• Neste mês de maio, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia está completando 204 anos! Confira a história dessa Instituição bicentenária!
  • Todas as segundas e quartas-feiras, a Biblioteca promove gratuitamente duas sessões de cinema, com o projeto "Filme na Biblioteca". Confira a programação!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Contagem regressiva: faltam apenas 05 dias para a 6ª Lavagem da BPEB!

Clique para ampliar

Projeto "Memória dos Bairros" promove palestra sobre o bairro Dois de Julho

Clique para ampliar
O Centro de Memória da Bahia realiza até o dia 22 de novembro um ciclo de debates com pesquisadores sobre a história e cultura de importantes bairros de Salvador, com o projeto Memória dos Bairros. Nesta quinta-feira (31/10), às 15h, as pesquisadoras Thaís de Miranda Rebouças, Ivana da Costa Chastinet e Yuri Torres Paes Tripodi estarão reunidos em torno do tema: "Modernização do espaço urbano e seus impactos sociais no Bairro Dois de Julho", que acontece na Sala Katia Mattoso da Biblioteca Pública do Estado (Barris).
A diretora do Centro de Memória da Bahia, Jacira Primo, destaca que o projeto de resgate da memória dos bairros está inserido numa proposta abrangente de compreensão da história, memória e identidade urbanística da cidade de Salvador. “Os meios de preservação da cidade devem ser discutidos com a sociedade, que pode expressar sua relação com o espaço e sua noção de pertencimento aos mesmos”.
Novembro – No dia (06/11), 15h, os pesquisadores José Eduardo Ferreira Santos e Antonia dos Santos Garcia apresentarão o tema "Segregação racial e estruturas de oportunidade em Plataforma", no Centro Cultural Plataforma. Encerrando o ciclo de palestras, no dia 22/11, na Sala Katia Mattoso, os professores Juarez Duarte Bomfim e Carlota de Sousa Gottschall Silva abordarão o tema "Reconfiguração urbana e as políticas e práticas culturais no centro de Salvador". O evento é organizado pela Fundação Pedro Calmon/SecultBA, unidade da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, e objetiva debater as diversas transformações econômicas, políticas, sociais e culturais dos bairros da cidade de Salvador.

O quê: Projeto Memória dos Bairros, as pesquisadoras Thaís de Miranda Rebouças, Ivana da Costa Chastinet e Yuri Torres Paes Tripodi
Quando: Dia 31 de outubro de 2013 (quinta-feira), às 15h
Onde: Sala Katia Mattoso - Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Dica Cultural: Programa Rumos tem inscrições abertas até 14 de novembro

Clique para ampliar
O Itaú Cultural anuncia em Salvador o novo formato do programa Rumos – cujas inscrições já estão abertas e vão até 14 de novembro. Em sua 16ª edição, impelido pelo novo ambiente de produção cultural e pelos conceitos colaborativos das plataformas digitais, o Rumos passou por profundas modificações para fortalecer a relação com artistas e pesquisadores e garantir a sua perenidade e relevância.

Agora, ao invés de abrir editais específicos para cada área de expressão artística ou intelectual, o Rumos assume caráter multidisciplinar. Hoje o programa oferece amplo campo de escolha e um mesmo projeto pode ser inscrito em diferentes modalidades. O participante – individual, duplo, trio, coletivo ou em grupo – não é obrigado a se enquadrar em uma única delas, a não ser que ache necessário.

Outra inovação está no protagonismo do artista. Antes, as regras já estavam definidas no momento das inscrições. A partir de agora, o proponente define o que precisa para realizar o seu projeto e desenhar a sua própria anatomia. 

A abertura e a busca por um modelo mais adaptado à realidade estão expressas, ainda, no processo de seleção dos projetos que receberão verbas de apoio da instituição. Antes, o instituto formava comissões com especialistas de áreas específicas para julgar as carteiras e organizar a apresentação das obras selecionadas. O novo formato traz outra abordagem.

A seleção é realizada por uma comissão interdisciplinar, lançando múltiplos olhares sobre as propostas inscritas. A comissão é integrada por especialistas e gestores do instituto. Além de fazer a seleção e organizar os trabalhos, em alguns casos, o grupo pode, ainda, atuar como mediador junto aos artistas, promovendo o diálogo com outras proposições e sugerindo reflexões que possam contribuir para o resultado final.

Modalidades - O Rumos 2013 oferece um leque de escolhas para a inscrição dos projetos: a circulação de repertório de apresentações artísticas e de acervos no Brasil e no exterior; projetos de desenvolvimento de trabalhos artísticos – de instalações, composições, performances e coreografias a roteiros, espetáculos, ensaios fotográficos, programas de rádio, TV, internet, documentários, CDs e DVDs. Projetos de desenvolvimento de programas de computador artísticos/culturais, como plataformas web, games, agentes inteligentes, aplicativos, entre outros; organização e preservação de acervos, digitalização de documentos, entre outros, relacionados à arte e à cultura brasileiras.

Projetos em andamento para finalização também entram nas novas modalidades, assim como os que têm foco na educação cultural, formal ou não formal, desde que sejam realizados no Brasil; o desenvolvimento de pesquisas relacionadas à arte e à cultura brasileiras; e a publicação de projetos para a edição de livro, catálogo, revista, jornal, fanzine, quadrinhos ou outros, em qualquer suporte.

Críticas acadêmicas e jornalísticas às produções contemporâneas em todos os campos de expressão artística entram entre as modalidades neste mesmo programa, bem como propostas de indivíduos ou coletivos para vivências em residências nas áreas de artes, cultura, pesquisa e educação no Brasil ou no exterior e projeto de realização de seminário, simpósio, debate e oficina, entre outros, com a possibilidade de convidados do Brasil e/ou do exterior.

Se o artista conceber um projeto que não se aplica a uma destas modalidades, ele pode inscrevê-lo especificando detalhadamente o seu objetivo para avaliação da Comissão de Seleção.

Inscrições e premiações
Seguindo a política das edições anteriores, as inscrições são gratuitas. Elas podem ser efetuadas no período de 3 de setembro até às 23h59 (horário de Brasília) de 14 de novembro de 2013, exclusivamente no www.itaucultural.org.br/rumos. Já diferentemente das edições anteriores, não há número mínimo ou máximo de projetos, propostas ou obras a ser contemplados. Esta decisão será de exclusiva atribuição da Comissão de Seleção Rumos Itaú Cultural, observando o limite orçamentário do programa. O montante total aportado por proposta, projeto ou obra selecionada, observará o limite de até R$ 400.000,00 (quatrocentos mil reais) brutos.

Os selecionados serão informados por telefone e/ou e-mail, até dia 27 de maio de 2014. Em seguida, os resultados serão divulgados no site do Itaú Cultural e nos meios de comunicação.

Veja todas as informações a respeito do Rumos 2013 no site do Itaú Cultural:www.itaucultural.org.br/rumos

Biblioteca recebe exposição sobre resistência e religiosidade afro-brasileira

Clique para ampliar
O artista plástico Elson de Sousa Ferreira é a atração de novembro no Vão do Foyer da Biblioteca, com a exposição Negras Cores - Resistência e Religiosidade Afro-Brasileira.  Com temática central na religiosidade de matriz africana, a exposição terá abertura nesta sexta-feira (01/11), às 18h, e seguirá em cartaz até 30 de novembro. A visitação é gratuita e poderá ser feita das 08h30 às 21h, horário de funcionamento da Biblioteca.

Elson de Sousa Ferreira é um reconhecido artista oriundo das camadas populares. Nascido na Liberdade - bairro reconhecidamente de maior proporção de população afrodescendente da américa latina -, seu trabalho é direcionado às artes visuais, onde com o refinamento próprio busca, através dos seus pincéis, retratar aspectos relevantes e minuciosos da cultura e religiosidade afro-brasileira e africana.

Já fora premiado duas vezes no Salão de Artes Visuais da Bahia e também duas vezes no Salão Bahia-Marinhas. Realizou diversas exposições, entre elas a "ExporNegras" (2006) e a "Religiosidade Negra" (2007), em convênio com o CEPAIA/UNEB.

Quando: Abertura: 1° de novembro (sexta-feira), às 18h; Visitação: de 02 a 30 de novembro de 2013, das 08h30 às 21h
Onde: Vão do Foyer da Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuita

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Dia Nacional do Livro

Clique para ampliar

Dica Cultural: Terça da Bênção tem Gilberto Gil e outras atrações gratuitas

Cantor se apresenta gratuitamente no Pelourinho
A tradicional festa Terça da Bênção completa nesta terça-feira (29), 30 anos e para comemorar a data uma grande festa será realizada a partir das 18h30 no Terreiro de Jesus, no Pelourinho, em Salvador.

A festa irá homenagear o cantor e compositor Paulinho Camafeu e recebe convidados como Gilberto Gil, Luiz Caldas, Armandinho, Surama Albuquerque, Bloco Ilê Aiyê, Projeto SampNovo com Andreia Nery, Jota Veloso, Cavaleiros de Jorge e Conexão Negra, além de outros músicos. O acesso à festa é gratuito.

Paulinho Camafeu é um dos precursores da Axé Music e possui diversas músicas gravadas por grandes nomes da música brasileira, como Caetano Veloso e Carlinhos Brown. Dentre as diversas músicas de sua autoria, "Nega do Cabelo Duro" fez sucesso na voz de Luiz Caldas.

A Terça da Bênção é uma das mais tradicionais festas de Salvador e acontece sempre no Pelourinho e é considerada uma das mais procuradas festas pelos turistas que desembarcam na capital baiana.

Fonte: G1 Bahia.

Dica Cultural: MAM-BA comemora 50 anos no Solar do Unhão

Clique para ampliar
Uma pessoa. Com direito a fazer apenas uma questão sobre a arte e a experiência humana, à procura de uma resposta em uma conversa a três. Essa é a Noite do Oráculo, que integra a programação do projeto MAM Manifesto. E essa é apenas uma delas. “A partir de uma conversa, você pode especular respostas possíveis para as questões que inquietam”. Essa é explicação do diretor do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), Marcelo Rezende, para as intenções que guiam a realização do evento que acontece no dia 1º de novembro, no Casarão do MAM-BA.

O pensamento sobre encontrar respostas através do contato não termina com a Noite do Oráculo. O evento se traduz como um episódio emblemático da política do museu para a criação de espaços de diálogo, troca e interações. No encontro (que acontece na noite entre o Dia das Bruxas e o feriado do Dia de Finados), um representante do museu e o artista Arthur Scovino, ao lado de uma pessoa sorteada entre as previamente inscritas, farão do diálogo um meio para encontrar uma possível resposta para o até então misterioso assunto. “Estamos construindo ferramentas para ampliar nossas possibilidades, novas peças para um programa que supõe o museu como um centro de pesquisa e de diferentes conhecimentos que surgem a partir de encontros e de ações desse tipo”, explica o diretor, que prepara junto com a equipe do museu e seus colaboradores o lançamento da Revista Contorno, produzida e editada pelo MAM-BA.

Depois de pesquisar sua história, o museu cria agora uma plataforma para a sua própria narrativa, processos, documentação e pensamento. Segundo seus realizadores, a Revista Contorno é uma janela para observar as ideias, os sentimentos, os autores e os demais elementos que se articulam para criar uma política do museu, com suas escolhas por determinados artistas e seu entendimento dos espaços presentes nas atividades do MAM e da Bienal.

O lançamento da publicação bilíngue acontece na noite de 8 de novembro, simultaneamente ao evento que dá nome ao programa MAM Manifesto, no qual os convidados – os diretores Márcio Meirelles e Fernando Guerreiro e o ator transformista Mitta Lux – realizam leituras públicas de manifestos seminais para a história da cultura brasileira.

Com uma política de tornar evidente o pensamento do museu, aumentando seu alcance e expondo a reflexão em um espaço de discussão pública, o MAM-BA realizou ao longo do ano – e realiza especialmente durante o mês de seu aniversário no Solar do Unhão – leituras públicas, debates, uma série intercâmbios que ganham força e outras possibilidades com as novas publicações do museu e as ações educativas. Além disso, o museu recebe no dia 9 de novembro a Escola da Dança da UFBA para uma apresentação especial. A ideia central que guia ações é fazer circular as ideias e cuidar para que elas se relacionem plenamente com o lugar e o tempo, pensando o museu não através de seu aspecto físico, mas imaterial, como uma microutopia que se manifesta através das suas diversas atividades.

Confira a programação: http://migre.me/grY8v

Dia das Bruxas é tema de oficina no Setor Infantil

Clique para ampliar
O Dia das Bruxas (Halloween) terá muita diversão para a garotada na Biblioteca. Nesta quinta-feira (31), às 15h, será realizada a oficina artística “Caldeirão da Bruxa” e os participantes vão confeccionar um caldeirão coletivo, onde deixarão as suas próprias receitas mágicas. A oficina será ministrada no Setor Infantil (térreo), com entrada gratuita.

O Dia das Bruxas é um evento tradicional e cultural, que ocorre basicamente em países de língua inglesa, principalmente nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido. A origem exata da data é desconhecida, mas tem como base as celebrações de antigos povos. Tradicionalmente, nos países em que se comemora o Halloween, as crianças saem nas ruas fantasiadas, pedindo doces nas casas vizinhas.

O Setor Infantil tem, ainda, muitos livros para a galerinha que quer saber mais sobre o tema e viajar com histórias de bruxinhas e outros personagens muito legais. Veja alguns títulos: “Coleção Bruxa Onilda”, “A Festa dos Monstros”, “As Inventações da Bruxinha Tatá”, “Que Será que a Bruxa Está Levando?” e muito mais!

Quando: Dia 31 de outubro de 2013 (quinta-feira), às 15h
Onde: Setor Infantil (térreo)
Quanto: Gratuito
Mais informações: (71) 3117-6093

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Bembatrio se apresenta na 6ª Lavagem da BPEB

Divulgação
O Bembatrio marcará presença na 6ª Lavagem da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (BPEB), que acontecerá no dia 5 de novembro, a partir das 16h, em celebração ao Dia Nacional da Cultura. Com um estilo bem baiano, o grupo encerrará a festa no Quadrilátero da BPEB, com um som incrementado por beats e bases instrumentais.

Formado pelos músicos Russo Passapusso, Fael 1º e DJ Raiz, o Bemba dá ênfase ao canto falado, valorizando histórias, palavras e sotaques regionais em suas letras e interpretações. Já o seletor, responsável pelos beats e bases instrumentais, utiliza timbres e efeitos em dinâmicas conhecidas nos sound systems. Sua pesquisa mescla grande variação de ritmos globais e locais como o Samba Reggae, Samba chula, Ragga, Repente, Miame Bass dentre outros ritmos periféricos.

Conheça a música do Bembatrio:

Clique para assistir

6ª Lavagem da BPEB - Em comemoração ao Dia Nacional da Cultura, 5 de novembro, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia realiza mais uma edição da única lavagem "profano-literária" do calendário cultural da cidade, a "6ª Lavagem da Biblioteca Pública do Estado da Bahia". A celebração, que acontece no dia 05/11 (terça-feira), tem início às 16h, quando baianas realizam a lavagem simbólica das escadarias da Instituição. A ação cultural contará com a presença dos grupos Fonte de Vida e Sambadeiras (SESC Rua Chile), com uma instalação do artista plástico Leonício Santana e terá as apresentações dos grupos Samba Chula de São Braz e Bembatrio.

Quando: Dia 5 de novembro de 2013 (terça-feira), a partir das 16h
Onde: Biblioteca Pública do Estado da Bahia - Barris
Quanto: Gratuito

Equipe do VIVA - Núcleo de Produção Cultural 
Edwin Neves - Coordenador de Produção Cultural
Fidelis Tavares  - Produtor Cultural 
Silvia Dias - Produtora Cultural
Juliana Neri - Técnica em Assuntos Culturais
Ana Paula Fernandes - Técnica Administrativa 
Amanda Julieta - Web Writer
Richard Camargo - Designer gráfico

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Faltam apenas 10 dias para a 6ª Lavagem da BPEB!

Dica Cultural: Palacete das Artes realiza mais uma edição do projeto Trocando Palavras

Edu O. relança livro no Palacete. | Foto: Alex Oliveira
O Palacete das Artes promove neste sábado (26), das 14h às 19h, mais uma edição do projeto gratuito Trocando Palavras, um encontro literário que tem como pano de fundo uma espécie de feira para a permuta de livros. O evento contará com o relançamento do audiolivro “Judite quer chorar, mas não consegue!”, um desdobramento da dança para a literatura que recebeu o Prêmio Arte e Cultura Inclusiva 2011, do Ministério da Cultura. De autoria do coreógrafo e dançarino Edu O., a obra contou com a participação da atriz Malu Mader, que emprestou a sua voz para a narração da história.

“Judite quer chorar, mas não consegue!” é um espetáculo solo que faz uma viagem aos símbolos e metáforas da transformação, perda e anulação de vida. Apesar de tratar-se de temas fortes e difíceis, tudo passa por um filtro poético e lírico que flerta com as histórias em quadrinhos e desenhos animados. Propõe, acima de tudo, uma reflexão sobre a solidão humana, questionando o ser indivíduo numa contemporaneidade padronizada e repleta de repetição de símbolos e ícones. O Palacete das artes fica na Rua da Graça, 284 – Graça.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

CineFacom participa da Semana de Arte, Cultura, Ciência e Tecnologia nesta quinta-feira

Clique para ampliar
O CineFacom exibe, nesta quinta-feira (24/10), sete curta-metragens que já participaram em edições anteriores do projeto. Dentre eles, três curtas de ficção, dois documentários e dois curtas de vídeo dança, que foram dirigidos por estudantes da UFBA dos cursos de Comunicação, Bacharelado Interdisciplinar em Arte e Dança. A mostra acontece às 16h30 no Auditório do Pavilhão de Aulas Glauber Rocha (PAF III), e conta com um debate entre os realizadores com a mediação do professor de cinema José Francisco Serafim coordenador do CineFacom e do Grupo de Pesquisa Laboratório de Análise Fílmica. A mostra especial compõe a Semana de Arte, Cultura, Ciência e Tecnologia (ACTA).

Confira os filmes que compõem a mostra:

A Melhor Idade de Adriano Big | Ficção| 5’
A Melhor Idade, mistura imagens documentais com ficção para abordar um dia na vida de três idosos, indo do estereótipo a  uma abordagem diferenciada, desconstruindo preconceitos, paradigmas e a ditadura da imagem. O curta foi premiado no 5 minutos de 2012 como melhor filme pelo juri oficial, melhor filme pelo juri popular e melhor filme baiano, pelo juri ABCV/ABD.
Ficha técnica: Direção e Roteiro - Adriano Big, Assistente de Direção e Captação de Áudio - Matheus Cunha, Direção de Fotografia - Cristian Carvalho, Direção de Arte - Camila Ribeiro. Elenco – Nilson Mendes, Hamilton Lima e Maria Maranhão. Edição - Adriano Big e Matheus Cunha. Maquiagem - Nayara Homem. Produção - Adriano Big e Camila Ribeiro.

A Falência da Família Cristã de Thyago Bezerra | Ficção| 5’
Um surto, absurdo contra o machismo e a moral cristã.
Ficha técnica: Direção e Roteiro:  Thyago Bezerra, Atores:  Camila Ribeiro e Gabriel Machado,  Direção de Fotografia: Isbela Trigo, Direção de arte: Raiza Rozados, Thyago Bezerra, Anthony Tor, Montagem: Rafael Teixeira/ Thyago Bezerra, Figurino: Livia Maria, Assistente de Direção: Gabriel Machado.

Um novo amigo de Diego Yu e Amenar Costa | Ficção | 6’30”
Uma garota conta os acontecimentos da sua semana para seu novo amigo.
Ficha Técnica: Direção: Diego Yu e Amenar Costa; Produção Executiva: Mariana Amorim; Direção de Fotografia: Diego Yu e Amenar Costa; Direção de Produção: Luire Campelo; Direção de Arte: Nathália Luna; Assistentes de Direção: Heitor Montes e Mariana Amorim; Arte: Tarsila Carvalho; Argumento: Diego Yu, Igor Bender e Tarsila Carvalho; Roteiro: Igor Bender e Heitor Montes; Figurino e Maquiagem: Nathália Luna; Edição e Montagem: Amenar Costa, Igor Bender, Diego Yu e Heitor Montes; Som: Igor Bender; Trilha Sonora: "Valsa das Flores" Tchaikovsky; "Canção para Um Novo Amigo" Tarsila Carvalho; Elenco: Tarsila Carvalho, Igor Bender, Paulo Bittenca, Dira Souza e Heitor Montes. 2013, Brasil, Suspense.

Um Jovem Mercador de Tiago Oliveira | Doc| 5’
O filme mostra um dia de trabalho do jovem comerciante de frutas Leonardo Brito, garoto que aos 14 anos teve que assumir o antigo negocio de família deixado pelo falecido pai. Leonardo gerencia uma barraca de frutas no Largo Dois de Julho e com sua pouca idade tornou-se um dos comerciantes mais conhecidos da localidade. No filme é mostrado toda logística traçada pelo jovem garoto desde as compras das mercadorias em Lauro de Freitas (região metropolitana), passando pela operação de carga e descarga dos produtos , até sua relação de venda com os clientes e seu depoimento sobre vida pessoal e trabalho. O curta nada mais é que um olhar sobre um jovem individuo que desde muito cedo teve que assumir uma grande responsabilidade para o sustento da família.
Ficha técnica: Direção e roteiro: Tiago Oliveira. Produção: João Paulo Garcia e Tiago Oliveira. Edição: João Paulo Garcia e Tiago Oliveira. Depoentes: Leonardo Brito e Edson Serafim.  Brasil, 2012.

Transfeira de Rafael Vilanueva |Doc| 10’43”
Transfeira, as transformações da Feira de São Joaquim.
Ficha Técnica: Roteiro, Direção e montagem Rafael Vilanueva.

Silfos de Andreia Oliveira |video dança| 4’01”
Elementais do ar são os que reinam pelo ar e ventos. São os silfos (silfídes), fadas e hamadríades. Eles são os mais elevados de todos os elementais, já que seu elemento nativo é o de mais alta taxa vibratória. Alguns acreditam que os Silfos se reúnem em torno da mente de um sonhador, dos artistas, dos poetas e , os inspiram com seu conhecimento íntimo das maravilhas e obras da natureza.  A imagem da câmera parada nos remete a um quadro imaginário, Silfos em rodopios e mutações, entre um ser onírico e humano. A dança aqui está interlaçada a arte do vídeo, flutuando por definições que vão de Vídeodança, Vídeoarte, Vídeo de Dança etc. Premiado pelo 2º Salão de artes da Escola de Belas artes. Maio de 2013. 
Ficha técnica: Concepção e edição: Andréia Oliveira  Intérpretes-criadores: Berg Kardy, Fábio Santos e Will Batsty Colaboração artística: Ariana Andrade.

Half-Way House de Suzanne Ohmann |video dança | 8’44”
Em um jardim esquecido uma mulher habita uma casa inacabada como um espírito inquieto. Sua dança é como um vento rodopiante que a leva a um estado de arrebatamento. A condição urbana mais escura intromete periodicamente sua inspiração luminosa, levantando questões sobre a natureza da realidade. Half-Way House é uma investigação artística em respiração como uma ferramenta de auto-incorporação. O filme compõe o processo de pesquisa para elaboração de mestrado em Dança Terapia. 
Ficha técnica: Diretor: Susanne Ohmann, Câmera (steadicam): Chris Fawcett, Filmagem adicional (metro): Ron Bunzl, Produção: split2ndfilms, Musica: Marion von Tilzer, Mohammad Reza Mortazavi, Ano: 2011, País: Países Baixos, Gênero: vídeo dança, Classificação: livre.

O quê: CINEFACOM NA SEMANA DE ARTE, CULTURA, CIÊNCIA E TECNOLOGIA (ACTA13)
Quando: 24/10/ 13 às 16h30
Onde: Auditório do Pavilhão de Aulas Glauber Rocha (PAF III)
Quanto: Entrada franca
Maiores informações: cinefacom@gmail.com / cinefacom.wordpress.com

Inscrições abertas para oficina de texto na Biblioteca

Foto: Ilustração
A coordenação do Seminário Preconceito na Fala, Preconceito na Cor realizará na Biblioteca uma oficina de Textos Oficiais, destinada a professores, estudantes (em destaque, alunos das escolas públicas) e interessados em geral. O evento será no dia 06 de novembro de 2013, na Sala Katia Mattoso, das 8h30 às 12h, e será ministrado pela linguista e filóloga Antonia Santos.

A oficina  tem como objetivo principal  o aprimoramento dos conceitos e estudos de gêneros textuais, além de facilitar a adaptação no uso dos documentos em órgãos públicos e privados. Informações e inscrições até 30 de outubro, através do blog http://falaneguinhofala.blogspot.com.br/.

O quê: Oficina de Textos Oficiais
Quando: Dia 06 de novembro, das 8h às 12h
Onde: Sala Katia Mattoso - 3º andar da Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Inscrições e informações: http://falaneguinhofala.blogspot.com.br / sofictextosoficiais@yahoo.com.br

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Dica Cultural: Espetáculo de dança inspirado em Cosme e Damião é apresentado na Ponta do Humaitá

Divulgação
Conhecida como um dos lugares mais bonitos da cidade de Salvador, a Ponta do Humaitá se transformará no palco do espetáculo de dança Cosme e Damião Duo durante todos os dias entre 27 de outubro e 3 novembro. Criado e dirigido pelo coreógrafo Gilles Pastor, o espetáculo estreia na capital baiana em um espaço público e aberto, abordando o tema do encontro e da dualidade através das performances de Edu O. e Jean-Philippe Salério.

Para o coreógrafo, as questões relacionais dão o tom do espetáculo: “Uma estranha duplicidade liga os intérpretes. Um é cadeirante, o outro não; um é brasileiro de Salvador, o outro é francês; um é bailarino e o outro é ator”. Estas e outras oposições estabelecem a plataforma que guia o trabalho dos artistas, apresentado gratuitamente na última semana de outubro.

Quando veio da França para passar três meses no Brasil, em 2007, Gilles Pastor apresentou em Salvador o espetáculo Tempête à 13°sud, estudou as relações presentes no sincretismo religioso e se voltou para o universo do candomblé. Além disto, realizou uma parceria com o bailarino e coreógrafo Edu O., que guiou o diretor em muitas celebrações dedicadas aos santos Cosme e Damião.

“Por ser baiano e, principalmente, do interior da Bahia, minha relação com São Cosme e Damião é bem diferente do que as informações que Gilles, que é europeu, trouxe sobre esses santos. Pudemos perceber isso quando tivemos oportunidade de vivenciar a festa de Cosme, em Santo Amaro. Aliás, foram várias festas que tivemos a oportunidade de apreciar juntos, e cada uma de um jeito diferente” explica o artista.

A inspiração do diretor na lenda dos santos gêmeos Cosme e Damião vai desde a pesquisa até o título do espetáculo, que mistura referências das diferentes leituras que os santos recebem na Europa e no Brasil. Entre os elementos que mais chamaram sua atenção durante a pesquisa, o diretor aponta que, na Europa, A Lenda Áurea, de Jacques de Voragine, relata desde o século XII o implante miraculoso de uma perna emprestada de um defunto negro. Enquanto o quadro O Milagre da Perna Negra, presente na cenografia do espetáculo, representa os santos tratando de um doente e “transplantando” a perna para uma pessoa branca.

Quando: Dia 27 de outubro a 3 de novembro, às 17h
Onde: Igreja de Nossa Senhora do Monte Serrat, Ponta do Humaitá
Quanto: Gratuita
Fonte: MAM-BA

Café Científico Salvador acontece esta sexta-feira na Biblioteca

Clique para ampliar
O Café Científico Salvador do mês de outubro traz para a Biblioteca Pública do Estado da Bahia a professora Zelinda M. A. N. Leão, da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Com a palestra " Recifes de coral: Desafios locais e globais de conservação", o evento será realizado nesta sexta-feira (25), às 18h, na Sala Katia Mattoso (3º andar), com entrada gratuita.  

Os recifes de coral vivem nos mares tropicais do mundo numa faixa dos oceanos entre as latitudes de 30°N e 30°S, onde a temperatura das águas não varia muito, e é sempre superior a 20°C. Eles constituem o mais diverso e mais produtivo dos ecossistemas marinhos costeiros, contendo as maiores reservas da biodiversidade dos mares. Fornecem alimento e são a principal fonte de recursos para centenas de milhares de pessoas que vivem nas regiões tropicais do planeta, formando um ecossistema natural único, com grande valor científico, econômico e social.

Realizado pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (UFBA/UEFS) e pela Livraria LDM, o Café Científico é um local em que qualquer pessoa pode discutir desenvolvimentos recentes das várias ciências e seus impactos sociais. Ele oferece uma oportunidade para que cientistas e o público em geral se encontrem face a face para discutir questões científicas, numa atmosfera agradável.

Quando: Dia 25 de outubro (sexta-feira), às 18h
Onde: Sala Katia Mattoso - Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Samba Chula de São Braz se apresenta na 6ª Lavagem da BPEB

Foto: Divulgação
A 6ª Lavagem da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (BPEB) será realizada no dia 05 de novembro (terça-feira), em comemoração ao Dia Nacional da Cultura e ao aniversário de 43 anos da atual sede da Biblioteca, nos Barris.

Em 2013, a celebração começará às 16h, na frente da Biblioteca, onde baianas realizam a lavagem simbólica das escadarias. Em seguida, o Quadrilátero da BPEB abre espaço para a música com o grupo Samba Chula de São Braz e a banda Bembatrio. No dia 05 também haverá a abertura da instalação do artista plástico Leonício Santana, no Foyer da Biblioteca. Conheça mais sobre o Samba Chula de São Braz:

O Samba Chula de São Braz faz parte da história do Samba de Roda do Recôncavo Baiano, tombado como patrimônio imaterial da humanidade desde o ano de 2005. O grupo representa com talento e espontaneidade a tradição oral do samba de roda da Bahia.

Criado oficialmente em 1995, o Samba Chula de São Braz é liderado por Fernando de Santana e tem como integrantes os cantadores de chula João do Boi e Alumínio. O samba de roda e a chula (uma variação das cantigas de samba que aborda de forma poética temas do cotidiano, relatando conflitos da vida e ofertando conselhos de quem já viveu bastante e tem muito que ensinar) são linguagens que sempre estiveram presentes na história de vida desses artistas, desde a tenra infância na Vila de São Braz, em Santo Amaro/BA.

O primeiro CD do Samba Chula de São Braz, intitulado Quando Dou Minha Risada Há, Há…, foi lançado em 2009. O disco foi contemplado pelo Prêmio Pixinguinha 2008, promovido pela Fundação Nacional das Artes (FUNARTE).

O trabalho realizado pelo grupo atrai a atenção de público e crítica no Brasil e no exterior e demonstra o potencial criativo da cultura popular traduzido em música e dança. Depois de realizar diversos shows e de dividir o palco com artistas de destaque da música brasileira a exemplo de Jair Rodrigues e Riachão, o Samba Chula de São Braz cruzou fronteiras e levou sua música para outros países, participando de eventos internacionais como a WOMEX – Copenhague, 2010, maior Feira de World Music do Mundo; o Festival da Primavera em Rishon Le Zion – Israel, 2011; Festival Europalia Brasil, na Bélgica e Holanda, 2011, além da realização de turnês pela França, com shows em Paris (Cité de La Musique), Marseille e Toulouse.

Confira abaixo o vídeo da participação do Samba Chula de São Braz no WOMEX, em Copenhague.




Equipe do VIVA - Núcleo de Produção Cultural
Edwin Neves - Coordenador de Produção Cultural
Fidelis Tavares  - Produtor Cultural 
Silvia Dias - Produtora Cultural
Juliana Neri - Técnica em Assuntos Culturais
Ana Paula Fernandes - Técnica Administrativa 
Amanda Julieta - Web Writer
Richard Camargo - Designer gráfico

Dica Cultural: Semana Nacional do Livro e da Biblioteca - UEFS

Clique para ampliar

Maratona Cultural - Orquestra na Rua

Clique para ampliar
Todo músico que sabe tocar um instrumento de cordas (violino, viola erudita, violoncello, contrabaixo), e gostaria de fazer parte de uma orquestra improvisada pode participar deste evento.

A grande novidade é que os ensaios e o concerto vão acontecer no mesmo dia, em praça pública. O repertório inclui música clássica e adaptações de clássicos da música popular. Os ensaios vão começar as 12h30, o concerto acontecerá as 17h, no dia 21/10 (segunda-feira).

A Maratona Cultural já aconteceu várias vezes em São Paulo e em outras cidades do Brasil, atraindo até 100 músicos participantes e até 1000 espectadores. O evento será co-organizado por Matheus Bellini (violoncello), Caio Forster (viola erudita) e Leonardo Mallet (violino) do grupo Concerto de Rua

Para entrar em contato com eles os músicos locais que querem participar do evento podem se inscrever ao endereço concertoderua@gmail.com.

Saiba mais no www.pt-br.facebook.com/orquestranarua

O quê: Maratona Cultural - Orquestra na Rua
Quando: Dia 21 de outubro - Ensaios às 12h30 / Concerto às 17h
Onde: Praça Municipal - Centro Histórico
Quanto: Gratuito

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Nota de Falecimento


Abertas inscrições para palestra de Néstor García Canclini

Clique para ampliar
Começaram ontem (16/10), as inscrições para a conferência do Fórum do Pensamento Crítico, que ocorrerá no dia 25/10, às 19h, com o antropólogo e professor argentino Néstor García Canclini.  Considerado um dos maiores investigadores em comunicação, cultura e sociologia da América Latina, ele falará sobre cultura e transformação social no Teatro ISBA, em Ondina.

O evento tem entrada gratuita, mediante inscrição no portal da Fundação Pedro Calmon: www.fpc.ba.gov.br/forum e sujeito à lotação do espaço. O inscrito deverá chegar com 1 hora de antecedência para credenciamento no local do evento.

O quê: Fórum do Pensamento Crítico, com Néstor García Canclini
Quando: Dia 25 de outubro, às 19h
Onde: Teatro ISBA - Ondina
Quanto: Gratuito
Inscrições: http://www.fpc.ba.gov.br/forum

Texto: Nerivaldo Góes / ASCOM / FPC

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Filme "Vinícius" é exibido hoje na Biblioteca

Foto: Divulgação
A Biblioteca, através do Setor Audiovisual, exibe hoje (17/10) o filme Vinícius, do diretor Miguel faria Jr. A programação faz parte do projeto Outubro Musical, e homenageia o centenário de Vinícius de Moraes. A exibição acontecerá na Sala Katia Mattoso, às 15h, com entrada gratuita. Veja abaixo a sinopse e o trailer do filme:

SINOPSE:
A realização de um pocket show em homenagem a Vinicius de Moraes por dois atores é o início da reconstrução da carreira do cantor e compositor. Nascido em 1913 no Rio de Janeiro, Vinícius de Moraes testemunhou e foi personagem de uma série de transformações na cidade, tendo criado para si um dos percursos mais relevantes da cultura brasileira no século XX.

TRAILER:


O quê: Exibição do filme "Vinícius"
Quando: Hoje, dia 17 de outubro, às 15h
Onde: Sala Katia Mattoso - 3º andar da Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Dica Cultural: Feira de Autores de Literatura Infantil

Foto ilustrativa
Até o dia 26/10, das 09h às 21h, a imaginação corre solta no Shopping Itaigara, que traz uma programação dedicada ao público infantil e infanto-juvenil. Como parte das comemorações do mês das crianças será realizado o Tabuleiro das Letrinhas da Bahia - 1ª Feira de Autores de Literatura Infantil, na Praça de Eventos, que terá como maior atrativo a presença dos próprios autores, interagindo com a garotada. Além de divertir, a feira tem o objetivo de incentivar o interesse pela literatura e divulgar autores baianos e suas obras voltadas para esta faixa etária.

Os autores se revezarão a cada dia e, sempre a partir das 16h haverá um deles no local para participar de atividades como contação de histórias, brincadeiras, bate-papos e músicas dentre outras. A ação é realizada em parceria com a escritora Silvia Popoff, educadora, poetisa e autora de vários títulos para o público infanto-juvenil.

Dentre os escritores que estarão participando com obras em exposição e também presencialmente estão nomes como Antonio Cedraz, Cristina D’Ávila, Fabiana Barros, Iray Galrão, Liris Letieres, Lucas Yuri, Nadja Nunes, Odívia Barros e a própria Sandra Popoff. Os livros expostos também estarão à venda com preços promocionais.

O quê: Tabuleiro das Letrinhas da Bahia - 1ª Feira de Autores de Literatura Infantil
Quando: De 14 a 26 de outubro, das 09h às 21h - Encontro com os autores às 16h
Onde: Praça de Eventos do Shopping Itaigara
Quanto: Gratuito

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Biblioteca recebe instalação do artista plástico Leonício Santana

Foto: Divulgação

A 6ª Lavagem da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (BPEB) será realizada no dia 05 de novembro (terça-feira), em comemoração ao Dia Nacional da Cultura e ao aniversário de 43 anos da atual sede da Biblioteca, nos Barris.

O artista plástico Leonício Santana apresenta instalação inspirada no orixá Ogum, no Foyer da Biblioteca. A instalação integra as comemorações da “Lavagem Profano-Literária” da Biblioteca Pública do Estado da Bahia.

A Lavagem da BPEB é uma realização da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SECULT-BA), Fundação Pedro Calmon (FPC), Biblioteca Pública do Estado da Bahia e do Viva - Núcleo de Produção Cultural da BPEB. Em 05 de novembro de 2009, quando foi realizada a segunda edição da Lavagem das escadarias da Instituição, a ação foi inserida oficialmente no calendário cultural da cidade, pela SECULT-BA.

O quê: Instalação em homenagem ao Dia Nacional da Cultura
Quando: Abertura - 05 de novembro, a partir das 16h. Visitação - De 06 a 30/11, das 08h30 às 21h
Onde: Foyer da Biblioteca Pública do Estado da Bahia - Barris
Quanto: Gratuito

Equipe do Viva - Núcleo de Produção Cultural 
Edwin Neves - Coordenador de Produção Cultural
Fidelis Tavares  - Produtor Cultural
Silvia Dias - Produtora Cultural
Juliana Neri - Técnica em Assuntos Culturais
Ana Paula Fernandes - Técnica Administrativa
Amanda Julieta - Web Writer
Richard Camargo - Designer

Biblioteca exibe filme em homenagem ao Centenário de Vinícius de Moraes

Divulgação
Em homenagem  aos Centenário de Vinícius de Morares, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia (BPEB) exibe o filme "Vinícius", do diretor Miguel Faria Jr., no dia 17/10 (quinta-feira), às 15h, na Sala Katia Mattoso - 3º andar da BPEB. Vinícius completaria 100 anos no dia 19/10.

SINOPSE
A realização de um pocket show em homenagem a Vinícius de Moraes por dois atores é o início da reconstrução da carreira do cantor e compositor. Nascido em 1913 no Rio de Janeiro, Vinícius de Moraes testemunhou e foi personagem de uma série de transformações na cidade, tendo criado para si um dos percursos mais relevantes da cultura brasileira no século XX.

TRAILER



O quê: Exibição do filme "Vinícius"
Quando: Dia 17 de outubro, às 15h
Onde: Sala Katia Mattoso - 3º andar da BPEB
Quanto: Gratuito

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Filósofa Marilena Chauí concede entrevista ao "Correio Nagô"

Foto: Divulgação
A filósofa e professora da USP, Marilena Chauí, fala ao portal Correio Nagô sobre racismo, cultura periférica e mídias digitais. Hoje, 11/10, a pesquisadora participa do Fórum do Pensamento Crítico, às 19h, em Salvador, que será transmitido ao vivo pelo site da Fundação Pedro Calmon (FPC).

Os interessados poderão assistir de qualquer aparelho conectado à internet a palestra que será ministrada, no Teatro Castro Alves.  A conferência também será exibida, em tempo real, na Sala Katia Mattoso, da Biblioteca Pública do Estado (Barris), de onde o público poderá interagir com a conferencista, enviando perguntas.

Confira a entrevista para a TV Correio Nagô:



Fonte: Correio Nagô (http://va.mu/dG1g).

Dica de Leitura: "A Preparação do Ator"

Clique para ampliar
A Dica de Leitura da Biblioteca dessa sexta-feira é uma indicação para os interessados em teatro. A Preparação do Ator, de Constantin Stanislavski, é um livro-fonte para os que se dedicam ao teatro como profissionais, amadores ou espectadores ativos. 

A obra é, também, um trabalho literário, pois o autor adota recursos emprestados da ficção para trasmitir seus conceitos e sugestões. Ao ler este livro, o leitor irá descobrir que o ser humano é um só em todo o mundo, e suas emoções básicas são as mesmas, por mais diferentes que sejam as motivações capazes de despertá-las.

O livro está disponível no Setor de Empréstimos da Biblioteca. Para fazer o cadastro basta ter mais de 13 anos e trazer um comprovante de residência e a carteira de identidade. A inscrição deve ser feita no próprio setor, que funciona todos os dias da semana. Mais informações: (71) 3117-6021.


Constantin Stanislavski
O AUTOR
Constantin Stanislavski  nasceu na cidade de Moscou em 5 de janeiro de 1863. Junto com o escritor e professor Vladímir Dântchenco, resolve fundar o Teatro de Arte de Moscou, do qual tem como objetivo a busca de uma unidade teatral, inovando na forma de interpretação dos atores e proporcionando à platéia uma apresentação da realidade nos palcos, quebrando paradigmas pré-impostos, baseando-se em sérios e aprofundados estudos sobre expressão corporal, vocal e técnicas de preparação do ator. Dentre os vários métodos experimentados neste local, alguns deles foram levados mais afundo, resultando em uma série de exercícios e técnicas dos quais foram chamados mais tarde de Sistema Stanislavski. Em 1928 Stanislavski deixa de atuar e passa a se dedicar apenas à direção e formação de atores e diretores. Stanislavski morreu no dia 7 de agosto de 1938, na mesma cidade onde nasceu, Moscou.

Fonte: InfoEscola (http://va.mu/dGo7)

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

AVISO: Oficina de Marionetes

Clique para ampliar

Liga da Alegria apresenta o espetáculo "Aventura do Rock" na Biblioteca

Divulgação

Para animar a programação infantil do dia 15/10 (terça-feira) com muita música, o grupo "Liga da Alegria" se apresenta no Quadrilátero da Biblioteca, a partir das 16h.

A Liga da Alegria apresenta o espetáculo Aventura do Rock, promovendo uma iniciação ao universo desse gênero musical. Através de cenas teatrais, números de circo, surpresas, brincadeiras, interatividade e muitos efeitos especiais, o grupo traz uma mensagem positiva em suas aventuras musicais.

Os músicos encarnam heróis e preservam sua identidade em segredo, a fim de manter a atmosfera dos quadrinhos e desenhos animados. A Liga da Alegria é formada por Super Notas (Guitarra), Capitão Brigadeiro (Baixo) e Dr. Quebratudo (Bateria).

O quê: Espetáculo "Aventura do Rock", com a Liga da Alegria
Quando: Dia 15 de outubro, às 16h
Onde: Quadrilátero da Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito
Apoio: Espaço Xisto Bahia

Transmissão online da conferência de Marilena Chauí

Clique para ampliar

O Fórum do Pensamento Crítico desta sexta-feira (11), 19h, com a filósofa Marilena Chauí será transmitido ao vivo pelo site da Fundação Pedro Calmon (FPC): www.fpc.ba.gov.br. Os mais de 1500 convites já estão esgotados, mas os interessados poderão assistir de qualquer aparelho conectado à internet a palestra que será ministrada, no Teatro Castro Alves, pela professora da Universidade de São Paulo (USP).

A conferência também será exibida, em tempo real, na Sala Katia Mattoso, da Biblioteca Pública do Estado (Barris), de onde o público poderá interagir com a conferencista, enviando perguntas. A Sala Katia Mattoso tem capacidade para 150 pessoas e não haverá trocas de pré-convite no local.

O tema da conferência de Marilena Chauí é Cultura e Transformação da Sociedade Brasileira Hoje e será mediada pelo diretor da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA, João Carlos Salles. A pré-inscrição não garante acesso ao evento e está sujeita à lotação do teatro. Para acesso ao Fórum foi necessário trocar o pré-convite, recebido por e-mail, na bilheteria do Teatro Castro Alves. A troca do voucher para o evento começou na terça-feira (08/10) e esgotou nesta quarta-feira.

O quê: Trasmissão ao vivo do Fórum do Pensamento Crítico, com a filósofa Marilena Chauí
Quando: Dia 11 de outubro, às 19h
Onde: Sala Katia Mattoso - 3º andar da Biblioteca Pública do Estado da Bahia

Texto: Lucas Caldas / ASCOM-FPC

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Setor Infantil exibe filme "Gasparzinho e Wendy" nesta quinta-feira

Filme "Gasparzinho e Wendy" / Divulgação
Todas as terças e quintas-feiras, o Setor Infantil da Biblioteca exibe filmes para a garotada. As sessões acontecem sempre em dois momentos do dia, às 10h e 15h, com longas que fazem o maior sucesso no mundo infantil. Nesta quinta-feira, dia 10, será exibido o filme "Gasparzinho e Wendy", do diretor Sean McNamara .

SINOPSE
Wendy, a pequena bruxa boa, e sua três tias bruxas atrapalhadas, Gabby, Geri e Fanny, se escondem no "Sunny Brite Resort" tentando escapar do maligno bruxo Desmond Spellman. O Trio Assombroso também está no Sunny Brite e, naturalmente, Wendy conhece o solitário Gasparzinho, o Fantasminha Camarada, e os dois começam uma linda amizade. Juntos eles se preparam para combater o terrível bruxo

Quando: dia 10/10 (quinta-feira), às 10h e 15h.
Onde: Setor Infantil (térreo)
Quanto: Gratuito
Apoio: Locadora Vídeo & Cia – Site: www.locadoravideoecia.com.br

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Biblioteca exibe filmes sobre Renato Russo no projeto "Outubro Musical"

O projeto Outubro Musical exibe dois filmes sobre Renato Russo nesta quinta-feira (10). A programação inclui os filmes Rock Brasília - A Era de Ouro, de Vladimir Carvalho, e Somos Tão Jovens, de Antônio Carlos Fontoura. A exibição acontecerá na Sala Katia Mattoso, a partir das 14h, com entrada gratuita. Veja abaixo as sinopses e trailers dos filmes:

ROCK BRASÍLIA - A ERA DE OURO
Documentário nacional sobre a trajetória do cenário rock/musical de Brasília nos anos 80, desde os primórdios, das bandas embrionárias até o estouro nacional de Legião Urbana, Capital Inicial e Plebe Rude. Com depoimentos de diversos músicos, familiares e personalidades importante, o filme revela detalhes sobre a chamada Era de Ouro da cidade e a origem de diversos grupos.




SOMOS TÃO JOVENS
Brasília, 1973. Renato (Thiago Mendonça) acabou de se mudar com a família para a cidade, vindo do Rio de Janeiro. Na época ele sofria de uma doença óssea rara, a epifisiólise, que o deixou numa cadeira de rodas após passar por uma cirurgia. Obrigado a permanecer em casa, aos poucos ele passou a se interessar por música. Fã do punk rock, Renato começa a se envolver com o cenário musical de Brasília após melhorar dos problemas de saúde. É quando ajuda a fundar a banda Aborto Elétrico e, posteriormente, a Legião Urbana.


O quê: Projeto Outubro Musical - exibição dos filmes Somos Tão Jovens e Rock Brasília - A Era de Ouro
Quando: Dia 10 de outubro, a partir das 14h
Onde: Sala Katia Mattoso - 3º andar da Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito

sábado, 5 de outubro de 2013

Contagem regressiva para a 6ª Lavagem da BPEB

Clique para ampliar
Começou a contagem regressiva para a 6ª edição da única lavagem "profano-literária" da cidade! A 6ª Lavagem da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (BPEB) será realizada no dia 05 de novembro (terça-feira), em comemoração ao Dia Nacional da Cultura e ao aniversário de 43 anos da atual sede da Biblioteca, nos Barris. Você é o nosso convidado especial!

Em 2013, a celebração começará às 16h, na frente da Biblioteca, onde baianas realizam a lavagem simbólica das escadarias. Em seguida, o Quadrilátero da BPEB abre espaço para a música com o grupo Samba Chula de São Braz e a banda Bembatrio. No dia 05 também haverá a abertura da instalação do artista plástico Leonício Santana, no Foyer da Biblioteca.

A Lavagem da Biblioteca Pública do Estado da Bahia é uma realização da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SECULT-BA), Fundação Pedro Calmon (FPC), da Biblioteca Pública do Estado da Bahia e do Viva - Núcleo de Produção Cultural da BPEB. Em 05 de novembro de 2009, quando foi realizada a segunda edição da Lavagem das escadarias da BPEB, a ação foi inserida oficialmente no calendário cultural da cidade, pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

Quando: Dia 05 de novembro de 2013 (terça-feira), a partir das 16h
Onde: Biblioteca Pública do Estado da Bahia - Barris
Quanto: Gratuito

Equipe de Produção do Viva Núcleo de Produção Cultural da Viva
Edwin Neves - Coordenador de Produção Cultural
Fidelis Tavares  - Produtor Cultural
Silvia Dias - Produtora Cultural
Juliana Neri - Técnica em Assuntos Culturais
Ana Paula Fernandes - Técnica Administrativa 
Amanda Julieta - Web Writer
Richard Camargo - Designer gráfico

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Dica Cultural: Bate-papo com Lucas Santtana marca novos lançamentos do Bahia Music Export

Lucas Santtana | Divulgação
No dia 5 de outubro (sábado), às 15h, Lucas Santtana conduz bate-papo com outros artistas da música da Bahia, no encontro Da Bahia pro Mundo – Internacionalização da Música Baiana, realizado pelo projeto Bahia Music Export (BMEX), que integra o Programa de Mobilidade Artística e Cultural, promovido pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB). O evento acontece no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), com entrada franca.

Artista inovador, dentre os primeiros que lançaram na internet suas composições para download, reconhecido pela crítica nos EUA e na Europa (Rolling Stone – EUA, New York Times – EUA, Les inrockuptibles e Liberation – França, The Guardian – ING e Corriere Della Sera – Italia), Lucas estará à disposição do público para debater as oportunidades e desafios de inserção no mercado internacional de música. Com sua repercussão fora do país, lançamento de disco na Europa, website oficial todo em inglês, Lucas é um dos principais representantes da nova música brasileira para o mundo e o potencial de sua produção e da gestão de sua carreira o fez, inclusive, ser escolhido para os três álbuns já lançados pelo BMEX até então, impulsionando estas investidas.

O bate-papo, além de oportunizar o compartilhamento de informações e experiência em internacionalização, marca a celebração do lançamento das novas coletâneas do BMEX: Bahia Music Export Vol. 4, com diversos gêneros musicais, e Bahia Music Export Vol. 5 – Bass Culture Bahia, específica deste universo. Assim como os álbuns já produzidos pela iniciativa, os discos serão distribuídos em eventos e ocasiões estratégicas para que cheguem a produtores, radialistas, jornalistas, empresários, selos, programadores de festivais internacionais e demais agentes do mercado mundial, com fins exclusivos de promoção internacional, apresentando-lhes um panorama do cenário musical baiano contemporâneo.

A seleção das 30 canções que integram os dois álbuns foi feita em parceria com o Brasil Music Exchange, projeto conduzido pela Brasil, Música & Artes (BM&A) que procura estimular atividades e trocas de experiência no mercado musical. A curadoria é de Jody Gillet, jornalista britânica, crítica de música, representante da BM&A no Reino Unido, que atua há mais de 15 anos com o cenário local de música independente, com foco particular no Brasil. Trabalhou com artistas tais como Criolo, Orquestra Imperial, Nação Zumbi e Tulipa Ruiz. A sua escolha se baseou na adequação das obras ao perfil de mercado internacional e nível de correlação com a Bahia, a partir de sua própria assinatura curatorial e da inscrição pública que foi aberta aos artistas.

Quando: Dia 05 de outubro (sábado), às 15 horas
Onde: Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA) – Av. Contorno
Quanto: Gratuito
Realização: FUNCEB/ SecultBA
Apoio: Brasil Music Exchange