Baiano", uma criação do bloco Cortejo Afro. O público poderá conferir, a partir da indumentária, a produção dos blocos e afoxés de Salvador desde a década de 1970 aos dias atuais.

Serão apresentadas fantasias de vários blocos que compõem o segmento afro do Carnaval baiano, dentre eles Obá Laiyê, Puxada Axé, Zambiapombo, Unzó de Obá Xireê, Obadudu Agoyê e Afoxé Pai Burukô, representantes de diferentes nações africanas que contribuíram para afirmação da identidade negra na festa.

Onde: Solar Ferrão (Rua Gregório de Mattos, Pelourinho)
Quando: Visitação até 24 de fevereiro, de terça a sexta das 12h às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 12h às 17h.
Quanto: Gratuita
Informações: (71) 3116-6743

Edição de janeiro de "Leituras Públicas" é cancelada


A diretoria do Livro e da Leitura da Fundação Pedro Calmon/SecultBA comunica que a edição de janeiro do projeto "Leituras Públicas", programada para o dia 10, foi cancelada. O evento retorna à normalidade em 14 de fevereiro, às 17h, com o encontro dos autores Lívia Natália, Martha Galrão e Lande Onawale. Na oportunidade, os poetas lerão seus poemas para a plateia presente e autografarão seus livros aos leitores interessados.

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Dica Cultural: "Mostra Iconoclássicos" nos Espaços Culturais da Secult/BA

Clique para ampliar

O “Circuito Popular de Cinema e Vídeo”, através do “Projeto Terças na Tela”, abre sua programação no mês de janeiro com a “Mostra Iconoclássicos”. Em parceria com o Itaú Cultural, a Mostra apresenta filmes sobre artistas brasileiros contemporâneos, grandes referências no contexto da produção cultural do Brasil, e é composta por quatro programas. Ela será exibida gratuitamente nos Espaços Culturais da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – Secult BA, nas terças feiras, dias 08, 15, 22 e 29, às 10h, 15h e 19h.

Abrindo a programação no dia 08, acontece a exibição do filme-ensaio “Mr. Sganzerla – Os Signos da Luz”, do diretor Joel Pizzini. Nele é recriado o ideário do cineasta Rogério Sganzerla por meio dos signos recorrentes em sua filmografia: Orson Welles, Noel Rosa, Jimi Hendrix e Oswald de Andrade. É narrado em primeira pessoa, a partir de imagens raras e situações encenadas, numa linguagem que se contamina com a dicção vertiginosa do artista.

Livremente inspirado na obra Catatau, de Paulo Leminski, o filme “Ex isto”, de Cao Guimarães, é o destaque no dia 15. A partir da hipótese histórica imaginada pelo poeta “E se René Descartes tivesse vindo ao Brasil com Maurício de Nassau?”, se desenrola as aventuras do personagem, que sob o efeito de ervas alucinógenas, investiga questões da geometria e da ótica diante de um mundo absolutamente estranho.

No dia 22 acontece a exibição “EVOÉ! Retrato de um Antropófago”, dos diretores Tadeu Jungle e Elaine Cesar. O documentário apresenta um olhar particular e multifacetado de uma das maiores personalidades das artes do Brasil: o diretor, ator e dramaturgo José Celso Martinez Corrêa. Depoimentos recentes e imagens históricas estão presentes na narrativa, que se baseou em algumas das viagens cruciais para a trajetória de Zé Celso.

Encerrando a Mostra, no dia 29, o público pode conferir mais um documentário: “Assim É, se Lhe Parece”, de Carla Gallo. No longa metragem é mostrado um outro lado do artista plástico Nelson Leirner, conhecido por sua aversão à formação e aos preceitos tradicionais das academias de arte. Momentos da sua trajetória são lembrados com ironia, além do tratamento despojado em relação a sua rotina e intimidade.

Quando: Dias 08, 15, 22 e 29, às 10h, 15h e 19h
Onde: Espaços Culturais da Secult/BA (http://espacosculturais.wordpress.com/)
Quanto: Gratuito
Fonte: Secult/BA