• Neste mês de maio, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia está completando 204 anos! Confira a história dessa Instituição bicentenária!
  • Todas as segundas e quartas-feiras, a Biblioteca promove gratuitamente duas sessões de cinema, com o projeto "Filme na Biblioteca". Confira a programação!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!

quarta-feira, 27 de março de 2013

Aviso sobre o funcionamento da Biblioteca



ERRATA: A Biblioteca encerrará o expediente às 12h.

Biblioteca recebe “I Festival de Ilustração e Literatura da Bahia”


Clique para ampliar
O “I Festival de Ilustração e Literatura da Bahia” acontece entre os dias 2 e 6 de abril, na Biblioteca Pública do Estado da Bahia. O evento reunirá ilustradores, escritores, editores e roteiristas de várias partes do país em Salvador, além de educadores, amantes das artes e interessados.

Serão cinco dias de exposições, lançamentos de livros, oficinas teóricas e práticas de ilustração e texto, palestras e mesas-redondas sobre produção de texto e imagem, tudo aberto ao público e gratuito. Acontecerão também atividades no pátio da biblioteca, como saraus, recitais, contadores de histórias, exposição de livros, desenhos coletivos e intervenções.

Quando: De 02 a 06/04
Onde: Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito
(71) 8810-2306

terça-feira, 26 de março de 2013

Concurso Cultural - RESULTADO


Confira o resultado do Concurso Cultural realizado pela Biblioteca Pública do Estado da Bahia (BPEB), valendo um par de ingressos para o show "Novo Endereço", da cantora Neila Kadhí.
As duas frases escolhidas foram:

CATARINA DE FREITAS BARBOSA
"Mulher - símbolo de sensibilidade, ser mulher é ser livre, é ser líder, senhora do próprio destino. Ser mulher é acima de tudo um estado de espírito, é ter dentro de si um tesouro escondido e ainda assim dividi-lo com o mundo."

ANDERSON GAMMA
"Mulher, frágil como uma flor e forte como o destemor."

Cada um ganhou um par de ingressos, que podem ser retirados na bilheteria do Espaço Xisto Bahia, até 30 minutos antes do show, apresentando o RG.

Mostra de curtas-metragens do "Mulher em Cena" chega ao último dia

Clique para ampliar
Hoje é o último dia para conferir a mostra de curtas-metragens promovida pela Biblioteca em homenagem ao mês da mulher. A exibição acontecerá às 17h, na Sala Alexandre Robatto, com entrada gratuita. A mostra faz parte da programação cultural do projeto “Mulher em Cena” e aconteceu durante as terças-feiras de março.

A mostra integra quatro documentários baianos produzidos por jovens jornalistas no ano de 2012, com temática feminina. Confira:

Mulheres de Jorge
Gabriela, Tieta, Dona Flor são personagens que Jorge Amado tirou das ruas e levou para as páginas de seus livros. O documentário faz o contrário: retira dos livros a personalidade e o comportamento de mulheres criadas pelo escritor e vai às ruas procurar gente do povo com as mesmas características, mulheres baianas contemporâneas que bem poderiam estar nas páginas dos livros de Jorge.
Equipe técnica: Amanda Palma e Camila Marinho.

A Rua é Delas
Quem são as mulheres grafiteiras que ocupam espaços nos muros de Salvador? O que o grafite representa na vida delas? Depoimentos e imagens inéditas traçam o perfil dessas pioneiras do grafite baiano.
Equipe técnica: Amanda Julieta, Adson Barros, Maíra Figueiredo e Maurício Luz.

A mulher pelos olhos do pagode
O documentário discute a lei antibaixaria, que proíbe canções que depreciam as mulheres, e mergulha fundo no universo do pagode. Quem são essas mulheres que rebolam até o chão? E os músicos, como encaram a questão?
Equipe técnica: Carolina Patriarca, Júlia Freitas e Roberto Muniz.

Mulheres Invisíveis
Idealizado bem antes de Glória Perez levar o drama para a tela da Globo, este documentário traz dois depoimentos emocionantes de mulheres vítimas do tráfico internacional, uma verdadeira máfia que atua em diversos estados, incluindo a Bahia. Tocante e importante – é preciso que mais e mais jovens estejam alertas para este crime.
Equipe Técnica: Carol Garrido, Lindiwe Aguiar, Suiá Silva e Thaís Gouveia.

Quando: Hoje, 26/03 (terça-feira), às 17h
Onde: Sala Alexandre Robatto (Subsolo da Biblioteca)
Quanto: Gratuito

Garanta seu ingresso para o show da cantora Neila Kadhí

Clique para ampliar
Participe do Concurso Cultural que a Biblioteca Pública do Estado da Bahia (BPEB) realiza hoje (26), em parceria com o Espaço Xisto Bahia, e ganhe ingressos para o show “Novo Endereço”, da cantora Neila Kadhí. Para participar, envie uma frase de sua autoria SOBRE A MULHER para o email bpebbibliotecaviva@gmail.com. As frases poderão ser enviadas até às 16h de hoje e o resultado será divulgado às 17h. Os autores das duas melhores frases levarão um par de ingressos para curtir o show hoje à noite, às 20h, no Espaço Xisto Bahia.

Com direção musical de Neila, Luciano Salvador Bahia e Sebastian Notini, “Novo Endereço” integra a programação do projeto “Mulher em Cena 2013” e traz o conceito de experimentação da música popular com o uso de elementos tecnológicos. A proposta musical foca em instrumentos percussivos, com um encontro de piano, percussão acústica tradicional e a modernidade da percussão digital com samplers e pluggins. No repertório, que passeia pelos ritmos brasileiros, estão músicas autorais e releituras de compositores consagrados, como Gilberto Gil, João Gilberto e Novos Baianos.

Mulher em Cena – No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia (BPEB) dedica a sua programação cultural para homenagear as mulheres através do projeto “Mulher em Cena”, promovendo uma série de atividades voltadas para a discussão e a valorização do gênero feminino. O projeto terá encerramento no dia 27 (quarta-feira), com o bate-papo “Tirando de Letra - Mundo Mulher” e o show da cantora Tathi & Convidados.

Dica Cultural: CineFacom realiza lançamento do making of do filme "A Cartomante"

Clique para ampliar
O CineFacom, projeto do Centro Acadêmico Vladimir Herzog (CAFacom), em edição especial, realiza, no dia 04 de abril (quinta-feira), às 19h, no auditório da Faculdade de Comunicação da UFBA, o lançamento do making of do curta metragem "A Cartomante". O making of é dirigido por Matheus Cunha, estudante do Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades da UFBA, com ênfase em Cinema e Audiovisual do Instituto de Humanidades Artes e Ciências Professor Milton Santos. Além do lançamento do manking of, haverá a exibição do filme "A Cartomante", dirigido por Adriano Big, e um bate papo final com a presença dos diretores e da equipe do filme. O debate será intermediado por Fábio Sadao, professor de Semiótica e Roteiro da UFBA.

O Projeto do curta metragem foi resultado do trabalho de investigação de linguagem cinematográfica do diretor, roteirista e ator, Adriano Big, graduando da Área de Concentração em Cinema, do Bacharelado Interdisciplinar em Artes, da Universidade Federal da Bahia – UFBA,  realizado em parceria com estudantes do mesmo curso e finalizado por estudantes da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB.

Adaptado do conto homônimo de Machado de Assis, A Cartomante (25min,2013), inova ao conduzir uma trama em narrativa não linear, em um único plano sequência. O clássico triângulo amoroso machadiano, conta a história de Camilo, que se apaixona por Rita, esposa de seu amigo-irmão Vilela, encontrando nela reciprocidade. A cartomante aparece como fio condutor, um oráculo que impulsiona os amantes a um desfecho trágico.

Quando: Dia 04/04 (quinta-feira), às 19h
Onde: Auditório da Faculdade de Comunicação da UFBA (Ondina)
Quanto: Gratuito

segunda-feira, 25 de março de 2013

Cantora Thathi se apresenta no encerramento do projeto "Mulher em Cena"

Divulgação
A cantora Thathi é a atração musical do encerramento do projeto “Mulher em Cena 2013”, realizado durante todo o mês de março pela Biblioteca Pública do Estado da Bahia. A baiana apresentará no Quadrilátero da Instituição o show do disco “HabiThathi”, um trabalho quase 100% autoral. O evento acontecerá na próxima quarta-feira (27), às 20h, com entrada gratuita.

Thathi também é compositora e guitarrista e vem ganhando destaque no cenário musical brasileiro. Já dividiu o palco com artistas consagrados da música brasileira, como Caetano Veloso, Djavan, Kid Abelha e Frejat. Durante o show “HabiThathi”, o público poderá conferir canções autorais da cantora e releituras de grandes sucessos de outros artistas, com a participação de convidados especiais, entre eles Cláudia Cunha, Sandra Simões e J. Veloso.

A apresentação acontecerá após o bate-papo “Tirando de Letra - Mundo Mulher”, no qual sete mulheres de diferentes segmentos profissionais irão compartilhar experiências e os desafios encontrados em suas carreiras. Em um ambiente descontraído, com espaço para perguntas e interlocuções, o bate-papo convida o público a discutir os diferentes problemas enfrentados pela mulher na contemporaneidade. 

Quando: Dia 27/03 (quarta-feira), às 20h
Onde: Quadrilátero da Biblioteca (térreo)
Quanto: Gratuito

Equipe do VIVA - Núcleo de Produção Cultural
Edwin Neves - Coordenador de Produção Cultural
Fidelis Tavares  - Produtor Cultural 
Silvia Dias - Produtora Cultural
Juliana Neri - Técnica em Assuntos Culturais
Ana Paula Fernandes - Técnica Administrativa 
Amanda Julieta - Web Writer

Cleber Fraga - Designer gráfico

Dica Cultural: Exposição fotográfica homenageia Mestre King no Mês da Dança do TCA

Clique para ampliar
Compondo a programação do Teatro Castro Alves durante o “Mês da Dança”, a Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), realiza a “Exposição Mestre King”. Com abertura no dia 1º de abril (segunda-feira), às 19 horas, e visitação gratuita diária entre os dias 4 e 30 de abril, das 12h às 18h, a mostra ocupa o foyer do TCA numa homenagem a este que foi o primeiro homem a se graduar em Dança pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e que é o precursor da dança afro-brasileira, elemento fundamental do repertório cultural baiano.

Com curadoria de Álvaro Villela, a exposição reúne fotografias de autoria de nomes como Any Valette e Rafael Martins, além de fotos do acervo pessoal de Mestre King, retratando a sua trajetória profissional, desde aluno da Escola de Dança da UFBA até se tornar coreógrafo renomado com o grupo Gênesis, formado em 1976. Há ainda registros de sua mais recente criação, o espetáculo “Opaxorô”, que, sob uma perspectiva contemporânea, faz a narrativa coreográfica de uma das mais belas lendas dos orixás: a viagem de Oxalá para a terra de Oyó, ou terra de Xangô. A montagem, inclusive, que teve circulação pela Bahia apoiada pelo "Edital Setorial de Dança 2012" da FUNCEB/SecultBA, estará em cartaz no Espaço Xisto Bahia, nos dias 9 e 10 de abril, às 20h, com entrada franca.

Considerado uma das maiores autoridades em tradições da música e dança afro-brasileiras, Raimundo Bispo dos Santos, baiano conhecido internacionalmente como Mestre King, professor e coreógrafo, desenvolveu um método que misturava elementos de danças folclóricas e populares brasileiras com as dos orixás do Candomblé, que resultou na dança afro-brasileira. Ele montou mais de 100 coreografias e dividiu seu conhecimento em diversos países do mundo. Em 2013, este Mestre, ainda em plena atividade, inclusive em aulas regulares na Escola de Dança da FUNCEB, completa 70 anos de vida.

Abertura: 01/04 (segunda-feira), 19h
Visitação: 4 a 30/04 (diariamente), das 12h às 18h

Onde: Foyer do Teatro Castro Alves (Campo Grande)
Quanto: Gratuito
Informações: (71) 3324-8515

sexta-feira, 22 de março de 2013

Dançarina Ninfa Cunha se apresenta na Biblioteca

O encerramento do projeto “Mulher em Cena”, promovido pela Biblioteca Pública do Estado da Bahia durante todo o mês de março, receberá a apresentação da coreografia “Paradigma”, criada por Ninfa Cunha e Déo Carvalho. Ninfa é cadeirante e atua como intérprete-criadora e dançarina-intérprete há 13 anos. Com duração de 5 minutos, a apresentação acontecerá no Quadrilátero, no dia 27 (quarta-feira), a partir das 18h30. A entrada é gratuita.

Confira abaixo a coreografia "O Adeus", com Ninfa Cunha e Déo Carvalho: 

Clique para assistir

Quando: Dia 27/03 (quarta-feira), a partir das 18h30
Onde: Quadrilátero (térreo)
Quanto: Gratuito

Cantora Neila Kadhí se apresenta no projeto "Mulher em Cena"

Clique para ampliar
A cantora Neila Kadhí é a próxima atração do projeto “Mulher em Cena 2013”, realizado pela Biblioteca durante todo o mês de março. A baiana apresentará, nesta terça-feira (26), o show “Novo Endereço”, que marca seu retorno solo à cena musical baiana, após três anos dedicando-se exclusivamente ao samba. A apresentação acontecerá no Espaço Xisto Bahia, às 20h, e os ingressos custam R$10 (inteira) e R$5 (meia).

Com direção musical de Neila, Luciano Salvador Bahia e Sebastian Notini, “Novo Endereço” traz o conceito de experimentação da música popular com o uso de elementos tecnológicos. A proposta musical foca em instrumentos percussivos, com um encontro de piano, percussão acústica tradicional e a modernidade da percussão digital com samplers e pluggins. No repertório, que passeia pelos ritmos brasileiros, estão músicas autorais e releituras de compositores consagrados, como Gilberto Gil, João Gilberto e Novos Baianos.

Mulher em Cena – No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia (BPEB) dedica a sua programação cultural para homenagear as mulheres através do projeto “Mulher em Cena”, promovendo uma série de atividades voltadas para a discussão e a valorização do gênero feminino. O projeto terá encerramento no dia 27 (quarta-feira), com o bate-papo “Tirando de Letra - Mundo Mulher” e o show da cantora Tathi & Convidados.

Quando: Dia 26/03 (terça-feira), às 20h
Onde: Espaço Xisto Bahia (lateral da Biblioteca)
Quanto: R$10 (inteira) e R$5 (meia)

Equipe do VIVA - Núcleo de Produção Cultural
Edwin Neves - Coordenador de Produção Cultural
Fidelis Tavares  - Produtor Cultural 
Silvia Dias - Produtora Cultural
Juliana Neri - Técnica em Assuntos Culturais
Ana Paula Fernandes - Técnica Administrativa 
Amanda Julieta - Web Writer

Richard Camargo - Designer gráfico

quinta-feira, 21 de março de 2013

"Café Científico" de março discute programas de televisão

Clique para ampliar
O "Café Científico Salvador", em parceria com a Biblioteca Pública do Estado da Bahia, recebe a professora Itania Maria Mota Gomes, da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia, para abordar o tema “Análise de Comunicação e Cultura: Programas de televisão”. O evento acontece amanhã (22), às 18h, na Sala Katia Mattoso (3º andar), com entrada gratuita.

A importância que a televisão assume no Brasil ainda não produziu, como resultado, o desenvolvimento de métodos de análise adequados de seus produtos. O mais freqüente é que a televisão seja tomada a partir de abordagens mais gerais, macroeconômicas, históricas ou sociais, e que o programa televisivo, enquanto um produto cultural com certas especificidades, seja deixado de lado.

O encontro Café Científico terá como objetivo mostrar a importância da análise de produtos midiáticos, tomando como objeto programas televisivos. Será dada ênfase aos conceitos de gênero midiático, modo de endereçamento, estrutura de sentimento e formação discursiva. O encontro será realizado a partir da exibição e análise de programas televisivos, problematizando as relações entre televisão e cultura popular; televisão e entretenimento; hibridização e qualidade dos produtos televisivos.

Quando: Dia 22/03 (sexta-feira), às 18h
Onde: Sala Katia Mattoso (3º andar)
Quanto: Gratuito

Vídeo: Bate-papo "Tirando de Letra - Mundo Mulher" encerra o projeto "Mulher em Cena 2013"

Clique para assistir

Quando: Dia 27/03 (quarta-feira), às 18h30
Onde: Quadrilátero da Biblioteca (térreo)
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Monólogo "Sargento Getúlio" no SESC SENAC Pelourinho

Foto: Petrus Pires/Divulgação
O monólogo "Sargento Getúlio" será apresentado em Salvador, nesta sexta-feira, 22, às 20h, no Teatro SESC SENAC Pelourinho. Baseado no romance homônimo de João Ubaldo Ribeiro e com direção e adaptação de Gil Vicente Tavares, a montagem teatral conta a história de Getúlio, um rude sargento que tem a missão de levar um prisioneiro, que é inimigo político de seu chefe, de Paulo Afonso a Aracaju. A entrada é gratuita.

No meio do caminho, em virtude de uma mudança no panorama político, o sargento recebe a ordem para soltar o prisioneiro, mas devido a seu temperamento avesso às mudanças, ele decide terminar a missão que lhe foi confiada, contra tudo e contra todos.

Quando: Dia 22/03 (sexta-feira), às 20h
Onde: Teatro SESC SENAC Pelourinho
Quanto: Gratuito
Informações: (71) 3324-4520
Fonte: A Tarde

quarta-feira, 20 de março de 2013

Biblioteca disponibiliza cortesias para concerto da OSBA em homenagem ao aniversário de Salvador

Imagem: Divulgação
Em parceria com a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), a Biblioteca presenteia seus frequentadores com pré-convites para o “Concerto de Aniversário Salvador”, que celebrará, no dia 28 de março, os 464 anos de Salvador. A apresentação acontecerá na Sala Principal do Teatro Castro Alves e os ingressos custam R$20 (inteira). Os pré-convites, no entanto, são gratuitos e dão direito a um par de ingressos cada, que devem ser trocados antecipadamente na bilheteria do teatro.

Os pré-convites são limitados e os interessados podem solicitá-los pelo telefone (71) 3117-6079 ou pelo e-mail bpebbibliotecaviva@gmail.com, mas é necessário retirá-los no Núcleo Biblioteca Viva (3º andar), na sede da Biblioteca, situada na rua General Labatut, n°27, Barris, de segunda a sexta, de 9h às 12h e de 14h às 18h.

Sob a regência do maestro Carlos Prazeres, a OSBA aproxima o público de compositores clássicos e presenteia a cidade de Salvador em um concerto que reunirá no palco a cantora Jussara Silveira, o grupo percussivo Olodum e o gaitista José Staneck, executando obras do baiano Paulo Lima, Villa-Lobos e André Mehmari.  “Esse concerto é uma espécie de retrospectiva de vários acontecimentos marcantes da Orquestra Sinfônica da Bahia nestes últimos dois anos”, conta o Carlos Prazeres.

No Programa da noite, “Viagem de Gabriela”, obra prima de André Mehmari, encomendada pela OSBA, agora na voz de Jussara Silveira. Executando Villa-Lobos, a junção entre OSBA e OLODUM. “Teremos ainda o gaitista José Staneck, a maior referência do Brasil em seu instrumento, apresentando uma obra prima de Villa-Lobos: seu concerto para harmônica. E para finalizar, a linda serenata ‘AYO’, de Paulo Lima, em primeira execução pela OSBA”, conta Prazeres. “Um programa tão especial, que vai ser gravado e em breve lançado como CD”, completa.

Viagem de Gabriela – A peça foi especialmente encomendada pelo diretor artístico da OSBA, Carlos Prazeres, ao compositor, arranjador e multi-instrumentista paulista André Mehemari para comemorar o centenário de Jorge Amado, em 2012. “Mehmari é um dos compositores que melhor fazem a ponte entre o erudito e o popular. Ele representa com muita riqueza essa conjunção, e o público pode esperar tudo o que se pode imaginar de uma grande obra, com vários estilos juntos retratando o Brasil por meio de uma história musical, de Villa-Lobos a Tom Jobim. Há, inclusive, citações famosas, como o Tema de Amor de Gabriela”, diz Prazeres.

Quando: 28 de março, quinta-feira, às 20h
Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves
Ingressos: R$ 20,00 (inteira)

Dica Cultural: Projeto "CineFacom" exibe curtas produzidos por estudantes

Clique para ampliar
O "CineFacom"  é um projeto que tem o objetivo de reunir, expor e debater a produção audiovisual dos estudantes da UFBA e é promovido pelo Centro Acadêmico Vladimir Herzog (CAFacom). A segunda edição do evento acontecerá dia 20 de março, às 18h30, no Auditório da FACOM. Após a exibição dos cinco documentários, haverá um debate com os diretores dos curtas com a intermediação do professor da Facom José Francisco Serafim, que coordena o Grupo de Pesquisa Laboratório de Análise Fílmica e o Núcleo de Análise do Cinema Documentário (Nanook).

Os filmes selecionados foram:

Adeus, de Camila Hita e Maily Guimarães
O objetivo do documentário é mostrar porque as pessoas deixaram de acreditar em suas respectivas religiões. Para além de um discurso religioso o documentário tenta compreender o processo da descrença de cada entrevistado. O vídeo traz depoimentos de vários estudantes da FACOM e de dois professores da Instituição, André Setaro e Regina Gomes.

Circuito de Teatro e Dança do Recôncavo Baiano, de Ronaldo Santos
Este documentário trata-se de uma pesquisa acadêmica e é um registro do evento itinerante, circuito de teatro e dança do Recôncavo Baiano, realizado em 12 cidades do território do recôncavo no período de março a novembro de 2012. O vídeo teve como aparelho de captação audiovisual e fotográfica um celular, modelo Samsung GT-C 3200.

O Jovem Mercador, de Tiago Oliveira
O filme mostra um dia de trabalho do jovem comerciante de frutas Leonardo Brito, garoto que aos 14 anos teve que assumir o antigo negocio de família deixado pelo falecido pai. Um olhar sobre um jovem que desde muito cedo teve que assumir uma grande responsabilidade para o sustento da família.

Ser + Periperi, de Talita Cerqueira
Uma amostra da campanha de rua feita pela candidata a empreguete mais Cheia de Charme do Brasil, Marilene de Jesus. Esta mesma campanha inspirou a música "Ser+Periperi”, que deu o nome ao curta.

Transfeira, de Rafael V. Teixeira
Este vídeo é uma produção independente do estudante Rafael Teixeira que quer mostrar as transformações da Feira de São Joaquim e sua importância para cidade de Salvador, como patrimônio cultural.

Quando: 20/03 (quarta-feira), às 18h30
Onde: Auditório da Faculdade de Comunicação da UFBA (Ondina)
Quanto: Gratuito

terça-feira, 19 de março de 2013

Dica Cultural: Museu Tempostal celebra aniversário de Salvador

Imagem: Acervo do Museu
O Museu Tempostal promove, entre os dias 26 de março e 12 de abril, uma programação especial para celebrar o aniversário de 464 anos da cidade de Salvador. O Tempostal vai oferecer, tanto para o público geral como para grupo escolares, visitas guiadas dentro das instalações do museu para conhecer a exposição “Pelos Caminhos de Salvador”, que retrata parte da urbanização, crescimento e modernização da capital baiana através de apanhado de imagens e fotografias que retratam as diversas transformações ocorridas no tecido urbano da cidade, iniciadas em fins do século XIX.  Através de uma leitura histórica, é possível conferir, também, as mudanças nos hábitos e costumes ligados à vida cotidiana.

Além das visitas guiadas, o Tempostal dá continuidade a exibição do documentário “(Per)Cursos Patrimoniais”, coordenado pelo professor e arquiteto Francisco Sena, que evidencia o significado do Pelourinho e das razões que levaram o local ao reconhecimento como patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, resgatando monumentos e relíquias culturais. A participação nas visitas guiadas e na exibição do documentário deve ser previamente agendada através do telefone (71) 3117 6383.

Quando: De 26/03 a 12/04
Onde: Museu Tempostal (Pelourinho)
Quanto: Gratuito

Biblioteca promove oficina de frascos decorados

Clique para ampliar
Como parte das comemorações ao Mês da Mulher, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia promove, na próxima quinta-feira (21), a oficina “Mulheres Criativas – Frascos Decorados”. A atividade acontecerá no Quadrilátero (térreo), às 15h, com entrada gratuita.

Oferecendo 15 vagas, “Mulheres Criativas” é voltada para o público feminino que tenha interesse em aprender a técnica do artesanato aplicada para a confecção de vasos decorativos. A oficina integra a programação cultural do projeto “Mulher em Cena”, que, durante todo o mês de março, promove diversas atividades voltadas para a valorização da mulher e a discussão de gênero.

O projeto terá encerramento no dia 27 (quarta-feira), com o bate-papo “Tirando de Letra - Mundo Mulher” e o show da cantora Tathi & Convidados.

Quando: Dia 21/03 (quinta-feira), às 15h
Onde: Quadrilátero (térreo)
Quanto: Gratuito

segunda-feira, 18 de março de 2013

Conheça as convidadas do bate-papo "Tirando de Letra - Mundo Mulher"

Clique para ampliar
Em sua 3ª edição, o projeto “Mulher em Cena” acontece até o final de março na Biblioteca Pública do Estado da Bahia, promovendo uma série de atividades voltadas para a discussão e a valorização do gênero feminino. No dia 27 (quarta-feira), a partir das 18h30, o Quadrilátero da Instituição receberá o encerramento do projeto, com o bate-papo “Tirando de Letra - Mundo Mulher” e o show da cantora Tathi & Convidados.

Mediado pela atriz e apresentadora Maria Prado de Oliveira, o bate-papo “Tirando de Letra - Mundo Mulher” leva para o palco do Quadrilátero sete mulheres de diferentes segmentos profissionais, que irão compartilhar experiências e os desafios encontrados em suas carreiras. As convidadas desta edição são Mabel Velloso, Deolinda Catarina França de Vilhena, Doris Pinheiro, Negra Jhô, Ninfa Cunha, Lídia Brandão e Vilma Reis.

Conheça um pouco mais sobre as nossas convidadas:



Deolinda Catarina França de Vilhena
Doutora em Théâtre et Arts du Spectacle pela Université de la Sorbonne Nouvelle-Paris III (janeiro 2007). Possui graduação em Comunicação Social - com habilitação em jornalismo - pela Faculdade da Cidade (1983), mestrado em Artes Cênicas pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (2001), mestrado (DEA) em Théâtre et Arts du Spectacle - Institut d'Etudes Théâtrales - Université de la Sorbonne Nouvelle (2002). Tem experiência na área de Artes: produção teatral, politicas culturais, teatro brasileiro, teatro francês e economia da cultura. É pós-Doutorada, com bolsa FAPESP e estágio de três meses em Paris, na Université Paris Ouest Nanterre La Défense - Paris X.  Atualmente é Professora Adjunta do Departamento de Técnicas do Espetáculo e Professora Colaboradora do Programa de Pós-Gradução em Artes Cênicas da Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia.

Doris Veiga Pinheiro
É radialista desde 1983, jornalista formada em 1984 pela Escola de Comunicação da Universidade Federal da Bahia, atriz registrada pelo SATED e Pós-graduada pela Faculdade Jorge Amado em Roteiro para Tv e Vídeo. Passou pela TV Itapoan onde atuou como repórter, editora e apresentadora dos telejornais da emissora, produtora, apresentadora e coordenadora do programa “Mulher Total". Na TV Educativa da Bahia foi apresentadora e comentarista na primeira transmissão ao vivo do carnaval da Bahia, realizada pela emissora. Na Rádio Educadora da Bahia, a jornalista atuou como repórter editora, redatora, coordenadora de produção e de realização de transmissões ao vivo da Rádio Educadora da Bahia e chefe de reportagem, redatora e apresentadora do programa diário Multicultura. Doris é também professora do curso de Jornalismo da Faculdade da Cidade do Salvador e atualmente tem um programa na Rádio Transamérica.

 Lídia Brandão
Doutora em Filosofia pela Universidad de León - España (2003), en el Programa de Comunicación, Acción y Conocimiento. Mestre em Metodologia do Ensino Superior pela PUCCAMP e UNICAMP (1986). Especialista En Derecho Para Las Tecnologías de La Información y de la comunicación, pelo Foro Europeo de Desarrolo Empresarial de España (2003). Especialista em Documentación Aplicada a La Conservación de Bienes Culturales pelo Instituto Del Patrimonio Historico y Cultural / Mec - España (1999), Especialista em Serviços Automatizados Em Ciência e Tecnologia pela Universidade Federal de Pernambuco (1994) e graduada em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade Federal da Bahia (1972).Assessora da Reitora da UFBA. Professora Associada atuando no Instituto de Ciência da Informação (ICI/UFBA). Presidente e Coordenadora da Comissão Permanente de Arquivo da UFBA. atuando no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação.Representante da UFBA no SIGA-Sistema de Gestão de Documentos de Arquivo/-Subcomissão do Ministério de Educação/ Arquivo Nacional. Autoridade responsável pela Lei de Acesso a Informação na UFBA.


Mabel Velloso
Educadora, escritora, compositora e cordelista baiana nascida em Santo Amaro da Purificação, Bahia. Filha de José Veloso e Claudionor (Dona Canô) Viana Teles Veloso, é mãe da cantora Belô Velloso, irmã da cantora Maria Bethânia e de Caetano Veloso. Mabel também compõe e muitas de suas músicas já foram gravadas por sua filha, Belô, e por sua irmã, Maria Bethânia. Em 2004 gravou, com Maria Bethânia, o CD "Brincar de Rezar" com as Meninas Cantoras de Petrópolis. Contou histórias em asilos e teatros mostrando o valor da oralidade para se chegar à leitura. Publicou mais de dez livros infanto-juvenis.

Negra Jhô
A menina Valdemira Telma de Jesus Nascimento nasceu na Bahia, entre Candeias e Madre de Deus, no Quilombo Muribeca. Força e ousadia sempre foram a sua marca. Aos 4 anos de idade, os tios e outras crianças zombavam dela porque o cabelo quase não crescia e logo ganhou o apelido de João. A menina ficava zangada, mas fingia que nem ligava. Com uma auto-estima nas alturas, sempre se achou bonita. Desde criança se recusava a esticar o cabelo e usar roupas da moda padronizada, contrariando a vontade de sua madrasta. Foi ainda na infância que o orgulho pela sua identidade afro se afirmou e o talento como cabelereira e estilista se anunciou. Começou trançando os cabelos e reinventando os figurinos de suas bonecas. Logo, suas irmãs e primas aderiram à “moda” proposta por ela. Hoje, trabalha com o que ama: penteados que embelezam as mulheres, decoração e culinária, sempre passeando pela estética negra. “Eu vou na auto-estima, nos valores a sério” diz Jhô, categórica.

Ninfa Cunha
Formada em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas pela FACS – Faculdades Salvador S/C (atual UNIFACS). Atua como intérprete-criadora e dançarina intérprete há 13 anos. No início da carreira é premiada em 2° lugar como dançarina – intérprete, na Categoria: Solo Avançado, na Modalidade: Dança Contemporânea, no Festival Internacional Dança Bahia / 99. Participa do Grupo Rodança, como dançarina e Relações Públicas, fazendo a produção, assessoria de imprensa e interpretação do espetáculo “A Dança da Vida sobre Rodas”, em 2001. Em 2002, é uma das fundadoras da Companhia de Dança Inclusiva RodAr. Em Salvador, participa de duas edições consecutivas do Ateliê de Coreógrafos Brasileiros como intérprete-criadora e, também convidada para participar do projeto “Somos Todos Brasileiros” do ator Marcos Frota. Esteve presente em três edições do VIVADANÇA, Festival Internacional (Mostra Casa Aberta). Atualmente, cursando como aluna especial do Bacharelado Interdisciplinar de Artes da UFBA.


Vilma Reis
Tem como parte da sua formação os títulos de Bacharelado e Licenciatura Plena em Sociologia pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA (1999/2001) e Mestrado em Ciências Sociais pela mesma instituição (2005). Atualmente é coordenadora do Programa de Direitos Humanos e, desde 2008 coordena o Projeto Encruzilhada de Direitos - Raça, Gênero e Enfrentamento à Violência contra as Mulheres Negras na Bahia, do CEAFRO - Programa de Educação para a Igualdade Racial e de Gênero/CEAO/FFCH/UFBA. Atua profissionalmente como Professora da Universidade do Estado da Bahia - UNEB, Campus XXIII Seabra e Presidente do CDCN - Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra, órgão colegiado da Sepromi – Secretaria de Promoção da Igualdade Racial. Tem experiência nas áreas de Antropologia e Sociologia, com ênfase em Antropologia das Populações Afro-Brasileiras, Racismo e Políticas de Ações Afirmativas, Segurança Pública, Mulheres Negras e Juventude Negra.

Quando: Dia 27/03 (quarta-feira), às 18h30
Onde: Quadrilátero (térreo)
Quanto: Gratuito

Equipe do VIVA - Núcleo de Produção Cultural 
Edwin Neves - Coordenador de Produção Cultural
Fidelis Tavares  - Produtor Cultural 
Silvia Dias - Produtora Cultural
Juliana Neri - Produtora Cultural
Amanda Julieta - Web Writer

Cleber Fraga - Designer gráfico

Dica Cultural: Seminário "O Bibliotecário no contexto da Educação"

Clique para ampliar

sexta-feira, 15 de março de 2013

Aviso sobre o funcionamento da Biblioteca


Exposição de periódicos homenageia atrizes do cinema brasileiro

Clique para ampliar
No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, a exposição “A História do Cinema Brasileiro”, ganha o recorte de gênero. Na mostra, artistas brasileiras são representadas através dos acervos da Subgerência de Periódicos Raros, Valiosos e Contemporâneos da Biblioteca Pública do Estado da Bahia. Com visitação gratuita, “Cinema Brasileiro: Mulheres em Cena” fica em cartaz até o dia 31 de março, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h, aos sábados, das 08h30 às 12h, e aos domingos, das 10h às 16h.

A exposição apresenta revistas raras e contemporâneas do cinema brasileiro e integra a programação do “Mulher em Cena”, um projeto promovido pela Biblioteca em homenagem ao Mês da Mulher. Entre os periódicos, estão as revistas “A Cena Muda”, com exemplares das décadas de 1940 e 1950, “Cinarte”, das décadas de 1930 e 1920, e “Cinemin”, publicação da década de 1990.

Quando: Até 31/03, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h, aos sábados, das 08h30 às 12h, e aos domingos, das 10h às 16h
Onde: Sala de Exposições do 1º andar
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Programação de março na Biblioteca Anísio Teixeira

Clique para ampliar

quinta-feira, 14 de março de 2013

Exposição "Tons e Cores" fica em cartaz até o final de março

Imagem: Divulgação
Ainda dá tempo de conferir a exposição “Tons e Cores”, da artista plástica Maruza Lobo. Instalada no Vão do Foyer, a mostra fica em cartaz até o dia 31 deste mês, com obras que utilizam a técnica de óleo sobre tela e reúnem imagens de diversas temáticas, dentre elas mulheres negras e a natureza. Com visitação gratuita, “Tons e Cores” pode ser vista de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h, aos sábados, das 08h30 às 12h, e aos domingos, das 10h às 16h.

Apaixonada pelas artes desde criança, Maruza se encontra entre tintas, telas e pincéis, movida pelo contraste e pela mistura das cores nas mais diversas formas de expressão. “Essa é a minha realização. Pinto o que gosto e o que me dá prazer e completo-me quando minha obra alcança o coração de quem vê”, conta a artista.

Quando: Até o dia 31/03, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h, aos sábados, das 08h30 às 12h, e aos domingos, das 10h às 16h
Onde: Vão do Foyer (térreo)
Quanto: Gratuito

Mostra "Mulher em Cena - Dia Internacional da Mulher" está em cartaz na Biblioteca

Clique para ampliar
A Subgerência de Recursos Audiovisuais, no mês de março, faz uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher (08/03) apresentando composições que retratam as mulheres na MPB. A mostra fica em cartaz de 04 a 31/03, no 3° andar da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 18h, com visitação gratuita.

Mulher em Cena - No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia (BPEB) dedica a sua programação cultural para homenagear as mulheres através do projeto “Mulher em Cena”, promovendo uma série de atividades voltadas para a discussão e a valorização do gênero feminino.

Quando: de 04 a 31/03, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 18h
Onde: Subgerência de Recursos Audiovisuais (3º andar)
Quanto: Gratuito

quarta-feira, 13 de março de 2013

Encerramento do projeto "Leituras Públicas" leva poesia de cordel para a Biblioteca

Clique para ampliar
Os poetas cordelistas Salete Maria da Silva, Antônio Barreto e Jotacê Freitas mostram seus trabalhos no encerramento das “Leituras Públicas”, nesta quinta-feira (14), no Quadrilátero da Biblioteca. Com mediação da escritora e fotógrafa Gal Meirelles, o evento acontecerá às 17h e homenageará o Dia Nacional da Poesia, com entrada é gratuita.

O projeto “Leituras Públicas” se iniciou em abril de 2012, com datas, autores e mediadores definidos, onde os escritores leem poemas, capítulo de romance, um conto, ou trecho de cordel de sua autoria, tendo sempre um mediador provocando questões sobre a obra e o autor. 

Na edição de encerramento, os cordelistas irão recitar alguns cordéis que versam por temas diversos, entre eles, política, religião, cultura populares, violência, amor, sexualidades, violência entre outros. As “Leituras Públicas” são uma iniciativa da Diretoria do Livro e da Leitura, da Fundação Pedro Calmon/SecultBA. Esta ação tem como finalidade fomentar a cultura da leitura de livros na biblioteca e o reconhecimento da importância do livro na vida do cidadão, que tem a oportunidade de ouvir os autores lendo suas obras além de conversar com eles.

Quando: Dia 14 de março (quinta-feira), às 17h
Onde: Quadrilátero (térreo)
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Cortejo performático em homenagem ao Dia Nacional da Poesia

Clique para ampliar

terça-feira, 12 de março de 2013

Feliz Dia do Bibliotecário!

Clique para ampliar

Dia da Poesia tem "Leitura Dramática" na Biblioteca

Clique para ampliar
Como parte das comemorações ao Mês da Mulher, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia apresenta, na próxima quinta-feira (14), uma leitura de poemas de Castro Alves dramatizada pela atriz Jussara Mathias. O espetáculo acontecerá no Quadrilatéro da Instituição, às 16h30, com entrada gratuita.

Intercalada com versos do poeta baiano e de poetisas brasileiras, a “Leitura Dramática” celebra também o Dia Nacional da Poesia e o aniversário de Castro Alves, nascido há 166 anos. O evento integra a programação do projeto “Mulher em Cena 2013”, que contempla diferentes linguagens artísticas e de comprometimento social voltadas para a discussão e a valorização do gênero feminino.

No mesmo dia, será realizado o último encontro do projeto “Leituras Públicas”, promovido mensalmente pela Diretoria do Livro e da Leitura da Fundação Pedro Calmon/SecultBA. Com participação dos escritores Salete Maria da Silva, Antônio Barreto e Jotacê Freitas, o evento acontece a partir das 17h e tem entrada gratuita. Além de falar sobre sua obra, os convidados irão ler trechos de seus livros, respondendo, também, a perguntas do público. A mediação será feita por Gal Meirelles. 

Quando: Dia 14/03 (quinta-feira), às 16h30
Onde: Quadrilátero (térreo)
Quanto: Gratuito

Festival de Ilustração e Literatura acontece em abril na Biblioteca


Clique para ampliar
O primeiro “Festival de Ilustração e Literatura da Bahia” acontecerá em Salvador, de 2 a 6 de abril, reunindo ilustradores, escritores-roteiristas, educadores e editores. A programação gratuita incluirá palestras e debates sobre a produção que relaciona texto e imagem, oficinas teóricas e práticas de ilustração e texto, lançamento de livros e exposições.

O Festival significará um momento de formação e intercâmbio. Na ocasião, será apresentada a exposição coletiva de ilustrações “A História das Cores”, resultado de uma convocatória pública, e duas individuais, sendo uma do ilustrador brasileiro Cau Gomez e a outra da ilustradora argentina Rebeca Luciani.

O estímulo à leitura é um dos focos centrais do evento, que prevê a realização de saraus e recitais, contação de histórias, exposição de livros, desenhos coletivos e intervenções artísticas.

O festival será realizado na Biblioteca Pública do Estado da Bahia e no Centro Cultural de Plataforma. As inscrições para as oficinas podem ser realizadas no site do Festival: www.ilustrafestival.com.brO evento é uma realização da Movimento Contínuo, com o patrocínio da Secretaria Estadual de Cultura da Bahia.

Quando: De 04 a 06 de abril de 2013
Onde: Bibilioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito