• Neste mês de maio, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia está completando 204 anos! Confira a história dessa Instituição bicentenária!
  • Todas as segundas e quartas-feiras, a Biblioteca promove gratuitamente duas sessões de cinema, com o projeto "Filme na Biblioteca". Confira a programação!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!
  • Biblioteca é lugar de criança! Confira as oficinas do mês no Setor Infantil e traga a garotada para uma viagem pelo mundo do livro, com muita cultura e diversão!

sábado, 29 de novembro de 2014

Dica Cultural: Cameratas da OSBA se apresentam no encerramento do projeto Terças Musicais 2014

Clique para ampliar
As quatro Cameratas da OSBA - Quarteto Novo, Bahia Cordas, Quadro Solar e Opus Lúmen - se apresentam na próxima terça-feira, 02 de dezembro, às 19h, no encerramento do projeto Terças Musicais 2014

O evento acontece na Saladearte Cinema do Museu Geológico da Bahia e o ingressos serão trocados por 1 pacote de fraldas descartáveis geriátricas, que será doado ao Abrigo São Lázaro. A troca pode ser feita na bilheteria da Saladearte Cinema do Museu Geológico da Bahia nos dias 01 e 02/12, das 15h30 às 18h. 

O quê: Cameratas da OSBA se apresentam no encerramento do projeto Terças Musicais 2014
Quando: 02 de dezembro, terça-feira, às 19h
Onde: Saladearte Cinema do Museo Geológico da Bahia - Corredor da Vitória
Quanto: 1 pacote de fraldas descartáveis geriátricas

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Dica Cultural: Lançamento do Livro Políticas Culturais na Bahia Contemporânea

Clique para ampliar

O quê: Lançamento do Livro Políticas Culturais na Bahia Contemporânea
Quando: 01 de dezembro, segunda-feira, às 19h
Onde: Reitoria da UFBA
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Inauguração da Biblioteca de Referência Nelson Mandela

Clique para ampliar

A Rede de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa e o Centro de Referência Nelson Mandela, da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado d Bahia - Sepromi, convida para a inauguração da Biblioteca de Referência Neslson Mandela, no dia 28 de novembro, sexta-feira, a partir das 15h. 

O evento celebra a abertura da primeira biblioteca especializada nos temas Direitos e Acesso à Justiça, Psicologia Social e Serviço Social, em interface com as Relações Raciais, e acontecerá na sede do Centro de Referência Nelson Mandela, na Av Sete de Setembro, Salvador-Ba.

O quê: Inauguração da Biblioteca de Referência Nelson Mandela
Quando: 28 de novembro, sexta-feira, às 15h
Onde: Sede do Centro de Referência Nelson Mandela - Av Sete de Setembro, Ed Brasilgás, 1º andar, Centro, Salvador-Ba
Quanto: Gratuito

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Biblioteca recebe palestra sobre prevenção do câncer de próstata

Clique para ampliar
A Campanha Novembro Azul intensifica neste mês de novembro a prevenção de tratamento da saúde do homem, em particular contra o câncer de próstata. No dia 17/11 comemora-se o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. Em Salvador, a Fundação Pedro Calmon/Secretaria de Cultura do Estado da Bahia/SecultBA, em parceria com a Secretaria de Saúde Municipal de Salvador e a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia realiza uma série de palestras como forma de esclarecer a população masculina sobre a prevenção do câncer de próstata.

Encerrando o ciclo de palestras, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia recebe as palestrantes Andrea Antunes e Simone Coelho para um bate papo no dia 28, sexta-feira, às 15h, na Sala de Projeção Luiz Orlando, sobre a prevenção do câncer de próstata. 

Campanha - A Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) vem trabalhando dentro de uma proposta inclusiva e alinhada com a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (Ministério da Saúde: 2009), visando facilitar e ampliar o acesso às ações e aos serviços de atenção integral à saúde da rede SUS, destinados ao atendimento de homens entre 20 e 59 anos. As ações desenvolvidas visam incentivar os homens a buscarem os serviços de saúde também como espaços masculinos e para que mesmos sejam acolhidos como sujeitos de direito à saúde.

O quê: Biblioteca recebe palestra sobre prevenção do câncer de próstata
Quando: 28 de novembro, sexta-feira, às 15h
Onde: Sala de Projeção Luiz Orlando, 3º andar da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, Barris
Quanto: Gratuito

De Olho na Notícia: Campanha Leia e Passe Adiante

Clique para ampliar
A Fundação Pedro Calmon/SecultBa, através da Diretoria do Livro e Leitura, inaugurou no ultimo dia 29/10, Dia Nacional do Livro, a campanha Leia e Passe Adiante, que compões um conjunto de estratégias para estimular o hábito e o aumento substantivo do índice estadual da leitura de maneira continuada.

A campanha é um dos eixos do Plano Estadual do Livro e da Leitura - PELL, e foi lançada durante a FLICA - Festa Literária Internacional de Cachoeira, com a publicação de postais promocionais ilustrados pelo artista plástico Suzart. Uma das propostas da campanha é despertar de maneira lúdica em crianças, jovens e adultos o interesse pelo ato de ler, compartilhar leituras e livros, e sobretudo estimular a formação de uma rede de leitores/contadores de histórias e doadores de livros, afim de democratizar o acesso ao livro e estimular o hábito da leitura como prática social, visando a consolidação e implementação o Plano Estadual do Livro e da Leitura e o fomento à construção dos Planos Municipais do Livro e da Leitura na Bahia. 

A promoção e o compartilhamento de leituras serão provocados através de ações nas redes sociais e da inserção de depoimentos de diversos leitores na Rádio Educadora, que compartilharão o valor simbólico da leitura em suas vidas, além da veiculação na TVE-Bahia da animação Leia e Passe Adiante, produzida por Fábio Haendel. 

Outro aspecto importante da campanha é a distribuição gratuita de postais ilustrados por artistas plásticos, inserções da campanha em redes sociais, rádio e TV, além da articulação de espaços convencionais e não convencionais como escolas, bibliotecas, pontos de leitura e parques, aliando a outros projetos da Diretoria do Livro e Leitura como o Outras Leituras, Leituras Griô, Leituras Públicas e Feiras de Livros, assim como ações do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas, buscando alcançar os 27 Territórios de Identidade da Bahia. 

Os interessados em participar da campanha terão direito a uma carteira de adesão intitulada “Sou doador de livro” e receberão informações através de uma cartilha sobre os locais de arrecadação de livros. Os livros podem ser entregues nas Bibliotecas Públicas e todo material recolhido serão entregues a espaços e grupos comunitários de leitura. As obras terão um selo informando que após a leitura este seja encaminhado para outro espaço para que outro usuário possa fazer a leitura.

Mais informações: fpc.ba.gov.br

Dica Cultural: Encontro de RPG - 3ª Edição

Clique para ampliar
O quê: Encontro de RPG - 3ª edição
Quando: 29 de novembro, sábado, das 13h às 18h
Onde: Quadrilátero da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, térreo
Quanto: 1kg de alimento

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Dica de Leitura: Novembro Negro

Foto: Taiana Figueiredo
Ainda em celebração ao Dia da Consciência Negra (20), a Biblioteca Pública do Estado da Bahia preparou uma seleção de obras disponíveis no Setor de Empréstimos e no Setor Infantil da Instituição, que destacam e valorizam as culturas negras. Confira: 

- Setor Infantil - 

Meu Avô Africano - Por meio de histórias protagonizadas por Vitor e sua família, a obra apresenta retalhos da cultura afro que são incorporados na sociedade por meio de palavras  e músicas africanizadas, comidas de origem africana com ervas e temperos, o uso de remédios caseiros e muito mais. Os textos são divertidos e  de simples linguagem; as ilustrações são muitas, sempre com teor instigante e caricato.

Foto: Jamilly Barreto
O Brasil que veio da África - Voltado ao público juvenil, a obra retrata a luta de dois personagens pela liberdade, retratando a inconformidade do negro em relação às suas condições como cativos no Brasil. Os protagonistas são Jubo (rei africano) e Zimba (antigo escravo de Jubo), que vivem grandes emoções em suas tentativas de fuga e se nutrem da coragem que possuem.

Lendas africanas - Escrito por uma autora baiana, a obra trata, especialmente, da literatura africana e contém belíssimos mitos de origem yorubá. Entre os capítulos, estão: A criação do mundo, Porque os homens não são mais feitos de barro e Como os orixás se tornaram donos das folhas. Também fazem parte do livro ilustrações carregadas de significado mediante o contexto desenvolvido pela autora, além de serem de fácil entendimento para o público infantil, ao qual se destina a obra.

- Setor de Empréstimos - 

Foto: Jamilly Barreto
Entre Orfeu e Xangô: a emergência de uma nova consciência sobre a questão do negro no Brasil 1944/1968 - A emergência de uma nova consciência sobre a questão do negro, na sociedade brasileira nos anos 40 e 50 do século XX, é tema que arrolou intelectuais, instituições, projetos, criações artísticas e movimentos culturais, capazes de lhe dar dimensão nacional – malgrado a relativa escassez da sua vulgarização no interior das grandes massas populacionais, especialmente a dos próprios negros e mulatos. É sobre isto que trata o livro de José Jorge Siqueira, no qual ele trabalha criticamente a própria produção do conhecimento da temática, tanto no plano da academia, quanto no movimento social.

Encruzilhadas da liberdade: histórias de escravos e libertos na Bahia (1870 - 1910) - Cruzando vários tipos de fontes históricas, documentos oficiais, correspondências policiais, registros cartoriais, inventários, jornais, romances, memórias, correspondências privadas e depoimentos orais, o autor reconstrói a história de ex-escravos das propriedades açucareiras do Recôncavo Baiano, o que fizeram, o que pensaram e seus destinos após a abolição. Uma obra que reflete sobre momentos cruciais da história da sociedade brasileira.

Essas e outras obras podem ser solicitadas no Setor de Empréstimos e no Setor Infantil da Biblioteca Pública do Estado da Bahia. 

Confira os horários de funcionamento: 

Setor de Empréstimos - Segunda a sexta, das 08h30 às 21h; sábados das 08h30 às 12h (a solicitação de livros no Setor de Empréstimos deve ser feita mediante cadastro prévio no próprio setor. Para se cadastrar é preciso ter mais de 13 anos e ter um comprovante de residência e a carteira de identidade em mãos);

Setor Infantil - Segunda a sexta, das 08h30 às 18h. 

Dica Cultural: Curso Ensino de História da Bahia realiza aula com o tema "A África que veio para a Bahia"

Clique para ampliar
Promovido pelo Centro de Memória da Bahia (CMB), unidade vinculada a Fundação Pedro Calmon/SecultBA, o curso Ensino de História da Bahia realizará uma aula intitulada A África que veio para a Bahia, com o professor Juvenal de Carvalho, em alusão às comemorações do Novembro Negro. A aula acontecerá no dia 27/11, das 14h às 17h, na sala Katia Mattoso, Biblioteca Pública do Estado (Barris) e é aberta ao público.

Juvenal de Carvalho, que é mestre em História Social pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) e professor de História da África da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), falará sobre o Recôncavo da Bahia, que foi durante todo o período colonial o principal ponto, junto com Pernambuco, de recepção de africanos.

O curso “Ensino de História da Bahia” tem como proposta fomentar o debate entre os professores e estudantes do curso de História sobre a importância do ensino de História da Bahia para os alunos da rede pública estadual.

O quê: Curso Ensino de História da Bahia realiza aula com o tema  "A África que veio para a Bahia"
Quando: 27 de novembro, quinta-feira, das 14h às 17h
Onde: Sala Katia Mattoso, 3º andar da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, Barris
Quanto: Gratuito

Fonte: fpc.ba.gov.br

terça-feira, 25 de novembro de 2014

De Olho na Notícia: 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher

Clique para ampliar
A Bahia participa, mais uma vez, das atividades dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher. As ações acontecem em 159 países, como um fortalecimento da luta pela erradicação da violência sexista e pela garantia dos direitos humanos das mulheres. 

O Governo do Estado, através da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM-BA) articula uma série de iniciativas, a exemplo de campanha de sensibilização, encontros, discussões e eventos sobre a temática das mulheres negras. As manifestações vão além dos 16 dias, começando em 20 de novembro, por conta do Dia da Consciência Negra, com término em 10 de dezembro, quando é comemorado o Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

A mobilização dos 16 Dias de Ativismo foi iniciada em 1991, a partir de iniciativa de feministas de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (CWGL), localizado nos Estados Unidos, com o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo.

Este ano, Salvador receberá uma Roda de Conversa com o tema A violência contra a mulher com situação de transtorno mental, no dia 02 de dezembro, às 9h, na Sala de Reuniões das Voluntárias Sociais da Bahia.  

O quê: 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher
Quando: 20 de novembro a 10 de dezembro
Quanto: Gratuito
Mais informações e programação completa: mulheres.spmba.ba.gov.br

De Olho na Notícia: Sepromi convida para Iª Conferência Internacional sobre Políticas Afirmativas para Igualdade Racial

Clique para ampliar
O quê: Iª Conferência Internacional sobre Políticas Afirmativas para Igualdade Racial
Quando: 25 de novembro, terça-feira, às 15h
Onde: Salão Nobre da Reitoria da UFBA
Quanto: Gratuito

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Biblioteca promove mostra de vinis em comemoração ao Dia do Cinema Brasileiro

Clique para ampliar
O quê: Biblioteca promove mostra de vinis em comemoração ao Dia do Cinema Brasileiro
Quando: até 30 de novembro, das 8h30 às 18h
Onde: Sala de Exposições, 3º andar da Biblioteca Pública do Estado da Bahia
Quanto: Gratuito

sábado, 22 de novembro de 2014

Dica Cultural: Biblioteca Infantil Monteiro Lobato realiza contação de História em homenagem ao Dia da Consciência Negra

Clique para ampliar
O quê: Biblioteca Infantil Monteiro Lobato realiza contação de História em homenagem ao Dia da Consciência Negra
Quando: 23 de novembro, domingo, às 10h
Onde: Biblioteca Infantil Monteiro Lobato
Quanto: Gratuito

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Dica Cultural: Semana do Pensamento em Música destaca a música de matriz africana

Foto: Divulgação
De 21 a 28 de novembro, o Centro de Formação em Artes (CFA) da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia (SecultBA), vai realizar uma edição especial da Semana do Pensamento em Música, com participação do conceituado pianista africano Ray Lema e do maestro baiano Letieres Leite. A ação faz parte da programação do III Encontro das Culturas Negras, projeto da SecultBA que agrega realizações relacionadas com as identidades negras durante todo o mês de novembro, quando se celebra o Dia da Consciência Negra (20 de novembro). O evento contará com dois workshops gratuitos a serem realizados na sede do CFA, no Pelourinho.

Na abertura, no dia 21 de novembro, a partir das 18 horas, Ray Lema, acompanhado do baterista Nicolas Viccaro, irá ministrar o workshop Os Ritmos Bantos, com mediação de Letieres Leite. O artista, uma das estrelas da chamada World Music, nascido no antigo Zaire, atual República Democrática do Congo, na África, estará em Salvador para encerrar a programação da Série TCA 2014. Ele se apresenta no palco principal do Teatro Castro Alves ao lado da Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), no dia 23 (veja mais informações em www.tca.ba.gov.br). Aproveitando esta passagem, o encontro, que é aberto ao público, dará espaço para que Lema compartilhe suas experiências pessoais e profissionais e apresente as claves africanas dos ritmos bantos. Ray Lema já trabalhou com nomes como Stewart Copeland, baterista da banda inglesa The Police; Orquestra Jazz Sinfônica de São Paulo; e também com Chico César, cantor e compositor brasileiro. Os músicos interessados em participar do workshop, que terá duração de 2 horas e 40 vagas, poderão levar seus instrumentos de percussão.

Já entre os dias 25 e 28 de novembro, das 14 às 18 horas, Letieres, maestro da Orkestra Rumpilezz e um dos coordenadores do Programa de Qualificação em Música do CFA, realiza o segundo workshop da programação. Ele terá como tema o Universo Percussivo Baiano (UPB), metodologia para o ensino da música em processo de sistematização que traz em seu corpo a experiência do músico nos contextos artísticos, religiosos e educacionais, em torno das culturas afrobrasileiras. O diferencial desta metodologia está na mistura entre os elementos do universo percussivo da música baiana – com “claves” rítmicas do candomblé aplicadas em diversos instrumentos musicais – e elementos da música contemporânea mundial, que traz a influência do jazz em sua composição. 

São 30 vagas disponíveis e os interessados devem se inscrever até o dia 21 de novembro no CFA ou através do e-mail cfa.funceb@funceb.ba.gov.br.

O quê: Semana do Pensamento em Música – Especial Mês da Consciência Negra
Quando: Workshop com Ray Lema: 21 de novembro, 18 às 20 horas, aberto ao público - 40 vagas (Não há certificação) | Workshop com Letieres Leite: 25 a 28 de novembro, 14 às 18 horas, 30 vagas (Certificação para aqueles que tiverem frequência mínima de 75%)
Onde: Centro de Formação em Artes da FUNCEB (Rua do Bispo, nº 29/31 – Pelourinho, Salvador)
Quanto: Grátis
Realização: CFA/ FUNCEB/ SecultBA

Biblioteca realiza a mostra "Tesouros da Memória"

Clique para ampliar
O quê: Biblioteca realiza a mostra "Tesouros da Memória"
Quando: até 30 de novembro, das 8h30 às 21h
Onde: Sala de Exposições da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, 1º andar
Quanto: Gratuito

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Dica Cultural: 9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos do Hemisfério Sul

Clique para ampliar
Com o apoio e participação da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Estado (SJCDH) acontece no período de 18 a 23 deste mês, na Sala Walter da Silveira, no bairro dos Barris, em Salvador, a 9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos do Hemisfério Sul, promovida pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) em todo o Brasil.

Na quarta (5), a secretária Ariselma Pereira se reuniu com os produtores da Mostra,no gabinete da SJCDH, para discutir detalhes da organização. O evento tem como tema ‘50 anos do Golpe Civil-Militar’ e será realizado gratuitamente até o dia 23 deste mês, exibindo produções que abordam temas como a população LGBT e o enfrentamento à homofobia, questões culturais e territoriais dos povos indígenas, direitos da pessoa com deficiência, entre outros.

As sessões serão classificadas em Mostra Competitiva, Mostra Memória e Verdade, Mostra Homenagem Lúcia Murat e a Sessão Inventar com a Diferença. Todas incluem audiodescrição, voltadas para pessoas com deficiência visual.

O evento começou na segunda-feira (3), em Brasília, e prossegue até o dia 20 de dezembro próximo. Entre janeiro e março de 2015 terá exibido 41 filmes em todas as capitais do Brasil e em mil pontos culturais fora do eixo urbano.

A Mostra, realizada em parceria com o Ministério da Cultura, é uma produção da Universidade Federal Fluminense (UFF), por meio do Departamento de Cinema e Vídeo, com apoio de: Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), Centro de Informação das Nações Unidas (Unic-RIO), Centro Técnico Audiovisual (CTAv), Empresa Brasileira de Comunicação (EBC). Tem patrocínio da Petrobras e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). 

A programação completa em Salvador está disponível na página do evento

O quê: 9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos do Hemisfério Sul
Quando: 18 a 23 de novembro
Onde: Sala Walter da Silveira, Barris
Quanto: Gratuito

Fonte: fpc.ba.gov.br

Biblioteca realiza exposição virtual sobre a Ilha de Itaparica

Clique para ampliar
O quê: Exposição Virtual "Ilha de Itaparica e seus Encantos"
Quando: 10 de novembro a 10 de dezembro, das 8h30 às 18h
Onde: Setor de Documentação Baiana, 3º andar da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, Barris
Quanto: Gratuito

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Biblioteca realiza a mostra "Imprensa Livros e Bibliotecas: Agentes de Cultura e Cidadania"

Clique para ampliar
O quê: Biblioteca realiza a mostra "Imprensa Livros e Bibliotecas: Agentes de Cultura e Cidadania"
Quando: até 30 de novembro, das 8h30 às 18h
Onde: Sala de Exposições, 2º andar da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, Barris
Quanto: Gratuito

Dica Cultural: Cursos Livres da Escola de Dança da FUNCEB celebram a diversidade

Clique para ampliar
Concluindo mais um semestre de trabalho de formação em dança, 500 alunos dos Cursos Livres da Escola de Dança da FUNCEB, unidade do Centro de Formação em Artes (CFA) da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), apresentam ao público a mostra comemorativa Di’versos: Corpos e Danças, no próximo dia 20, quinta-feira. 

Através de 15 coreografias temáticas, a montagem propõe demonstrar a diversidade de corpos, estilos, formatos e expressões de dança que traduzem as experiências artísticas deste eixo de formação. Com entrada gratuita, o espetáculo marca duas celebrações, dando seguimento aos festejos dos 30 anos da Escola de Dança da FUNCEB e refletindo o Dia Nacional da Consciência Negra. A sessão será na Sala Principal do Teatro Castro Alves, às 19 horas, e integra a programação do III Encontro das Culturas Negras, projeto da SecultBA que agrega realizações relacionadas com as identidades negras durante o mês de novembro.

A mostra pretende revelar a pluralidade de gentes existentes nas ações dos Cursos Livres, que periodicamente recebem diversos jovens e adultos que desejam vivenciar processos de dança em variadas modalidades – das matrizes africanas e populares ao ballet clássico, passando por danças sociais, moderna e de técnicas contemporâneas, entre outras. Com uma equipe de professores formada por experientes profissionais da dança, a cada ano a Escola de Dança da FUNCEB vem ampliando a oferta destes cursos, possibilitando a inclusão de múltiplas práticas de dança na rotina da comunidade soteropolitana, com níveis diferenciados de conhecimento.

Em Di’versos: Corpos e Danças, os convidados poderão prestigiar um espetáculo no qual os bailarinos aprendizes versam coreografias sobre as experiências deste período letivo, evidenciando, assim, as potencialidades desenvolvidas enquanto autorrealização pessoal, conhecimento corporal da dança e exercício consciente da cidadania e da arte.

O quê: Cursos Livres da Escola de Dança da FUNCEB celebram a diversidade
Quando: 20 de novembro, quinta-feira, às 19h
Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves
Quanto: Gratuito (distribuição de ingressos na data do evento, a partir das 17 horas, com entrada imediata no teatro)
Mais informações: 71 3116-6515 | escola.danca@funceb.ba.gov.br

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Novembro Azul será tema de encontros nas Bibliotecas Públicas do Estado

Clique para ampliar
A Campanha Novembro Azul intensifica neste mês de novembro a prevenção de tratamento da saúde do homem, em particular contra o câncer de próstata. No dia 17/11 comemora-se o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. Em Salvador, a Fundação Pedro Calmon/Secretaria de Cultura do Estado da Bahia/SecultBA, em parceria com a Secretaria de Saúde Municipal de Salvador e a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia realizará, de 20 a 28 de novembro, uma série de palestras como forma de esclarecer a população masculina sobre a prevenção do câncer de próstata.

No dia 20, às 14h, a Biblioteca de Extensão (Bibex) realiza no Espaço de Leitura Presídio Lemos de Brito, um bate papo com Isabela Fernandes e Igor Mota, no qual eles esclarecerão dúvidas aos detentos da Unidade. Já no dia 21, às 15h, a Biblioteca Juracy Magalhães Jr (Rio Vermelho) recebe as palestrantes Andrea Antunes e Simone Coelho. No dia 25, às 15h é a vez das palestrantes Andrea Antunes e Simone Coelho, abordarem o tema na Biblioteca Pública Thales de Azevedo (Costa Azul). No dia 27, às 15h, a Biblioteca Monteiro Lobato (Nazaré) promove o bate papo com Isabela Fernandes e Igor Mota. E encerrando o ciclo de palestras, as palestrantes Andrea Antunes e Simone Coelho fazem o bate papo no dia 28, às 15h, na Biblioteca Pública do Estado da Bahia (Barris) sobre a prevenção do câncer de próstata. Todas as atividades são gratuitas

Campanha - A Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) vem trabalhando dentro de uma proposta inclusiva e alinhada com a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (Ministério da Saúde: 2009), visando facilitar e ampliar o acesso às ações e aos serviços de atenção integral à saúde da rede SUS, destinados ao atendimento de homens entre 20 e 59 anos. As ações desenvolvidas visam incentivar os homens a buscarem os serviços de saúde também como espaços masculinos e para que mesmos sejam acolhidos como sujeitos de direito à saúde. Saiba mais aqui.

Confira a Programação: 

20/11, 14h - Biblioteca de Extensão -Espaço de Leitura Presídio Lemos de Brito;

21/11, 15h - Biblioteca Juracy Magalhães Jr - Rio Vermelho;

25/11, 15h - Biblioteca Pública Thales de Azevedo - Costa Azul;

27/11, 15h - Biblioteca Infantil Monteiro Lobato - Nazaré;

28/11, 15h - Biblioteca Pública do Estado da Bahia - Barris.

O quê: Fundação Pedro Calmon promove série de palestras sobre Saúde do Homem]
Quando: 20 a 28 de novembro
Onde: Unidades da Fundação Pedro Calmon
Quanto: Gratuito

Confira as oficinas do Setor Infantil para o mês de Novembro!

Clique para ampliar
O quê: Oficinas do Infantil
Quando: Todas as quartas-feiras, às 15h
Onde: Setor Infantil da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, Barris
Quanto: Gratuito

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Dica Cultural: Galeria Pierre Verger recebe exposição coletiva de fotografias

Clique para ampliar
O quê: SO.LAR - Exposição Coletiva de Fotografias
Quando: 19 a 30 de novembro (abertura 19/11, às 18h30
Onde: Galeria Pierre Verger, Biblioteca Pública do Estado da Bahia, Barris
Quanto: Gratuito

Biblioteca realiza mostra sobre o Dia da Consciência Negra

Clique para ampliar
O quê: Biblioteca realiza mostra sobre o Dia da Consciência Negra
Quando: 01 a 30 de novembro, das 8h30 às 21h
Onde: Setor de Pesquisa e Referência da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, térreo
Quanto: Gratuito

sábado, 15 de novembro de 2014

Dica Cultural: Saulo e Luiz Caldas cantam Caymmi no Domingo no TCA

Clique para ampliar
O projeto Domingo no TCA reúne neste domingo, 16 de novembro, às 11h, os artistas Saulo e Luiz Caldas para um show em celebração ao centenário de Dorival Caymmi.

Apresentado pela primeira vez em janeiro deste ano, no projeto “Canto da Rua”, o show “Saulo e Luiz cantam Caymmi” lotou o Parque da Cidade, tendo inclusive a participação especial da Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), corpo artístico do TCA. No repertório, clássicos de Dorival Caymmi como “Maracangalha”, “O Que É Que a Baiana Tem?” e “São Salvador”. Em março, este mesmo show também integrou as comemorações do aniversário de 465 anos da cidade de Salvador. Agora, para encerrar o ano de comemorações de 100 anos de Caymmi, a terceira edição do show chega ao maior projeto de acesso a Cultura do Teatro Castro Alves, o Domingo no TCA.

A abertura do show prestará ainda uma homenagem ao maestro Sérgio Souto (1950-2014), que faleceu em setembro deste ano, com a apresentação do coral Vozes Reveladas, projeto que nasceu sob seu comando. Logo em seguida, Saulo e Luiz ocupam a Sala Principal do TCA acompanhados dos músicos Ivan Sarcedote (clarinete), Daniel Neto(acordeon), Dudu Reis (cavaquinho), Rudson Daniel e Raul Pitanga (percussão).  

O quê: Saulo e Luiz Caldas cantam Caymmi no Domingo no TCA
Quando: 16 de novembro, às 11h
Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves
Quanto: R$ 1,00 (inteira) e R$ 0,50 (meia), vendidos somente no dia do espetáculo, a partir das 9h, com acesso imediato do público.
Mais informações: tca.ba.gov.br

Dica Cultural: Curso C.TLCA realiza a Mostra IV - Composição e Produção

Clique para ampliar
O Curso de Tecnologias Livres na Criação Artística (C.CLCA) realiza neste sábado, 15 de novembro, a Mostra IV - Composição e Produção, às 19h, no Café da Walter, Biblioteca Pública do Estado da Bahia. 

No encerramento o artista e entusiasta das novas mídias José Balbino fará uma performance criada especialmente para a ocasião.

De outubro a novembro de 2014, o C.TLCA promoveu quatro mostras públicas dedicadas à difusão e intercâmbio da produção artística através das tecnologias livres discutidas direta e indiretamente no curso. O objetivo é promover um espaço aberto de fruição, convivência e diálogo entre os participantes do curso e a comunidade de modo geral, divulgando a produção de artistas que já trabalham com ferramentas livres, estratégias sociais autônomas, conhecimentos e discursos livres.

O quê: Curso C.TLCA realiza a Mostra IV - Composição e Produção
Quando: 15 de novembro, sábado, às 19h
Onde: Café da Walter, subsolo da Biblioteca Pública do Estado da Bahia. 
Quanto: Gratuito
Mais informações: ctlca.wordpress.com

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Biblioteca recebe o espetáculo teatral infantil Hoje em Dia... Violência!

Clique para ampliar
A Biblioteca Pública do Estado da Bahia recebe nos fins de semana de novembro o espetáculo teatral Hoje em Dia... Violência!, do grupo de teatro infantil da Quatro Produções Artísticas, no Quadrilátero da Instituição. O espetáculo dialoga com os pontos de vista das crianças diante de tantas notícias e imagens de violência no nosso país e no mundo. 

A peça conta com um elenco de sete atores mirins que também são responsáveis pelo tema do espetáculo, roteiro, cenário e iluminação, direcionados pela equipe da Quatro Produções Artísticas. A direção musical é de Arnaldo Almeida, a coreografia de Marília Castro, o figurino de Valeria Kaveski. O cenário e a iluminação foi um trabalho de equipe entre as crianças, o artista plástico Marcos Costa e o iluminador Alexandre Moreira, que também assina a direção junto com Fernanda Paquelet.

O quê: Biblioteca recebe o espetáculo teatral infantil Hoje em Dia... Violência!
Quando: 15 a 30 de novembro, sábados e domingos, às 17h
Onde: Quadrilátero da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, térreo
Quanto: Gratuito

Confira a programação de Novembro do projeto Filmes na Biblioteca

Clique para ampliar
O quê: Filmes na Biblioteca
Quando: Quartas-feiras do mês de novembro, às 10h e 15h
Onde: Sala de Projeção Luiz Orlando, 3º andar da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, Barris
Quanto: Gratuito

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Dica Cultural: Projeto Ação Poética nas Comunidades realiza atividades culturais em Pirajá

Clique para ampliar
Levando a poesia, em sua diversidade de estilos e abordagens, a comunidades populares, o Ação Poética nas Comunidades chega a Pirajá, bairro de Salvador, entre os dias 17 e 22 de novembro, com sede no Centro de Cultura e Cidadania de Pirajá. Iniciativa da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), o projeto, em seus primeiros dias, irá promover oficinas artísticas gratuitas, culminando, na tarde da última data, numa grande intervenção artística e social aberta ao público. O evento transcorre no período em torno do Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, quando será integrado a uma passeata temática da comunidade local. As questões raciais e movimentos originariamente vinculados à identidade negra serão destaque na programação.

Irão participar da ação oito artistas/grupos que atuam nas áreas literárias, poéticas ou na interação delas com outras linguagens artísticas, selecionados dentre 54 propostas apresentadas através de edital público. Eles vão mostrar, através de seus trabalhos, possibilidades do uso da palavra em diversas expressões das artes, explorando a interdisciplinaridade da poesia e as suas inúmeras potencialidades. Assim, a palavra poética extrapola os espaços canônicos e invade o ambiente urbano, deixando-o mais colorido, mais leve e mais humano.

Conforme as vagas disponibilizadas, três artistas/coletivos vão promover oficinas, além de participar da intervenção final: o Coletivo Bliss Não Tem Bis e os artistas Lúcia Leiro e Marcos Paulo. Os cursos acontecerão nos dias 17, 18, 19 e 21 de novembro e as inscrições ficam abertas até o dia 13 do mesmo mês, no próprio Centro ou através do site da FUNCEB (fundacaocultural.ba.gov.br), sujeitas à lotação das vagas. No dia 20, os participantes serão convidados para a passeata promovida pelos moradores de Pirajá, com o objetivo de valorizar a luta contra o preconceito racial e promover a conscientização da população sobre a importância da cultura negra na formação sociocultural do povo brasileiro.

Por fim, na tarde do dia 22 de novembro, das 13 às 18 horas, alunos e professores irão se reunir para o evento de encerramento, que contará com a apresentação dos resultados das oficinas oferecidas e com intervenções artísticas realizadas pelos cinco outros artistas/coletivos selecionados: Coletivo João Ninguém, com o espetáculo SOMA – O Mito da Caverna; CR Moska e Julio Albuquerque, com Poemas de Ferro e Concreto; Jocevaldo Santiago e Tática Prática da Poesia, com o recital poético Somos Humanos(?); Fabrício Brito e convidados, com o Sarau Arte Marginal de Salvador; e o Grupo Concertos Artes Integradas – Cristina Leifer e Irã Ribeiro, com o recital Navio Negreiro: um Concerto para Poesia.

Criado em 2012 e com edições já realizadas no Solar do Unhão e em Alagados, o Ação Poética  busca contribuir para amenizar carências socioculturais, proporcionando um tempo e um espaço para reflexão, sob o encanto da palavra poética, em locais que apresentam tensão social, problemas de violência e escassez de bens culturais.

O quê: Projeto Ação Poética nas Comunidades
Quando: 17 a 22 de novembro
Onde: Centro de Cultura e Cidadania de Pirajá
Quanto: Gratuito
Inscrições: até 13 de novembro, no Centro de Cultura e Cidadania Pirajá ou através do FORMULÁRIO ONLINE
Mais informações: fundacaocultural.ba.gov.br

Biblioteca recebe a Camerata Bahia Cordas

Clique para ampliar
Em parceria com a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), a Biblioteca recebe no dia 18 de novembro, terça-feira, às 15h, a Camerata Bahia Cordas para uma tarde de música erudita no Quadrilátero da Instituição. 

Fundado em 2007, o grupo é formado por quatro violinos, uma viola, um violoncelo e um contrabaixo. Ao longo de sua história, a camerata Bahia Cordas tem levado a música de concerto para escolas, entidades filantrópicas, igreja, centros espíritas e hospitais. 

O quê: Biblioteca recebe a Camerata Bahia Cordas
Quando: 18 de novembro, terça-feira, às 15h
Onde: Quadrilátero da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, térreo
Quanto: Gratuito

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Confira o que aconteceu na 7ª Lavagem da BPEB


A Biblioteca Pública do Estado da Bahia (BPEB) realizou no ultimo dia 05 de novembro a 7ª Lavagem da BPEB em comemoração ao Dia Nacional da Cultura e aos 44 anos da sua atual sede, além de ser o ponto de partida para o Novembro Negro, que realiza, durante todo o mês de novembro, diversas atividades com a temática 'afro-baiana'.

Fotos: Edison Ruiz
Considerada a primeira Lavagem Profano-Literária, a ação cultural realizada anualmente pela BPEB já faz parte do calendário cultural da cidade, trazendo uma programação diversificada e atrativa, evidenciando a baianidade da Instituição e o seu compromisso com a sociedade. Com o slogan Ler é uma viagem, embarque nessa!, a Biblioteca convidou a todos a redescobrir o mundo do livro e da leitura através de uma programação repleta de manifestações culturais. 

Iniciando as atividades, o cortejo acompanhado das Baianas, Sambadeiras & Filhos de Gandhi - SESC Rua Chile, Funcionários e Convidados saiu da Praça 2 de Julho (Campo Grande) ao som do Microtrio. A caminhada contou ainda com a presença da madrinha da 7ª Lavagem da BPEB, Negra Jhô, e o sambista Riachão

Fotos: Edson Ruiz
Chegando à sede da Biblioteca, a Escadaria foi tomada por intervenções artísticas, com apresentações coreográficas dos alunos da Escola de Dança da FUNCEB, e uma apresentação de Samba de Gafieira com os bailarinos Taiana Figueiredo e Alisson George. Após as apresentações as Baianas entraram em cena mais uma vez com flores e alfazema para a lavagem simbólica da Escadaria. 

Já no Quadrilátero, o Grupo Espermacete colocou todo o público para dançar. Comandado pela Mestra Nildes, o grupo de Barra do Pojuca, Camaçari-Ba, contou a sua história através da música e da dança com o Terno de Reis e o Samba de Roda. A apresentação do grupo foi seguida pelo samba do Bloco de Samba De Hoje a Oito, trazendo para dentro da Biblioteca a animação dos blocos de rua dos carnavais da cidade.

Fotos: Edson Ruiz
Encerrando a programação, a Banda Cascadura subiu ao palco do Quadrilátero com um show que traz o melhor do rock nacional. A banda, que tem uma das mais respeitadas trajetórias dentro da música popular na Bahia, e é referência quando se fala em rock, reuniu em seu repertório músicas dos seus cinco discos, e encerrou com chave de ouro mais uma tradicional Lavagem da BPEB. 

O evento contou ainda com uma projeção audiovisual da 5ª Lavagem na fachada da Biblioteca, uma exposição fotográfica da 5ª edição da Lavagem da BPEB, com fotos de Alessandra Lori, e instalação do artista plástico Leonício Santana, no Foyer da Instituição, e também a poesia do cordel e do repente com o cordelista Paraíba da Viola e sorteio de 10 kits literários para o público presente no Quadrilátero. Além disso, o público pôde acompanhar toda a ação cultural de casa por transmissão online.

Confira outras fotos no nosso Flickr

Dica Cultural: A Orquestra Juvenil da Bahia recebe o Maestro Thiago Tiberio

Clique para ampliar
A Orquestra Juvenil da Bahia, principal formação orquestral do NEOJIBA, recebe o maestro Thiago Tiberio para um concerto no dia 12 de novembro, quarta-feira, às 20h, na Sala Principal do Teatro Castro Alves.

Na ocasião, o maestro regerá a Sinfonia Nº10 em mi menor, op. 93, do compositor russo Dmitri Shostakovich; e Concerto para Violino e Orquestra n. 1 em Sol Menor, op. 26, do compositor alemão Max Bruch que terá como solista a violinista Angélica Olivo, grande expoente do violino da Venezuela e um dos spallas da Juvenil.

O quê: A Orquestra Juvenil da Bahia recebe o Maestro Thiago Tiberio
Quando: 12 de novembro, quarta-feira, às 20h
Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves
Quanto: R$ 4,00 (inteira) e R$2,00 (meia) - Os ingressos podem ser comprados AQUI

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Aviso!

Clique para ampliar

De Olho na Notícia: II Fórum de Legisladores Culturais da Bahia

Clique para ampliar
A Biblioteca Pública do Estado da Bahia recebe nos dias 17 e 18 de novembro o II Fórum de Legisladores Culturais da Bahia. O evento é uma iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e da Comissão Gestora do Fórum, e terá como tema principal a consolidação de uma instância permanente de diálogo sobre a legislação cultural.  

As inscrições serão abertas no dia 10 de novembro e podem ser feitas até às 15 horas do próximo dia 14, apenas por meio do blog forumdelegisladores.wordpress.com

Além de proporcionar momentos de formação, um dos objetivos do evento é formalizar a criação de uma rede de legisladores atuantes na área cultural que discuta temas relacionados as políticas culturais e elaborem propostas de legislação que impulsionem o desenvolvimento da cultura no âmbito municipal. 

O primeiro dia do evento representará uma oportunidade de debater com estudiosos do campo da cultura questões fundamentais relativas ao tema. O secretário de Cultura do Estado da Bahia, Albino Rubim, falará sobre Políticas Culturais na Bahia e no Brasil. Sandro Magalhães, superintendente da SecultBA,abordará os Sistemas Municipais de Cultura e o tema da Territorialização da Cultura. Já a pesquisadora de Direitos Culturais, Ana Aragão, discutirá a questão da Cultura como Direito.

No dia 18, a Organização de Redes Culturais também será tema do evento e apresentado pelo diretor do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos da UFBA (IHAC), o professor doutor Messias Bandeira. Estratégias de organização e consolidação do Fórum também serão discutidas.A programação inclui ainda apresentação artística da Escola de Dança da Fundação Cultural da Bahia (Funceb), alem de momentos de compartilhamento de experiências legislativas na área cultural. O II Fórum de Legisladores Culturais é uma produção da Diretoria de Territorialização da Cultura da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e tem o apoio institucional da Fundação Pedro Calmon. 

O quê: II Fórum de Legisladores Culturais da Bahia
Quando: 17 e 18 de novembro
Onde:  Sala Luiz Orlando, 3º andar da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, Barris
Inscrições: De dia 10 a 14 de novembro, até as 15h, pelo blog: forumdelegisladores.wordpress.com
Mais informações: (71) 3103-3441 ou 3103-3458 (Thasla Vanessa ou Cleber Meneses)

Confira os filmes do Cine Vídeo da Biblioteca para o mês de Novembro

Clique para ampliar

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Chegamos a 10 mil Curtidas! Obrigado a todos vocês que nos ajudam a construir essa História!

Clique para ampliar

De Olho na Notícia: Projeto Perspectivas em Movimento recolhe doações para o Brechó Solidário

Clique para ampliar
O projeto Perspectivas em Movimento recolhe, durante todo o mês de novembro, doações para o Brechó Solidário. O evento, que acontece no dia 05 de dezembro, das 14h às 20h, no Campo Grande, comemora o  Dia Internacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Os interessados em realizar doações devem entrar em contato através do números: (71) 3357.1824 / 8744.2378 / 9112.5414 / 8703.3241 / 9295.5119 / 8102.2408

Dica de Leitura homenageia Cecília Meireles

Cecília Meireles | Imagem: ilustração
A Dica de Leitura de hoje da Biblioteca homenageia a poetisa, pintora, professora e jornalista Cecília Meireles, que completaria na ultima sexta-feira (7) 113 anos, com o livro Amor em Leonoreta

Cecília Benevides de Carvalho nasceu em 07 de novembro de 1901, no Rio de Janeiro, e é considerada uma das vozes líricas mais importantes da literatura brasileira. Publicou o seu primeiro livro de poesias, Espectros, aos dezoito anos de idade, e ao longo de sua carreira, recebeu diversos prêmios literários e homenagens, entre elas, a impressão de uma cédula de cem cruzados novos  lançada pelo Banco Central do Brasil, no Rio de Janeiro, em 1989. 

Cecília teve também importante atuação como jornalista, realizando diversas publicações sobre problemas na educação. Além disso, fundou em 1934 a primeira biblioteca infantil do Brasil, no Pavilhão Mourisco, em Botafogo, RJ, e ganhou grande reconhecimento também por seus textos na poesia infantil, como Leilão de Jardim, O Cavalinho Branco, Colar de Carolina, O mosquito escreve, Sonhos da menina, O menino azul e A pombinha da mata, entre outros. 

Das obras da autora se destacam ainda Nunca Mais…,  Poema dos Poemas, Baladas Para El-Rei, Viagem (livro com o qual ganhou o Prêmio de Poesia da Academia Brasileira de Letras), Pequeno Oratório de Santa Clara, Ou isto ou Aquilo, entre outros.

Os frequentadores  podem conferir essas e outras obras de Cecília Meireles no Setor de Empréstimo da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, de segunda à sexta-feira, das 08h30 às 21h, aos sábados, das 08h30 às 12h. A solicitação de livros deve ser feita mediante cadastro prévio no próprio setor, e para se cadastrar é simples: basta ter mais de 13 anos e trazer um comprovante de residência e a carteira de identidade.

Clique para ampliar
Amor em Leonoreta - Cecília Meireles

Este livro representa uma fração pouco conhecida da obra de Cecília Meireles, na qual se pode flagrar seus laços com um momento fundante da literatura de língua portuguesa. Reúne sete poemas, publicados inicialmente em edição artesanal de 1951, pouco antes do clássico 'Romanceiro da Inconfidência', publicado em 1953, e também recua no tempo para dar sentido ao presente por meio da potência da palavra. Inspirada na novela 'Amadis de Gaula', de 1508, Cecília cria neste livro uma linguagem profundamente identificada à lírica lusitana e suas raízes medievais. Sua recriação resulta numa história de amor típica dos romances de cavalaria, como a inacessibilidade da mulher amada, a exaltação de sua beleza, a onipresença do sofrimento amoroso e até a morte como solução para se alcançar o estado amoroso inatingível em vida, sempre trazendo aquela potência emocional que constitui o estilo da autora. 

sábado, 8 de novembro de 2014

De Olho na Notícia: Bahia de Todos os Cantos estreia nova temporada na TVE

Foto: Divulgação
O programa Bahia de Todos os Cantos estreia nova temporada no próximo dia 9 de novembro, domingo, às 15h30, na TVE – Canal 2

Em sua terceira temporada e com um novo formato, o programa percorre os 417 municípios dos Territórios de Identidade da Bahia contando histórias da gente, das culturas e tradições. Nesta temporada, o programa inova mais uma vez e traz quatro jovens apresentadores, que viajam pelo estado, conhecendo e apresentando as festas populares que fazem parte do calendário festivo da Bahia. De Prado a Ibotirama, Carla Costa, Heide Silva, Wendel Damasceno e Daniel Rabelo percorrem as festas em terra e no mar. Os apresentadores registram as festividades da Bahia, à partir do próprio ponto de vista, apresentando características desde a concepção, história, economia, cultura, tradição e memória. Os apresentadores registram as festividades da Bahia, à partir do próprio ponto de vista, apresentando características desde a concepção, história, economia, cultura, tradição e memória.

Coletânea - Com a proposta de comunicação e disseminação das identidades, paisagens e saberes do povo baiano, o Bahia de Todos os Cantos, apresenta também uma coletânea com vídeos de cada temporada. Atualmente, três coletâneas estão à disposição do público que frequenta as bibliotecas do Estado. O formato é atrativo e dinâmico, permitindo uma interação direta entre comunicador e o conteúdo.

O quê: Programa Bahia de Todos os Cantos estreia nova temporada na TVE
Quando: 9 de novembro, domingo, às 15h30
Onde: TVE, canal 2

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Acompanhe a Transmissão da 7ª Lavagem da BPEB

Dica Cultural: Exposição série coreográfica homenageia Mestre King no mês da Consciência Negra

Mestre King | Foto: Ilustração
Neste mês de novembro, em que se celebra o Dia Nacional da Consciência Negra (20 de novembro), o grupo Gênesis e a Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), em parceria com a Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult), através da Diretoria de Espaços Culturais (DEC), fazem uma homenagem ao coreógrafo baiano Mestre King, artista precursor da dança afrobrasileira, uma das fundamentais expressões artísticas da cultura e identidade negras na Bahia. O Espaço Xisto Bahia vai sediar a Exposição Mestre King, com abertura no dia 5 e novembro, às 19h30, e a série coreográfica Retrospectiva, entre os dias 5 e 7. A programação também comemora os 38 anos do Gênesis, criado por King em 1976.

A exposição, com visitação gratuita, ficará em cartaz até 30 de novembro. Ela retrata a trajetória profissional deste que foi o primeiro homem a se graduar em Dança pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), desde sua experiência acadêmica até se tornar coreógrafo renomado. Com curadoria de Álvaro Villela, a mostra reúne fotografias de autoria de nomes como Any Valette e Rafael Martins, fotos do acervo pessoal de Mestre King, além de registros de sua mais recente criação, o espetáculo Opaxorô, que, sob uma perspectiva contemporânea, faz a narrativa coreográfica de uma das mais belas lendas dos orixás: a viagem de Oxalá para a terra de Oyó, ou terra de Xangô.

Uma sessão desta montagem, inclusive, marcará a abertura da mostra, dando também início à temporada da série Retrospectiva, com três espetáculos do repertório do grupo, encenados em três dias seguidos. Depois, no dia 6 de novembro, será a vez de Aruanda, de José Ricardo Santos, que traz manifestações indígenas para a técnica moderna, numa visita ao folclórico e às forças das florestas. Por fim, no dia 7, a nova montagem Vênus, do coreógrafo Paco Gomes, encerra a tríade. Os ingressos custam R$ 5,00 e R$ 2,50.

Considerado uma das maiores autoridades em tradições da música e dança afrobrasileiras, Raimundo Bispo dos Santos, baiano conhecido internacionalmente como Mestre King, professor e coreógrafo, desenvolveu um método que misturava elementos de danças folclóricas e populares brasileiras com as dos orixás do Candomblé, que resultou na dança afrobrasileira. Ele montou mais de 100 coreografias e dividiu seu conhecimento em diversos países do mundo. Aos 71 anos, este Mestre, ainda em plena atividade, oferece aulas regulares na Escola de Dança da FUNCEB.

O quê: Exposição série coreográfica homenageia Mestre King no mês da Consciência Negra
Quando: Exposição 6 a 30/11, das 9h às 19h | Espetáculos 5/11 às 19h30, 6 e 7/11 às 20h
Onde: Espaço Xisto Bahia, Barris
Quanto: Exposição - Gratuito | Espetáculos - R$ 5 (inteira) e R$ 2,50 (meia)
Mais informações: espacoxisto.wordpress 

Dica Cultural: Sarau OSBANOMAM recebe o saxofonista Leo Gandelman

Foto: Ana Clara Araújo | Divulgação
A Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) inicia sua programação de novembro com a apresentação de mais um Sarau OSBANOMAM, novamente com regência do maestro Carlos Prazeres, mas desta vez recebendo como solista convidado o consagrado saxofonista brasileiro Leo Gandelman. O Sarau acontece nesta sexta-feira, dia 07/11, às 18h, no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), no Solar do Unhão ( Av. Contorno), com entrada gratuita.

Para o público foi reservado um programa que destaca grandes compositores brasileiros do século XX e da atualidade: Heitor Villa-Lobos (1887-1959), com Prelúdio das Bachianas no4; Radamés Gnatalli (1906-1988), com as peças Brasiliana no 7 e Valsa Triste, e o maestro e compositor cearense radicado no Rio Grande do Sul, Arthur Barbosa, com a composição Recuerdos no 3. O Sarau OSBANOMAM é realizado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).

Leo Gandelman | Foto: Divulgação
LEO GANDELMAN (solista) - Um dos mais influentes músicos do Brasil, Gandelman é saxofonista, arranjador e produtor, nascido no Rio de Janeiro. Filho de uma pianista clássica e de um maestro, aos15 anos já era solista da Orquestra Sinfônica Brasileira. Além da sólida formação clássica, estudou no Berklee College of Music, nos Estados Unidos, regressando ao Brasil em 1979 para dar início à sua brilhante carreira profissional. Com o trânsito fluente entre o Jazz e o clássico, é admirado pelo grande público. Seu nome é associado à excelência e ao virtuosismo da música de concerto, em performances como solista de orquestras consagradas e em recitais de câmara. Lançou em 2011 seu selo independente “Saxsamba” e o CD “Origens”, concertos para sax e piano. A música “Vip Vop” foi tema da novela “Guerra dos Sexos” da Rede Globo. Em 2013, dedicou-se a projetos especiais com orquestras e também ao lançamento do disco “Ventos do Norte”, em homenagem aos saxofonistas nordestinos que tiveram importância fundamental na construção da linguagem do sax brasileiro.

O quê: Sarau OSBANOMAM recebe o saxofonista Leo Gandelman
Quando: 07 de novembro, sexta-feira, às 18h
Onde: Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), Solar do Unhão -  Av. Contorno
Quanto: Gratuito

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Cine Vídeo do Setor Infantil da Biblioteca exibe o filme Kirikú e a Feiticeira

Clique para ampliar
Todas as terças e quintas-feiras, o Cine Vídeo do Setor Infantil da Biblioteca exibe filmes para a garotada. As sessões são gratuitas e acontecem sempre em dois momentos do dia, às 10h e 15h, com longas que fazem o maior sucesso no mundo infantil. Nesta terça-feira (04), as crianças poderão se divertir com o filme Kirikú e a Feiticeira, de Michel Ocelot. 

Kirikú e a Feiticeira - Na África Ocidental nasce um menino minúsculo, cujo tamanho não alcança nem o joelho de um adulto, que tem um destino: enfrentar a poderosa e malvada feiticeira Karabá, que secou a fonte d'água da aldeia de Kirikou, engoliu todos os homens que foram enfrentá-la e ainda pegou todo o ouro que tinham. Para isso, Kirikou enfrenta muitos perigos e se aventura por lugares onde somente pessoas pequeninas poderiam entrar.

O quê: Cine Vídeo do Setor Infantil da Biblioteca exibe o filme Kirikú e a Feiticeira
Quando: 04 de novembro, terça-feira, às 10h e às 15h
Onde: Setor Infantil da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, térreo
Quanto: Gratuito