• Neste mês de maio, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia está completando 204 anos! Confira a história dessa Instituição bicentenária!
  • Todas as segundas e quartas-feiras, a Biblioteca promove gratuitamente duas sessões de cinema, com o projeto "Filme na Biblioteca". Confira a programação!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Fãs prestigiam banda cover da Legião Urbana na Biblioteca Pública

Banda Um interpretou hits da Legião Urbana
A banda Legião Urbana foi homenageada nesta quinta-feira (30) na Biblioteca Pública do Estado da Bahia (Barris), com um pocket show da Banda Um. O tributo, intitulado Viva Legião, foi capitaneado pelo jornalista Bruno Machado e por músicos de apoio, num show repleto de canções como Será, Há Tempos, Faroeste Caboclo, Tempo Perdido, entre outros sucessos da Legião.

O público, formado por pessoas de todas as idades, cantou e dançou num clima de diversão e nostalgia. O técnico de informática Tiago Alves, fã assumido da Legião Urbana, disse ter ficado feliz com a proposta do evento. “Sou fã da Legião. Apesar de eu preferir músicas desconhecidas às mais tocadas, o show foi muito bom”. Alves acrescenta que costuma frequentar a biblioteca quando acontecem esses eventos musicais e avalia: “Acho uma boa iniciativa, ao longo do ano, deveria ter mais shows como esse”.

Quem também aprovou a apresentação foi a estudante Bruna Pinheiro. “Curti muito o show. Eles focaram nas músicas mais conhecidas e fizeram todo mundo cantar”. Pré-vestibulanda, ela costuma ir à Biblioteca Pública para estudar: “Quando acontece um evento assim melhora tudo, pois uno estudo com diversão”. O tributo a uma das mais famosas bandas do cenário brasileiro terminou com aplausos e gritos de “mais uma, mais uma”.

Texto e foto: Luise Almeida - ASCOM/FPC

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Hora de Ouvir História acontece no Setor Infantil

Imagem: Ilustração
A Hora de Ouvir História tem agradado a criançada, que tem as suas história favoritas. Além dos contos de fadas, "Nicolau Tinha uma Ideia", de Ruth Rocha, e "Menina Bonita do Laço de Fita", de Ana Maria Machado, estão entre os livros mais queridos. Para Raquel Ávila, subgerente responsável pelo Setor Infantil, o projeto é uma forma de incentivar as crianças a entrar no mundo dos livros. “É importante investir na formação dos futuros leitores, tudo começa no Setor Infantil”, diz Raquel.

Os temas são: clássicos infantis, animais e mar.

Quando: Todas as segundas e quarta-feiras, às 10h e 15h
Onde: Setor Infantil da Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito

É HOJE: Tributo à Legião Urbana


Quem adora a Legião Urbana e o bom e velho rock brasileiro já pode comemorar. Hoje (30), às 18h30, a Biblioteca recebe o show da Banda Um, em um tributo ao grupo liderado pelo cantor Renato Russo. A entrada é gratuita.

Confirme sua presença no evento do Facebook: http://va.mu/dm1C

Quando: Dia 30 de janeiro de 2014 (quinta-feira), às 18h30
Onde: Escadaria da Biblioteca Pública do Estado da Bahia - Barris
Quanto: Gratuito

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Dica Cultural: Projeto Férias na Biblioteca promove oficina "Ler é Um Prazer"

Foto: Divulgação
Verão e férias escolares proporcionam diversão e tempo livre para as crianças. Para isso, as programações das bibliotecas públicas, inseridas no Projeto Férias na Biblioteca, surgem como uma ótima alternativa de lazer e diversão sem custos para o público infantil.

A Biblioteca Thales de Azevedo (Costa Azul) oferece no dia 1° fevereiro (sábado), às 10h, a oficina Ler é Um Prazer, na qual as crianças farão uma viagem no mundo literário, através da história A galinha que sabia ler. No enredo estão muitas dicas, entre elas a  de proteger e conservar os recursos naturais, como se tornar um ser humano mais saudável ou como despertar a consciência sem afetar o meio ambiente. A oficina será ministrada por Mariana Araújo dos Santos.

SERVIÇO
O quê: Projeto Férias na Biblioteca – Oficina: Ler é um prazer
Onde: Biblioteca Thales de Azevedo (Costa Azul)
Quando: 1° de fevereiro, sábado, às 10h
Quanto: Gratuito

Texto: Luise Almeida – ASCOM/FPC

Siga o Instagram da Biblioteca!

Clique para ampliar

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Biblioteca recebe recital de poesia nesta sexta-feira

Clique para ampliar

Dica Cultural: Salvador e Cachoeira recebem "Mostra Cinema de Santo"

Divulgação
A Mostra Cinema de Santo, realizada pela Funceb/Secretaria de Cultura da Bahia, com o apoio da DIMAS e da União Nacional dos Estudantes, vai exibir 40 filmes de longa, média e curta metragem, em Cachoeira (Auditório da UFRB) e em Salvador, entre os dias 07 e 19 de fevereiro de 2014. Cinema de Santo é uma mostra de filmes brasileiros dedicada à manifestação religiosa, em particular, às religiões de influência africana. O projeto gratuito contempla uma Mostra retrospectiva de filmesMesas de DiscussãoExposição de cartazes dos filmes em exibição e Catálogo do evento.

Os filmes selecionados para Mostra Cinema de Santo misturam etnia, discurso político, magia, feitiço, religião, nacionalismo. No país católico surgiu um país de sincretismo religioso, no país das igrejas uma nação de terreiros. O Cinema de Santo traça um painel a partir do qual se pode lançar novos olhares, com alcance diversificado sobre aspectos históricos, das disputas sobre religião e etnicidade que se configuraram no Brasil.

A seleção dos títulos para a Mostra Cinema de Santo privilegia além da variedade destas representações ao longo da história, aqueles filmes cujo universo mágico e mítico das religiões afro-brasileiras aparece como energia motriz de narrativas, pesquisas estéticas, formas, idéias, olhares e atmosferas, independentemente do viés ideológico e do grau de adesão do cineasta e/ou do próprio discurso do filme em relação à religiosidade em questão.

Serão ao todo 40 programas, cada um composto por um longa e um curta-metragem, exibidos durante os 12 dias do evento. Entre o filmes exibidos na Mostra Cinema de Santo estão O Amuleto de Ogun (1975), de Nelson Pereira dos Santos; Anjo Negro(1972), de José Umberto Dias; As Aventuras Amorosas de um Padeiro (1961), de Waldyr Onofre; Copacabana, Mon Amour (1973), de Rogério Sganzerla; Cordão de Ouro (1977), de Antônio Carlos Fontoura; O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro (1969), de Glauber Rocha; Egungun (1982), de Carlos Blajsblat; O Fio da Memória (1989), de Eduardo Coutinho; O Fim da Picada (2009), de Christian Saghaard; Samba da Criação do Mundo (1978), de Vera Figueiredo; A Cidade das Mulheres (2005), de Lázaro Faria; Jardim das Folhas Sagradas (2010), de Pola Ribeiro; Devoção (2008), de Sérgio Sanz, entre outros.

As mesas de debate propõem uma discussão aprofundada das problemáticas presentes na representação cinematográfica das religiões afro-brasileiras, levando em consideração aspectos éticos e estéticos a partir de uma perspectiva histórica. As mesas serão realizadas em Cachoeira e serão compostas por cineastas, críticos, representantes das ciências humanas e das religiões afro-brasileiras.

Clique aqui para conferir a programação completa da mostra.

Fonte: SecultBA

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Biblioteca promove show em tributo à Legião Urbana

Banda brasiliense recebe homenagem na Biblioteca
Quem adora a Legião Urbana e o bom e velho rock brasileiro já pode comemorar. Na próxima quinta-feira (30) às 18h30, a Biblioteca recebe o show da Banda Um, em um tributo ao grupo liderado pelo cantor Renato Russo. A entrada é gratuita.

O tributo, batizado de VIVA LEGIÃO!, apresentará hits de banda, que surgiu em Brasília na década de 80 e conquistou fãs de diversas gerações. Canções como Será, Eu Sei, Há Tempos, Índios, Giz, Tempo Perdido, Eduardo e Mônica, Faroeste Caboclo e muitas outras serão lembradas em coro, por banda e público. Dentro da proposta especial montada pela BPEB, a apresentação acontecerá na escadaria de entrada do espaço, com o palco no topo e platéia próxima, quase misturada à banda, para juntos cantar e matar a saudade.

Confirme sua presença no evento do Facebook: http://va.mu/dm1C

Quando: Dia 30 de janeiro de 2014 (quinta-feira), às 18h30
Onde: Escadaria da Biblioteca Pública do Estado da Bahia - Barris
Quanto: Gratuito

sábado, 25 de janeiro de 2014

Dica Cultural: Gaby Amarantos fecha a quinta edição do Verão Coca-Cola

Clique para ampliar
A cantora Gaby Amarantos é a atração principal do Verão Coca-Cola deste domingo (26), às 15h. O show será no palco principal montando em praia de Armação e fechará a programação do evento. Ela cantará sucessos como "Ex mai love", "Chuva", "Gemendo", além do hit "Todo Mundo", produzido especialmente para o Mundial de Futebol.

O Verão Coca-Cola está na sua quinta edição, e durante todos os domingos do mês de janeiro realizou atividades esportivas, como campeonatos e aulas de skate, slackline, surf e vôlei de praia. O evento já se transformou em um dos maiores do verão baiano.

Fonte: iBahia

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Dica Cultural: Circuito "riBeira-mar" acontece nesse fim de semana na Ribeira

Clique para ampliar
Trazendo diversas atrações, como Scambo, DJ Branco e uma grade esportiva variada, o Circuito riBeira-mar promete agitar o verão da Ribeira e de toda cidade baixa. O projeto, produzido pelos alunos do 3º semestre do curso de Produção Cultural da Universidade Federal da Bahia, irá acontecer nos dias 25 e 26 de janeiro. Confira a programação:

Programação Esportiva

Dia 25/01 (sábado)
15h - Futebol / Slackline / Vôlei
15h45 - Intervenções
16h - Aeroboxe / Slackline / Futebol / Vôlei / Skate
17h - Ritmos / Treino Funcional / Slackline / Skate

Dia 26/01 (domingo)
15h - Futebol / Slackline / Vôlei
15h45 - Intervenções
16h - Aeroboxe / Slackline / Futebol / Vôlei / Skate
17h - Zumba / Treino Funcional / Slackline / Skate

Obs.: As atividades que ocorrerão simultaneamente estarão divididas por espaços sinalizados na área do evento.

Programação Musical

25/01
15h - DJ Sly
16h30 - Batalha de MC's
17h20 - DJ Berg Benoni
19h - Banda Santa Java
20h30 - Scambo

26/01
15h - DJ Johnny Oliveira
16h30 - DJ Branco
18h - Banda Janbo

O quê: Circuito "riBeira-mar"
Quando: Dias 25 e 26 de janeiro, a partir das 15h.
Onde: Praça Dodô e Osmar - Ribeira
Quanto: Gratuito
Mais informações: http://va.mu/doT0

Facebook da Biblioteca já tem 8 mil fãs!

Clique para ampliar
Obrigada, já somos 8 mil! Traga mais amigos para essa rede!

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Dica de Leitura: Conheça mais sobre os artistas Portinari e Tarsila do Amaral

Clique para ampliar
Para os amantes das mais diversas expressões artísticas, a Biblioteca oferece os serviços do Setor de Artes, que fica no 3º andar. O Setor possui, atualmente, um acervo de 3.887 livros, 230 catálogos e 15 revistas que falam sobre teatro, música, artes plásticas, fotografia, entre outras linguagens, disponíveis gratuitamente ao público geral. A Biblioteca preparou uma “Dica de Leitura” com obras que podem ser encontradas no Setor, para quem gosta de arte e quer saber mais sobre o assunto. Em destaque, “Retrato de Portinari”, de Antonio Callado, livro que narra memórias de um dos mais brilhantes artistas plásticos brasileiros.

Confira outras dicas:

Retrato de Portinari, de Antonio Callado
Nessa narrativa pictórica, mesclam-se as vozes do escritor Antonio Callado e de seu objeto de escrita, em um retrato traçado com cuidado magistral e que revela, além do pintor, o poeta, o pensador da realidade do país. O pedido do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro a Antonio Callado, em 1956, para que escrevesse um perfil de Portinari desencadeou uma relação recíproca de afeto e admiração entre duas das figuras de maior destaque na vida cultural brasileira do século XX. Dessa proximidade resultou a primeira edição de Retrato de Portinari, com as memórias do pintor sobre sua infância no interior de São Paulo, a adolescência pobre no Rio de Janeiro, o aprendizado em Paris e a vida intelectual de seu tempo, acompanhadas de uma série de desenhos que o pintor fez especialmente para o volume.

Tarsila (disponíveis volume I, II e III)
Ao longo de décadas de uma atividade incessante, Tarsila do Amaral esteve presente, de uma forma ou de outra, ao que de mais importante aconteceu na cultura do país. Deixou mais de dois mil trabalhos. Esse acervo fabuloso encontra-se agora reunido e publicado no catálogo Raisonné dedicado a essa artista única.

Consulta - Para ter acesso aos volumes, que só podem ser consultados na Biblioteca, basta comparecer à sede, situada à rua General Labatut, 27 (Barris), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 18h, com o documento de identidade. Não é necessário cadastro. Mais informações: (71) 3117-6069.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Setor Infantil da Biblioteca promove contação de histórias

Clique para ampliar
Segunda e sexta-feira tem contação de histórias na Biblioteca. Promovido pelo Setor Infantil, o projeto Hora de Ouvir Histórias acontece toda semana, sempre às 10h e 15h, e convida a garotada para uma viagem mágica pelo universo da literatura. A entrada é gratuita.

Hora de Ouvir Histórias - "A Hora de Ouvir História" tem agradado a criançada, que tem as suas história favoritas. Além dos contos de fadas, "Nicolau Tinha uma Ideia", de Ruth Rocha, e "Menina Bonita do Laço de Fita", de Ana Maria Machado, estão entre os livros mais queridos. Para Raquel Ávila, subgerente responsável pelo Setor Infantil, o projeto é uma forma de incentivar as crianças a entrar no mundo dos livros. “É importante investir na formação dos futuros leitores, tudo começa no Setor Infantil”, diz Raquel.

Quando: Todas as segundas e quarta-feiras, às 10h e 15h
Onde: Setor Infantil da Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa

Clique para ampliar

Confira as fotos da 6ª Lavagem da BPEB

Clique aqui e acesse o álbum

Dica Cultural: Solar Ferrão promove aula pública de dança “Zebola” no Palácio da Aclamação

Foto: Lázaro Menezes
Nesta quarta-feira (22), às 15h, o Solar Ferrão promove uma aula pública de dança “Zebola” ou “Congole” (ritmo tradicional do Congo – África), no Palácio da Aclamação (Campo Grande). A aula será ministrada pelas professoras norte-americanas Gerry Greco e Roberta Fiwkel que há 28 anos desenvolvem pesquisas sobre dança africana, afro-brasileira e afro-caribenha.

Uma das características da dança Zebola é o movimento dos quadris e um dos toques utilizados para sua execução é o boganga. Entre os convidados que já confirmaram a presença estão: Grupo Eterna Juventude, alunos da Escola de Dança da FUNCEB, alunos da Academia Topazio e alunos do professor Jackson Pada, do Dique do Tororó. A atividade é gratuita e integra as ações socioeducativas do Solar Ferrão – DIMUS / IPAC. Para participar da aula, as pessoas devem estar vestidas com roupas de malha ou de tecido leve que permitam conforto para a realização dos movimentos.

A atividade será realizada com a participação dos integrantes da Orquestra Museofônica da DIMUS, que é coordenada e regida pela etnomusicóloga Emília Biancardi. A Orquestra Museofônica é uma proposta pedagógica musical idealizada pela Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (DIMUS/IPAC), Ana Liberato, tendo como referencia a Coleção de Instrumentos Musicais Tradicionais Emília Biancardi. É composta por cerca por 30 integrantes, funcionários atuantes nas instituições museais e no IPAC, além de músicos convidados. Os instrumentos utilizados nas apresentações são provenientes das viagens de Emília por terras africanas, indígenas, orientais e europeias. Todo o acervo foi doado ao Governo do Estado da Bahia e encontra-se no Solar Ferrão, localizado no Pelourinho.

Quando: Dia 22 de janeiro (quarta-feira), às 15h
Onde: Palácio da Aclamação - Campo Grande
Quanto: Gratuito

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Dica Cultural: Grupo NATA apresenta espetáculo infantil no Vão Livre do TCA

Divulgação | Foto: Jô Stella
Com uma intensa ocupação artística no TCA, iniciada no dia 31 de outubro de 2013, o grupo NATA – Núcleo Afro-Brasileiro de Teatro de Alagoinhas segue firme com o projeto Exu Sile Oná e realiza, neste mês de janeiro, novas atividades que integram o Edital TCA Núcleo “Em Construção” – Edição Especial 2013/Uma Homenagem a Lina Bo Bardi. Serão realizadas apresentações gratuitas nos dias 25 e 26 de janeiro (sábado e domingo), às 16h, no Vão Livre do TCA.  

A peça conta a história de Gullarim, que foi nomeado “monstro” assim que o império de Branquetério se instaurou na terra da ficção. Inconformado com a sua posição, decide dar um novo significado à nomeação do seu grupo: o de poetas. Então, ele se junta com dois monstrinhos para, juntos, criarem o livro de poesias que trará uma nova história ao mundo dos humanos. Uma grande celebração às transformações das ideias através das palavras poéticas, Popoesia Papa Criança é um convite a repensar o mundo. O elenco conta com os atores Daniel Arcades, Fabíola Júlia, Marcelo Oliveira e Thiago Romero. Os músicos Ecristio Raislam e Sanara Rocha também participam da montagem.

O NATA, dirigido por Fernanda Júlia, traz neste mês, além desta curta temporada deste espetáculo infanto-juvenil, uma oficina para atores inspirada na poética do escritor Mia Couto e ainda uma leitura dramática em homenagem a Ogum. Todas as atividades do TCA.NÚCLEO 2013 deste mês tem entrada gratuita. O Edital TCA.NÚCLEO é uma realização do Teatro Castro Alves, através da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) e da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SECULT-BA).

Quando: Dias 25 e 26 de janeiro de 2014 (sábado e domingo), às 16h
Onde: Vão Livre do TCA - Campo Grande
Quanto: Gratuito

Biblioteca exibe filme "Somos Tão Jovens" nesta quarta-feira

Clique para ampliar
O projeto Filme na Biblioteca apresenta, nesta quarta-feira (22), o longa Somos Tão Jovens (2013), do diretor Antonio Carlos da Fontoura. O filme, que conta a história do cantor Renato Russo, será exibido na Sala de Projeção Luiz Orlando (3º andar) em duas sessões, às 10h e 15h, com entrada gratuita.

Sinopse
Brasília, 1973. Renato (Thiago Mendonça) acabou de se mudar com a família para a cidade, vindo do Rio de Janeiro. Na época ele sofria de uma doença óssea rara, a epifisiólise, que o deixou numa cadeira de rodas após passar por uma cirurgia. Obrigado a permanecer em casa, aos poucos ele passou a se interessar por música. Fã do punk rock, Renato começa a se envolver com o cenário musical de Brasília após melhorar dos problemas de saúde. É quando ajuda a fundar a banda Aborto Elétrico e, posteriormente, a Legião Urbana.

Clique para assistir ao trailer

Quando: Dia 22 de janeiro de 2014 (quarta-feira), às 10h e 15h
Onde: Sala de Projeção Luiz Orlando - 3º andar
Quanto: Gratuito

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Setor Infantil exibe filme "A Era do Gelo 4" nesta quinta

A Era do Gelo 4
O Setor Infantil da Biblioteca exibe, nesta quinta-feira (16), o filme A Era do Gelo 4. Com sessões às 10h e 15h, a exibição faz parte do projeto Cine Vídeo, que tem entrada gratuita. A animação também será exibida nos dias 23 e 30.

Sinopse
Sempre em busca de sua cobiçada noz, o esquilo Scrat provoca, sem querer, a separação dos continentes. A situação provoca mudanças no terreno de vários locais, entre eles onde os amigos Manny, Diego e Siid estão alojados. Um terremoto faz com que o trio fique preso em um iceberg, enquanto que Ellie e a pequena Amora permanecem no continente. Em alto mar, Manny promete que irá encontrá-las a qualquer custo, mas para tanto precisará enfrentar perigosos piratas e o canto das sereias.

Clique para assiste o trailer

Quando: Dia 16 de janeiro de 2014, às 10h e 15h
Onde: Setor Infantil - térreo
Quanto: Gratuito

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

AVISO: Horário de Funcionamento da Biblioteca

Clique para ampliar

Dica Cultural: Café da manhã musical no Trapiche Barnabé

Clique para ampliar

Diversidade cultural baiana é tema de mostra na Biblioteca

Clique para ampliar
A mostra Diversidade Cultural da Bahia está em cartaz na Biblioteca. Até o dia 31 de janeiro, o público poderá conferir a pluradidade cultural baiana através do acervo de revistas e jornais raros e contemporâneos da Subgerência de Periódicos. Com enfoque na arquitetura, cultura popular, culinária, música, dentre outras manifestações culturais, a mostra tem visitação gratuita, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h, e aos sábados, das 08h30 às 12h.

Quando: Até 31 de janeiro de 2014, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 21h, e aos sábados, das 08h30 às 12h
Onde: Sala de Exposições do 1º andar
Quanto: Gratuito

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

"Navalha-Poesia" reúne expressões artísticas na Biblioteca

Clique para ampliar
A Biblioteca Pública do Estado da Bahia recebe, na próxima segunda-feira (20), o evento Navalha-Poesia, que acontecerá no Quadrilátero da Instituição, das 14h30 às 18h, reunindo talentos do cenário artístico baiano. A entrada é gratuita.

Na ocasião será lançada a antologia poética que tem como destaque a poesia de Jádison Coelho, Literária Cidade V.10 (Belém-LiteraCidade), além das exposições plásticas de Aline Corujas, Martha Pinheiro e Pedro Henrique Lima, com participação musical da cantora Claudya Costta.

Navalha-Poesia captura olhares acerca dos poemas escarniçados do poeta baiano ao estabelecer diálogos com o cotidiano nas suas diversas formas de expressão poética.

Quando: Dia 20 de janeiro de 2014 (segunda-feira), das 14h20 às 18h
Onde: Quadrilátero da Biblioteca Pública do Estado da Bahia - Barris
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Cinema no Palacete de janeiro traz o tema “Cinema e Pintores”

Klimt será exibido em janeiro
O Palacete das Artes promove uma edição especial do projeto Cinema no Palacete durante o mês de janeiro, todas as quartas e sextas-feiras, sempre às 17h, com o tema Cinema e Pintores Famosos. No dia 15, o Palacete exibe o documentário Retrato Completo de Andy Warhol e, no dia 17, o filme O Moinho e A Cruz, que recria o quadro A Procissão para o Calvário, de Bruegel. Já nos dias 22 e 24, o público pode assistir, respectivamente, ao filme Basquiat Klimt.  As produções Caravaggio, no dia 29, e Ronda da Noite, no dia 31, encerram a programação.

Em virtude do fechamento dos Museus do Estado na semana de 17 a 22 de dezembro, o público não conferiu a última parte da série Arquiteturas do Mundo e a reprise completa da mesma. Por este motivo, o Palacete reagendou essas exibições para esta quarta (8), às 17h, de Paris, Dubai e Rio de Janeiro e para sexta (10), às 15h, a exibição de Roma, Berlim e Barcelona, Londres, Xangai e Manhattan, às 16h30, e Paris, Dubai e Rio De Janeiro, das 17h50 às 19h10.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Dica Cultural: Exposição “Imagens dos Vaqueiros da Bahia” chega a Salvador

Foto: Elias Mascarenhas
O estado da Bahia foi o primeiro no Brasil a reconhecer o ofício do vaqueiro como patrimônio cultural (em agosto de 2011), através do Conselho e da Secretaria Estadual de Cultura. Como parte das ações para reforçar esse reconhecimento, a Galeria do Solar Ferrão (Pelourinho) recebe a exposição fotográfica Imagens dos Vaqueiros da Bahia, que fica aberta ao público de 17 de janeiro a março de 2014. Com seu gibão e chapéu de couro, alpercatas, alforjes, surrões e facão sempre amolado, o vaqueiro é uma figura emblemática do sertão baiano, do nordeste e de outras regiões do país. Em 09 de agosto de 2011, através do decreto nº 13.150, o Oficio de Vaqueiro tornou-se Patrimônio Imaterial da Bahia.

A exposição é composta por imagens resultantes do projeto “Histórias de Vaqueiros: Vivências e Mitologias”, reunindo 44 fotografias de Josué Ribeiro, Bauer Sá e Elias Mascarenhas, com curadoria de Washington Queiroz. Além das fotografias, a exposição traz ainda reproduções de falas de vaqueiros, com textos que tratam sobre o seu dia a dia, sua relação com o trabalho, com os animais, com o meio ambiente, além de reflexões sobre a vida, o amor e a morte, sempre em sua singular linguagem.

Estas imagens trazem à tona o não reconhecimento com que têm sido tratados os brasileiros que viveram e vivem nas brenhas, nos matos, no território rural. Protagonista do maior fenômeno sócio-cultural-econômico de fixação e unidade em toda a região Nordeste e em outras regiões do país, o vaqueiro foi o bandeirante que pontuou o território baiano com locais de pouso e currais que se transformariam nas primeiras cidades do interior da Bahia e do Nordeste. Para tanto, a partir do século XVI, a “civilização do couro” ou civilização vaqueira criou, recriou e cria saberes, procedimentos.

Quando: De 17 de janeiro a março de 2014
Onde: Galeria do Solar Ferrão
Quanto: Gratuita
Fonte: DIMUS/BA

Projeto "Filme na Biblioteca" promove sessões gratuitas de cinema

Clique para ampliar
A Subgerência de Recursos Audiovisuais promove a exibição de filmes nacionais na Biblioteca Pública do Estado da Bahia. Até o final do mês, serão exibidos os filmes "Minha Mãe é uma Peça", de André Pellenz, "Somos tão Jovens", de Antonio Carlos da Fontoura, e "Vai que dá certo", de Maurício Farias. A iniciativa faz parte do projeto Filme na Biblioteca, que acontece todas as quartas-feiras na Sala de Projeção Luiz Orlando (3ª andar) em duas sessões, às 10h e 15h, e tem entrada gratuita.

Dia 15/01 - Minha Mãe é uma Peça
Dona Hermínia (Paulo Gustavo) é uma mulher de meia idade, divorciada do marido (Herson Capri), que a trocou por uma mais jovem (Ingrid Guimarães). Hiperativa, ela não larga o pé de seus filhos Marcelina e Juliano (Mariana Xavier e Rodrigo Pandolfo), sem se dar conta que eles já estão bem grandinhos. Um dia, após descobrir que eles consideram ela uma chata, resolve sair de casa sem avisar para ninguém, deixando todos, de alguma forma, preocupados com o que teria acontecido. Mal sabem eles que a mãe foi visitar a querida tia Zélia (Sueli Franco) para desabafar com ela suas tristezas do presente e recordar os bons tempos do passado.

Clique para ampliar

Quando: Todas as quartas-feiras, às 10h e 15h
Onde: Sala de Projeção Luiz Orlando (3º andar)
Quanto: Gratuito

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Biblioteca disponibiliza ingressos para espetáculo "Vovó Lulu"

Foto: Adenor Gondim
A peça Vovó Lulu está de volta em nova temporada no Espaço Xisto Bahia. Em parceria com a produção do espetáculo, a Biblioteca disponibiliza para os seus frequentadores pares de ingresso gratuitos para as apresentações, que acontecerão de 24 de janeiro a 15 de fevereiro, sextas e sábados, às 20h.

Os convites são limitados e os interessados podem solicitá-los pelo telefone (71) 3117-6079 ou pelo e-mail viva.bpeb@gmail.com, mas é necessário retirá-los no Viva - Núcleo de Produção Cultural (3º andar), na sede da Biblioteca, situada na rua General Labatut, n°27, Barris, de segunda a sexta-feira, de 9h às 12h e de 14h às 18h. 

Vovó Lulu - A peça é uma criação da escritora, atriz, produtora cultural, com formação em filosofia, Maria Prado de Oliveira, que interpreta uma senhora entre 80 e 90 anos, politizada, questionadora, bem humorada e que cultiva a esperança na humanidade. A montagem foge de realismos, priorizando simbologias e metáforas, e foi concebida inteiramente pela própria intérprete, do texto e direção à produção.

Em cena, além da intérprete, o espetáculo traz a participação da bailarina Aline Moreira, que encarna o “espírito jovial” da velha senhora. Um terceiro personagem não é uma pessoa e sim o Desenho de Luz da peça, especialmente concebido pela iluminadora Fernanda Mascarenhas. Com variações de sombras, claros e escuros, parte do projeto de iluminação representa para Vovó Lulu a sua concepção do ser divino, de uma energia superior, do sagrado, com quem ela dialoga ao longo da montagem. 

A personagem traz seus conflitos, convicções, dúvidas e esperanças sobre o envelhecimento do corpo num espírito jovial e sobre as escolhas que a humanidade vem fazendo, em um mundo individualista, violento, mas também repleto de belezas e solidariedade. Como explica Maria Prado de Oliveira, “Vovó Lulu nasceu da minha necessidade de falar sobre um mundo que parece sem saídas, imerso em violências generalizadas, mas que, ao mesmo tempo, ainda possui bilhões de indivíduos dispostos a cultivar esperanças e virtudes”.

A peça tem o patrocínio da OBEN Marketing Especializado em Serviços Profissionais e o apoio da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia, Estúdio 9, Segilight Luz e Eventos, Secretaria de Educação do Estado da Bahia, Espaço Xisto Baha, Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e TV Bahia.

Dica Cultural: CineFacom exibe documentário "Cuíca de Santo Amaro"

Clique para ampliar
O documentário Cuíca de Santo Amaro, alcunha do poeta popular e propagandista Jorge Gomes, será exibido na próxima quarta-feira (15/01) no auditório da Faculdade de Comunicação da UFBA, com entrada gratuita. O evento também contará com a presença dos diretores Josias Pires e Joel de Almeida para um debate após a exibição.

O imaginário da Bahia do século XX é revisitado neste filme propositivo e bem-humorado, sobre a vida e a obra do poeta popular, trovador-repórter e propagandista Cuíca de Santo Amaro, personagem baiano controverso e irreverente. Considerado como trovador maldito da poesia popular do Brasil, produziu entre 1930 e 1963 cerca de mil títulos, posteriormente reconhecidos como literatura de cordel. O poeta é anunciado por Jorge Amado como “O trovador da Bahia”, foi personagem de romances e peças e fez a abertura do filme “A Grande Feira”, de Roberto Pires.

Projeto
O CineFacom é um evento quinzenal, promovido pelo Centro Acadêmico Vladimir Herzog (CAFacom-UFBA), com o objetivo de fomentar a produção audiovisual dos estudantes e ensejar o debate sobre a linguagem fílmica acadêmica e nacional, em especial a baiana. A cada mês é realizado duas edições do evento, sendo uma Mostra Audiovisual de Estudantes da UFBA e uma mostra especial de filmes consagrados do cinema. Atualmente o CineFacom é realizado com apoio da UFBA através do Edital PROEXT/Eventos 2013, com emissão de certificados de horas de extensão acadêmica.

Onde: Auditório da Faculdade de Comunicação (Facom) da UFBA - Ondina
Quando: Dia 15 de janeiro de 2014 (quarta-feira), às 19 horas

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

A BPEB agora também está no Instagram!

Clique aqui para visualizar o perfil da BPEB no Instagram

Dica Cultural: Domingo no TCA apresenta monólogo "O Indignado"

Frank Menezes estrela "O Indignado"
A 1ª edição da temporada 2014 do projeto Domingo no TCA já está confirmada e brindará o público baiano com um espetáculo teatral: O Indignado, solo cômico do ator baiano Frank Menezes. A apresentação acontece no próximo dia 19 de janeiro (domingo), às 11h, na Sala Principal do Teatro Castro Alves. Com ingressos a R$ 1, esta iniciativa do TCA oferece, desde 2007, grandes atrações nas mais variadas linguagens artísticas, representando importante opção de lazer para o público soteropolitano nas manhãs de domingo. Os ingressos começam a ser vendidos sempre às 9h, no dia do espetáculo, com acesso imediato do público ao teatro.

O espetáculo, com direção de Fernando Guerreiro, traz um ator cômico, indignado com a situação atual do país e do mundo e que resolve expor sua indignação ao público, provocando este mesmo público a também manifestar-se sobre o que lhe deixa indignado. Interpretado pelo ator Frank Menezes, um dos mais conhecidos atores baianos, com vasta experiência em comédias, encarna esse ator, esse ser humano indignado com a cara-de-pau, a desfaçatez, a falta de cultura, de educação e de vergonha que têm dominado algumas rodas no país e no mundo.

O enredo passeia livremente por temas que fazem parte do cotidiano de todos nós, como a obsessão pela juventude e beleza; a falta de uma consciência ecológica e de educação e gentileza entre as pessoas; a insegurança das grandes cidades; a velocidade do mundo moderno e a dificuldade de acompanhar os avanços tecnológicos; as contradições da política nacional e internacional; os relacionamentos, a paquera e o sexo na vida de hoje; enfim, sempre com humor, fazendo rir, mas sem perder nunca a reflexão crítica. O projeto conta com a experiência do dramaturgo Claudio Simões, que se une à verve irônica do blogueiro Djaman Barbosa, e juntos criam os textos que costuram a história. O espetáculo é uma produção da Selma Santos Produções e Eventos.

Quando: Dia 19 de janeiro de 2014 (domingo), às 11h
Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves - Campo Grande
Quanto: R$ 1,00 – venda no mesmo dia, a partir das 9 horas, com acesso imediato do público

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Confira as oficinas de janeiro do Setor Infantil da Biblioteca

Clique para ampliar

Biblioteca Anísio Teixeira será transferida para o Pelourinho

Clique para ampliar
A Biblioteca Anísio Teixeira (BAT) está de mudança. A partir do dia 20 de janeiro, a instituição funcionará em novo espaço, localizado na Rua Frei Vicente, nº. 16 – Pelourinho, próximo ao Teatro XVIII. Especializada no atendimento aos surdos, a biblioteca atenderá num espaço mais amplo, para os usuários e a comunidade do Centro Histórico de Salvador. A unidade ficará fechada até a transferência ser concluída.

Fonte: Ascom/FPC

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Dia do Leitor

Clique para ampliar

Dica Cultural: Biblioteca Juracy Magalhães Jr. inaugura acervo iconográfico de Itaparica

Clique para ampliar
A Biblioteca Juracy Magalhães Jr. de Itaparica terá mais um atrativo para os visitantes e moradores da ilha que atrai milhares de turistas. Nesta terça-feira (07), às 19h, a instituição vai inaugurar o primeiro acervo iconográfico da Ilha de Itaparica, que contou com recursos da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, por meio do Fundo de Cultura e reúne fotografias, mapas, litografias e pinturas da velha cidade de Itaparica, cujo território à época da sua criação abrangia as áreas dos atuais municípios de Vera Cruz e Salinas da Margarida, além do seu próprio. O acervo também contrapõe os lugares retratados na exposição, registros fotográficos atuais das localidades retratadas também serão expostos.

Pesquisa: Com o objetivo de coletar dados referenciais, que permitissem a identificação de logradouros do passado, foi realizada uma pesquisa oral com moradores idosos da cidade de Itaparica para a concepção do acervo iconográfico, aliando as imagens ao relato oral da comunidade. Crianças, jovens estudantes e pesquisadores acadêmicos poderão visitar o arquivo como forma de material de estudo ou referencial teórico. Os visitantes terão acesso a três computadores para pesquisa digital do acervo, que também terá o apoio de dois guias para auxílio.

Café com Leitura: A inauguração do Acervo Iconográfico de Itaparica faz parte da programação do projeto que já está em sua 8ª edição e que reúne exposições, apresentações musicais, palestras e outras diversas atividades. A programação se estende por todo o mês de janeiro e pode ser consultada no Facebook da biblioteca.

Fonte: SecultBa

Biblioteca Virtual 2 de Julho lança site com acervo de Ubiratan Castro

Professor Ubiratan Castro
A Biblioteca Virtual 2 de Julho, vinculada à Fundação Pedro Calmon, lança no dia 10 de janeiro, às 18h, na Sala Katia Mattoso da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, um site com o acervo referente ao professor historiador Ubiratan Castro de Araújo. Dentre os materiais coletados, está a dissertação do professor, defendida na Université de Paris X, Nanterre, versando sobre o orçamento do estado da Bahia entre 1889 e 1930. A dissertação, originalmente em francês, será disponibilizada, pela primeira vez, traduzida ao português, com download gratuito.

Além da dissertação, o site disponibiliza a tese de doutorado original em francês, defendida na Université de Paris IV, Sorbonne, sob orientação da professora doutora Katia Mattoso, sobre a política e a economia na Bahia escravocrata no período de 1820-1889. Artigos, fotografias e vídeos também compõem o acervo, incluindo material produzido exclusivamente para o site, como depoimentos de personalidades próximas ao professor.

Os materiais disponibilizados contam sobre os diversos campos de atuação do professor, desde a vida acadêmica como professor da Universidade Federal da Bahia até a carreira de gestor público, que passa pela Fundação Cultural Palmares e pela Fundação Pedro Calmon, por exemplo. O site também traz acervo que conta sobre a militância e religiosidade do professor.

Reconhecido pelas ações voltadas pela valorização e reconhecimento da cultura negra, além da luta contra o racismo institucionalizado no país, o professor Ubiratan Castro de Araújo reúne obra significativa para uma análise crítica da questão negra na sociedade baiana. Bira, como era conhecido, faleceu em janeiro de 2013, quando ocupava a direção geral da Fundação Pedro Calmon.

O lançamento do site também integra as ações de dois anos da Biblioteca Virtual 2 de Julho, idealizada pelo professor, que buscava uma ferramenta que pudesse percorrer imaterialmente todo o estado para disseminar documentos importantes sobre a história e cultura da Bahia. O evento conta também com a palestra “Culturas Digitais e Compartilhamento do Conhecimento: nós somos a biblioteca ‘aumentada’”, com o professor doutor Messias Bandeira. O site especial de acervo do professor pode ser acessado através da biblioteca: http://www.bv2dejulho.ba.gov.br .

Lançamento
Quando: Dia 10 de janeiro de 2014 (sexta-feira), às 18h
Onde: Sala Katia Mattoso - Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito
Fonte: ASCOM/FPC

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Camerata "Opus Lumen" apresenta concerto na Biblioteca

Clique para ampliar 
A camerata Opus Lumen se apresentará na Biblioteca na próxima quinta-feira (09). Com entrada gratuita, o evento é uma parceria com a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) e será realizado no Foyer da Instituição, a partir das 15h.

Formada por seis músicos da Orquestra Sinfônica da Bahia, a Opus Lumen executará peças eruditas, contemplando a música clássica e passando pela música popular estilizada. Com o intuito de aproximar o público comum da música erudita, o grupo de câmera promove uma integração entre os músicos e a plateia, tornando estreita a relação entre a música clássica e o repertório apresentado.

Integrantes:

Solamy Oliveira: Clarinete
Gustavo Seal: Oboé
Ilza Cruz: Fagote
Adelson: Trompa
Antonio Carlos (Tota): Flauta
Humberto: Percussão

Quando: Dia 09 de janeiro de 2013 (quinta-feira), às 15h
Onde: Foyer da Biblioteca Pública do Estado da Bahia - térreo
Quanto: Gratuito

Oportunidade de estágio na Biblioteca Pública do Estado da Bahia

Clique para ampliar

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Projeto "Cine Braille" exibe documentário sobre deficiência visual

Capa de "Além da Luz"
O Setor Braille da Biblioteca Pública do Estado da Bahia exibe na próxima segunda-feira, 06, às 15h, o documentário Além da Luz, do diretor Yves Goulart. Contando com o recurso de audiodescrição, a exibição é acessível às pessoas com deficiência visual e tem entrada gratuita.

Sinopse
Quando se fala em deficiência visual, muitas vezes somos levados a pensar em algo triste e limitador.  Em Além da Luz, entretanto, sete cegos brasileiros nos mostram com muito otimismo, humor e desenvoltura como vivem uma vida normal e até mesmo mais produtiva que muitas pessoas comuns.  Mais do que um exemplo de superação e coragem, Além da Luz é um dos raros filmes sobre deficiência que te deixa inspirado, motivado e com mais vontade de viver.

Clique para assistir o trailer

Quando: Dia 06 de janeiro de 2014 (segunda-feira), às 15h
Onde: Setor Braille - térreo
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Convocatória para residência artística no Centro Cultural Ensaio

Clique para ampliar
O Centro Cultural Ensaio (CCE) abre a Convocatória para residência artística gratuita. Trata-se de um projeto para criar um espaço voltado à realização de experimentos, laboratórios, pesquisas, produções, trocas e divulgação entre grupos artísticos e artistas independentes disponibilizando estrutura necessária e suporte para o desenvolvimento e aperfeiçoamento dos seus respectivos trabalhos. A ideia central é que artistas, com ou sem dinheiro, passem a frequentar regularmente o espaço durante todo o ano, utilizando-o para ensaiar, realizar oficinas, criar, estudar e expor em cena os resultados dos seus trabalhos artísticos.

Podem se inscrever grupos de Dança, Teatro, Canto, Circo E Artes Plásticas para as residências que, inicialmente, acontecerão durante um período de 12 meses, entre 03/02/2014 até 03/02/2015, podendo ser renovado e prolongado de acordo com o desenvolvimento que o grupo trouxer para si e para o espaço. São apenas 10 vagas e as inscrições encerram no dia 10/02/2014. O formulário de inscrição já está disponível no site do CCE pelo link: http://migre.me/hgDgZ

O projeto é uma iniciativa do diretor geral do CCE e produtor Fábio S. Tavares que desde 2009 vem realizando ações no espaço como o Festival de Teatro da Bahia, Exposição Bahia Minha Preta, além de Espetáculos Teatrais como Lenda das Yabás, Benedita e Fogueira. Como o projeto não conta com qualquer patrocínio ou apoio governamental, cada grupo ou artista ocupará uma sala do CCE e como contrapartida oportuniza a fomentação artística do espaço através da realização de apresentações, Mostras, Cursos, Oficinas e intervenções artísticas.

O Centro Cultural Ensaio se localiza na Avenida Leovigildo Figueiras - Ed. Pêssego nº 58 - Garcia – Salvador/Bahia.